Casa de Bernadotte

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Casa de Bernadotte
Estado  Suécia
 Noruega
Título Rei da Suécia
Rei da Noruega
Origem
Fundador Carlos XIV & III João
Fundação 1810
Soberania
Carlos XVI Gustavo da Suécia
Último soberano Óscar II (na Noruega)
Dissolução 1905 (na Noruega)
Linhagem secundária

A Casa de Bernadotte é a atual casa real da Suécia, estando no torno desde 1818. Entre 1818 e 1905, ela também foi a casa real da Noruega. Seu fundador foi o rei Carlos XIV & III João, um ex-marechal francês nascido como João Batista Bernadotte que acabou eleito pelo Parlamento da Suécia em 1810 para ser o novo herdeiro do trono, sendo logo em seguida adotado pelo rei Carlos XIII.

História[editar | editar código-fonte]

Após a Guerra Finlandesa em 1809, a Suécia sofreu a perda traumática da Finlândia, que tinha constituído a metade oriental do reino sueco por séculos. A agonia e o ressentimento dirigidos ao rei Gustavo IV Adolfo precipitaram um golpe de Estado: o tio de Gustavo Adolfo, Carlos XIII, que não tinha filhos, substituiu-o. Isso foi meramente uma solução temporária, pois, em 1810, o Riksdag elegeu o príncipe dinamarquês Cristiano Augusto de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Augustenborg como herdeiro ao trono. Como príncipe herdeiro, ele tomou o nome de Carlos Augusto; entretanto, veio a falecer mais tarde no mesmo ano.

Como Napoleão Bonaparte era o imperador dos franceses e governava, direta ou indiretamente, sobre grande parte da Europa Continental, através de uma rede de reinos satélites chefiados por seus irmãos (ver Primeiro Império Francês), o parlamento sueco resolveu eleger um rei que Napoleão aceitasse. Em 21 de agosto de 1810, o Riksdag elegeu Jean Baptiste Bernadotte, marechal da França, como herdeiro presuntivo do trono.

Bernadotte, nascido na cidade de Pau, na província de Béarn, França, foi elevado a general durante os tumultuosos anos da Revolução Francesa. Em 1798, ele desposou Desidéria Clary, cuja irmã era casada com José Bonaparte, o irmão mais velho de Napoleão. Em 1804, Napoleão promoveu-o a marechal da França, concedendo-lhe mais tarde o título de "Príncipe de Pontecorvo", uma cidade no sul da Itália.

Como príncipe herdeiro da Suécia, ele assumiu o nome de Carlos João e agiu oficialmente como regente para o restante do reinado de Carlos XIII, assegurando uma união pessoal forçada entre a Suécia e a Noruega na Campanha contra a Noruega de 1814. Bernadotte reinou como rei Carlos XIV & III João de 5 de fevereiro de 1818 até a sua morte, em 8 de março de 1844.

A Casa de Bernadotte reinou nos dois países até a dissolução da união entre a Noruega e a Suécia em 1905. O príncipe Carlos da Dinamarca, um neto do rei Carlos XV, foi então eleito o novo rei da Noruega.

O brasão de armas da Casa de Bernadotte combina o brasão da Casa de Vasa com o brasão de Bernadotte como príncipe de Pontecorvo. É visível como um escudo do Brasão de armas da Suécia.

Linhagem completa[editar | editar código-fonte]

Esta lista excluiu cônjuges. Monarcas estão em negrito e membros vivos em itálico.