Casa de Iturbide

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Casa de Iturbide
Escudo de Armas de la Casa Götzen-Iturbide.svg
País:  México
Dinastia de origem: Dinastia de Avis
Títulos: Imperador, Príncipe Imperial
Fundador: Agustín I
Último soberano: Maximiliano I
Ano de fundação: 1822
Ano de dissolução: 1867
Etnia: Caucasiana

A Casa de Iturbide é uma casa real americana que governou o México entre 1822 e 1823, durante o Império Mexicano. Foi fundada por Agustín de Iturbide[1] em 1822, logo após sua aclamação como Imperador pelo Congresso. Maximiliano I, monarca entre 1863 e 1867, já no Segundo Império Mexicano é tido como o último monarca da Casa de Iturbide, embora pertencesse oficialmente à Casa de Habsburgo. O atual chefe desta casa imperial e pretendente ao trono imperial mexicano é Don Maximiliano von Götzen-Iturbide.[1]

O Imperador Maximiliano, com o intuito de reforçar os laços dos Grandes Impérios Habsburgos na América (Brasil e México) propôs ao Imperador D. Pedro II, seu primo, que cassasse sua filha mais velha, a Princesa Isabel com seu irmão. Entretanto, preocupado com o futuro europeu da dinastia, o Imperador da Áustria desaconselhou o sobrinho a essa decisão.[carece de fontes?]

O Império Mexicano terminou quando rebeldes republicanos assassinaram o último Imperador, depondo assim a monarquia.[2] Foi o terceiro "Reino" americano com maior tempo de existência. O primeiro foi o Império do Brasil (67 anos) o segundo o Reino do Haiti (10 anos) e por último o México (5 anos).[carece de fontes?]

Referências

  1. a b «México tiene "familia imperial"». Excélsior (em espanhol). 7 de julho de 2013 
  2. McAllen, M. M. Maximilian and Carlota. Europe's Last Empire in Mexico. p. 387. ISBN 978-1-59534-263-8.
Ícone de esboço Este artigo sobre o México é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.