Castelo de Blarney

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Castelo Blarney, República da Irlanda.
Castelo Blarney, República da Irlanda: turista beija a Pedra da Eloqüência.

O Castelo de Blarney é uma fortificação medieval localizada em Blarney, a oito quilômetros da cidade de Cork, no condado de mesmo nome, na República da Irlanda.

História[editar | editar código-fonte]

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Próximo ao rio Martin, este castelo medieval é anterior a 1200, tendo sido arrasado em 1446.

A atual estrutura[editar | editar código-fonte]

Após a sua destruição, foi subsequentemente reconstruído por Dermot McCarthy, rei de Munster.

Atualmente em ruínas, restaram-nos algumas salas e muralhas. Nos jardins do castelo podem ser encontradas árvores e pedras muito antigas, cuja lenda local remonta a origem druídica.

A lenda da "Pedra da Eloquência"[editar | editar código-fonte]

O monumento é famoso por uma pedra que, cuja tradição local assegura, confere o dom da eloquência a todo aquele que a beija. É conhecida como Pedra da Eloquência ou Pedra de Blarney.

O termo "blarney" (lisonja, adulação) foi introduzida na língua inglesa pela rainha Elizabeth I da Inglaterra, significando uma conversa camponesa, entendida como ilusória, enganadora, sem ser ofensiva.

A pedra em questão encontra-se no topo da parede fronteira sob uma ameia e, para beijá-la, o visitante tem que inclinar-se para trás, segurando-se em um corrimão de aço, a partir do adarve.

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Castelo de Blarney

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um castelo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.