Cascatas de Ouzoud

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde janeiro de 2012)
Por favor, melhore este artigo inserindo fontes no corpo do texto quando necessário.
Cascatas de Ouzoud
Cascades d'Ouzoud, شلالات أوزود
Vista da parte superior das cascatas de Ouzoud
Características
Altura 110 m
Nº de quedas várias
Queda mais alta 75 m
Largura média 90 m
Altitude 1 060 m
Localização
Rio el-Abid
País  Marrocos
Região Tadla-Azilal
Província Azilal
Área geográfica Médio Atlas / Alto Atlas
Localidades mais próximas Ouzoud, Tanaghmeilt, Aït Attab
Cascatas de Ouzoud está localizado em: Marrocos
Cascatas de Ouzoud
Localização das Cascatas de Ouzoud em Marrocos
Coordenadas 32° 0' 50" N 6° 43' 8" O

As cascatas de Ouzoud (pronúncia: uzude; em francês: Cascades d'Ouzoud; em árabe: شلالات أوزود) são quedas de água com cerca de 110 m de altura, situadas na parte central de Marrocos, na região montanhosa de transição do Médio Atlas para o Alto Atlas.[nt 1] Situam-se poucos quilómetros a sudoeste dos limites do Parque Nacional do Alto Atlas Ocidental, 120 km a sudoeste de Beni Mellal e 150 km a nodeste de Marraquexe, perto das aldeias de Ouzoud e de Tanaghmeilt, na província de Azilal. A cidade mais próxima é Aït Attab.

O local é a maior atração turística da região e as cascatas são as mais altas e frequentemente são referidas como as mais espetaculares de Marrocos. Ao contrário do que é usual, as cascatas, constituídas por uma série de quedas de água, são mais largas em cima do que em baixo. O vale abaixo das cascatas, onde existe uma espécie de piscina natural, é luxuriante e o seu encanto é amplificado pelo facto de estar escondido, só sendo visível no fim do caminho rodeado de oliveiras que lhe dá acesso. São as oliveiras que dão o nome às cascatas, pois "ouzoud" significa "azeitona" em língua berbere.

As cascatas não são completamente naturais, pois no topo, a água do wadi el-Abid ("rio dos escravos" em árabe) é concentrada por uma série de canais usados para alimentar uma dezena de antigos moinhos, alguns dos quais ainda usados. Nas cascatas vive um grupo de macaco-de-gibraltar, uma espécie ameaçada que apenas se encontra em alguns lugares do Atlas e no rochedo de Gibraltar.

Outras atrações turísticas nas proximidades pela beleza da paisagem são a garganta do el-Abid e a chamada "aldeia mexicana". A garganta tem cerca de 600 metros de profundidade, e por vezes não se distingue a parte inferior desde a estrada que serpenteia ao longo do cimo do vale, e que é um dos acessos às cascatas. A montante das gargantas, o el-Abid alimenta a grande barragem de Bin el Ouidane, situada do outro lado do parque nacional. A "aldeia mexicana", que alguns preferem chamar, mais acertadamente, de "aldeia berbere", acessível por caminhos com trechos semi-subterrâneos. O vale do Abid é também popular para caminhadas.

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

  • Ellingham, Mark; McVeigh, Shaun; Jacobs, Daniel; Brown, Hamish (2004). The Rough Guide to Morocco (em inglês) 7ª ed. Nova Iorque, Londres, Deli: Rough Guide, Penguin Books. p. 314-317. 824 páginas. ISBN 9-781843-533139 
  1. Alguns guias turísticos incluem as cascatas nos seus capítulos sobre o Médio Atlas, enquanto outros referem que se localizam no Alto Atlas.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Cascatas de Ouzoud


  • Bunk, Richard (2010). «Cascades d'Ouzoud». www.moroccotraveltours.net (em inglês). Tramp Imperial Travel. Consultado em 5 de janeiro de 2012 
  • «Expeditions in Morocco». www.leoafricanus.com (em inglês). Leo Africanus, a 16th century Exploration of Morocco. Consultado em 4 de janeiro de 2012 


Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia de Marrocos, integrado ao Projeto África é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.