Caspar Abel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Caspar Abel
(1676 - 1763)
historicus Germanorum
Nascimento 14 de julho de 1676
Hindenburg,  Alemanha
Morte 11 de janeiro de 1763
Westdorf, perto de Aschersleben,  Alemanha
Nacionalidade  Alemanha
Alma mater Universidade de Helmstedt
Ocupação Teólogo, poeta e historiador alemão

Caspar Abel (1676-1763) (* Hindenburg, 14 de Julho de 1676 - Westdorf, perto de Aschersleben, 11 de Janeiro de 1763) foi teólogo, pregador, poeta e historiador alemão. Foi autor de obras históricas, satíricas e poéticas.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Seu pai, Joachim Abel[1](1642-1710), era ministro protestante. Estudou teologia na Universidade de Halle.

Em 1696 foi professor e reitor em "Osterburg", e em 1698 entrou como professor da Escola de St John's em Halberstadt, cargo que manteve durante mais de vinte anos. Depois, estudou na escola de São Martim em Brunswick, e na Universidade de Helmstedt (1696), onde pretendia se formar em direito, mas foi obrigado a se tornar pastor (1718) da Igreja de São Jorge, em Westdorf, perto de Aschersleben, cargo que ele ocupou até a sua morte em 11 de Janeiro de 1763. Chegou a produzir mais de trinta e duas obras.

Uma obra sobre a monarquia do mundo antigo foi considerada primordial por Gottfried Wilhelm Leibniz em razão dos pontos de vista ali enunciados, que o mesmo chegou a induzir o autor a publicar uma edição em latim: "Historia monarchiarum Orbis antiqui", 1718.

De 1748 a 1764 ele foi auxiliado por Johann Gottfried Bürger[2](1706-1764), pai do poeta alemão Gottfried August Bürger[3].


Obras[editar | editar código-fonte]

  • Jubelfest des Brandenburgischen Unterthanen. 1700
  • Abbildung eines rechtschaffenen Predigers. 1710
  • Historia monarchiarum Orbis antiqui. Leipzig/Stendal 1718
  • Die hülflose Sassine. 1735-36
  • (Tradução) Publius Ovidius Naso: Epistolae Heroidum oder Brieffe der Heldinnen. Leipzig 1704
  • Preussische und Brandenburgische Staats-Historie. Leipzig u. Stendal 1710, 2 vols.
  • "Preußische und Brandenburgische Reichs- und Staatsgeographie", 1711, 2 volumes, adições em 1747.
  • Stifts-, Stadt- und Landchronik des jetzigen Fürstentums Halberstadt, (Crônica sobre o principado de Halberstadt), Bernburg, 1754. Para escrever esta obra ele se baseou nas Crônicas de Halberstadt, escritas pelo sacerdote Johann Winnigstedt (1500-1569).
  • Drei plattdeutsche Satiren. (Três sátiras em baixo alemão) Munique, 1891
  • (Tradução) Auserlesene Satirische Gedichte ... Poemas satíricos extraídos de traduções das sátiras de Boileau (1729-32) e de Horatio. Quedlinburg 1704, 1723.
  • Teutsche und Sächsische Alterthümer. (Antiguidades Teutônicas e Saxônicas) Braunschweig 1729-32, 3 vols.
  • Hebräische Alterthümer, ("Antiguidades Hebraicas"), Abel, Kaspar, Leipzig, 1736

Links Externos[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]