Castelo (Belo Horizonte)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados de Castelo, veja Castelo (desambiguação).
Castelo
  Bairro do Brasil  
Região administrativa Pampulha
Município Belo Horizonte
Criado em Anos 80
Distritos
População
 - Total 17 000 habitantes
Energia elétrica (%) 100
Água encanada (%) 100
Fonte: CRESCIMENTO com qualidade. Pampulha, Belo Horizonte, 7-13 mai. 2011. Caderno Pampulha habitar, pg. 2./
Vista da reserva florestal do bairro Castelo.

Castelo é um bairro residencial de classe média alta da região da Pampulha, em Belo Horizonte, Minas Gerais.[1]

Suas ruas são caracterizadas por terem nomes de castelos, vilas e cidades famosas de Portugal.

História[editar | editar código-fonte]

O Castelo é um bairro relativamente novo. A área onde hoje ele se localiza fazia parte da Fazenda dos Menezes (também conhecida como Fazenda da Serra), que era de propriedade do coronel Francisco Menezes Filho e foi responsável durante muitos anos pelo abastecimento de leite, hortaliças e gêneros alimentícios da capital.[2] Durante a década de 1970 com a expansão urbanística da região, os herdeiros do coronel iniciaram o loteamento do terreno.[3]

O bairro passou a ser habitado na década de 1980, quando começaram as construções das redes de esgoto, de água pluvial e potável.[3]

Origem do nome[editar | editar código-fonte]

Segundo Lúcio Souza Assumpção, diretor executivo da Cinova, empresa responsável pelo planejamento do bairro, o nome seria Castelo Branco, em homenagem aos militares, porém, para não desagradar a família Menezes, com uma relação política, o nome ficou apenas Castelo.[3]

Principais vias[editar | editar código-fonte]

Coletoras

Transporte coletivo[editar | editar código-fonte]

Linhas de atendimento do transporte coletivo no bairro:

  • 3301B: Castelo - Centro[4]
  • 54A e 54B: - Circular Dom Bosco - Del Rey
  • Linha A via Castelo
  • Linha B via Pe. Eustáquio[5]
  • 1404A: Alípio de Melo/Palmeiras
  • 506: Jardim Alvorada - Via Castelo[6]
  • 1404B: Incofidencia/Estrela Dalva

Lei de uso do solo[editar | editar código-fonte]

A Lei-9959/2010[7] atualizou a Legislação de Parcelamento, Ocupação e Uso do Solo e criou limitações para construção de torres no bairro. A lei foi atualizada num momento em que vários edifícios já estavam construídos ou em fase de construção avançada. Com isso, pode provocar a longo prazo um efeito de valorização das torres construídas previamente à lei.

Bairros vizinhos[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]