Casa de Anne Frank

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Casa de Anne Frank
Tipo casa-museu, Monumento da guerra
Inauguração 1960 (59 anos)
Visitantes 1 195 456
Website oficial
Geografia
Coordenadas 52° 22' 30.5299" N 4° 53' 2.5433" E
Localização Amesterdão
País Países Baixos

A Casa de Anne Frank (Predefinição:Holandês) é um museu biográfico localizado na cidade de Amesterdão, capital dos Países Baixos. Fundado em 3 de maio de 1960 em memória de Anne Frank, encontra-se sediado no edifício onde ela e sua família e outras quatro pessoas judias permaneceram escondidas nos anos da ocupação nazista dos Países Baixos durante a Segunda Guerra Mundial.

Em 3 de maio de 1957 um grupo de pessoas, incluindo Otto Frank, estabeleceram a Fundação Anne Frank com o propósito de salvar o edifício da demolição, e torná-lo acessível ao público.

Agora, já é possível "visitar" o local à distância, via Google Arts & Culture. Dessa forma, através de registros em 360 graus, é possível visualizar os vários cômodos do imóvel, bem como o quarto que Anne dividiu com a irmã, Margot.[1]

Otto Frank insistiu que o propósito da fundação seria fortalecer o contato e a comunicação entre jovens de diferentes culturas, religiões e raças, em oposição à intolerância e a discriminação racial.

Depois do diário de Anne Frank ter sido traduzido em outras línguas e ela tornou-se internacionalmente conhecida seu antigo esconderijo começou a atrair muitos visitantes.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Projeto do Google permite visita online à casa onde viveu Anne Frank». revistagalileu.globo.com. Consultado em 12 de junho de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Casa de Anne Frank