Castelo de Pembroke

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Parte do Castillo de Pembroke. A fortaleza da esquerda construiu-se no 1200 d. C., sua altura é de 23 metros e as muralhas em sua base são de 6 metros de espessura.

O Castillo de Pembroke é um castelo medieval situado em Pembroke, Gales. Três de seus lados estão rodeados por a ria do Cleddau, o qual o converteu numa formidável fortaleza.[1]

História[editar | editar código-fonte]

A história do lugar remonta-se ao menos ao período romano, ainda que no presente não há sinais tangíveis disponíveis. Situado no centro da cidade de Pembroke é um dos castelos normandos mais impressionantes do Sul de Gales, estabelecido primariamente em 1093, quando a conquista normanda de Gales distava de ser completada. Em 1138 converteu-se em propriedade de Gilbert de Clare. Depois foi-lhe concedido a Jasper Tudor junto com o ducado, Tudor trouxe-se a seu cunhada viúva ao castelo, Margarita Beaufort para dar a luz a seu único filho, o futuro rei Enrique VII de Inglaterra (1457).

A maioria dos danos produziram-se durante a Guerra civil inglesa, quando seus proprietários mudaram de bando num momento inoportuno. Após a guerra, Oliver Cromwell animou aos cidadãos do povo a desmontar estrutura pedra por pedra. Em 2008 encontra-se sobre os cuidados de Cadw e aberto ao público.

Referências