Casa da Água

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Casa da Água - Cabo Espichel - Santuário de Nossa Senhora da Pedra Mua. Antes do restauro de 2016-2017

A Casa da Água situa-se no Cabo Espichel concelho de Sesimbra, freguesia do Castelo, Distrito de Setúbal. Foi construída em 1770 por iniciativa do rei D. José I - que nesse ano ali se deslocou em romaria - integrada numa horta murada para abastecimento dos peregrinos.

Tem forma hexagonal, coberta por cúpula em meia-laranja rematada por lanternim, cimalha envolvente, cunhais apilastrados marcando as seis faces. É antecedida por escadaria de vários lanços.

No interior observa-se uma fonte "rocaille" em mármore, com motivos escultóricos ao gosto Berniniano, bancos de pedra ao longo das paredes, restos de um silhar de azulejo com cenas de caça e cenas alusivas aos círios.

Todo o conjunto, incluindo a antiga horta anexa, foi restaurado pela Câmara Municipal de Sesimbra em 2016-2017.

O Aqueduto[editar | editar código-fonte]

Aqueduto que abastece a Casa da Água

A Casa da Água recebia a água trazida por aqueduto desde a Azóia, a aldeia mais próxima, por uma extensão de aproximadamente 2,5 quilómetros. Para além da fonte própria, o aqueduto abastecia igualmente um chafariz e dois tanques (no interior e no exterior da horta murada). Nas proximidades existem ainda dois poços.

Conjunto histórico[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Património de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.