Catarina Abdala

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Catarina Abdalla
Nome completo Catarina Lopes Abdalla
Nascimento 13 de julho de 1959 (58 anos)
Nilópolis  Rio de Janeiro
 Brasil
Ocupação Atriz
IMDb: (inglês)

Catarina Abdalla (Nilópolis, 13 de julho de 1959) é atriz brasileira. Começou a trabalhar na televisão como Cuca, em Sítio do Picapau Amarelo, e é conhecida pelas personagens Ronalda Cristina em Armação Ilimitada e Dona Jô em Vai que Cola.

Biografia e carreira[editar | editar código-fonte]

Catarina Abdala nasceu em Nilópolis, cidade da baixada fluminense Rio de Janeiro, em 13 de julho de 1959. Aos treze anos de idade, trabalhava com artesanato para sobreviver. Estudava medicina, disciplina para a qual tentou o vestibular, mas a conselho de sua mãe, desistiu e resolver tentar a carreira de atriz, fazendo curso no Teatro Tablado.[1]

Sua estreia na televisão foi com a clássica personagem Cuca, na telessérie Sítio do Picapau Amarelo, caracterizando e dublando a personagem de 1981 a 1986.[2][3] Em agosto de 1982, protagonizou uma história do Caso Verdade, narrada por Miguel Falabella,[4] e em 1984 interpreta a personagem Guilhermina na sua primeira telenovela Vereda Tropical.[5] No ano seguinte surge, em Armação Ilimitada, sua personagem de grande sucesso, Ronalda Cristina, conhecida por estar sempre à frente de seu tempo, sempre seguindo as mais novas tendências, e, por estar "acima do peso", faz diversas dietas exóticas para tentar emagrecer. Catarina viveu a personagem durante as quatro temporadas da telessérie, e na terceira, a personagem se tornou mãe.[6][7] A atriz integrou o elenco do humorístico Grupo Escolacho, que contou com a participação de Chico Anysio.[8] Nos anos seguintes fez participações na telenovela A História de Ana Raio e Zé Trovão,[9] em episódios de Você Decide,[10] na telessérie Confissões de Adolescente[5], na telenovela A Próxima Vítima como a empregada Marizete,[11] e no programa Não Fuja da Raia,[12] até se fixar no elenco de Vira-lata, como Rosa Leitão, fiel aliada de sua patroa, Stella (Glória Menezes), ela se considerava um mito sexual, sempre usando roupas ousadas.[13]

Em A Indomada, Catarina foi destaque com Vieira, contadora do bordel e amiga de Zenilda (Renata Sorrah),[3][14] interpretou Dona Manu, na quarta temporada de Malhação,[5] depois participou de mais episódios de Você Decide[10] e da telenovela O Quinto dos Infernos.[15] Em 2003, a atriz participa de sua quinta telenovela, Agora É Que São Elas, como Nélia, a copeira da casa de Juca Tigre (Miguel Falabella), e tem uma grade admiração por sua patroa Van Van (Marisa Orth), e tentando imitá-la, acabou esquecendo de sua própria vida. Mas ela agrada a todos, sempre de bom humor, é uma mulher generosa e de bom caráter.[16] Também fez parte de Senhora do Destino, como Jurema,[5] e de A Lua me Disse, como Dedeja, que chegou na trama como nova moradora do Beco da Baiúca, junto a seu filho Odorico (Daniel Torres).[17] Em 2007, volta a Sítio do Picapau Amarelo, dessa vez numa participação especial como Dona Carmela.[18][19]

A estreia da atriz na Record foi na telenovela Chamas da Vida, de 2008, como Margareth.[20] Na mesma emissora participou de Bela, a Feia, como Raimunda,[21] e Balada, Baladão, como Luiza.[5] Na televisão por assinatura, Catarina atuou como Susana, mãe da protagonista Lulu, na telessérie Do Amor.[22] Em junho de 2013, é anunciada no elenco da nova produção do Multishow, Vai que Cola. Nela, vive Dona Jô, dona de uma pensão do subúrbio do Rio de Janeiro, no Méier. A história de inicia quando Valdomiro Lacerda (Paulo Gustavo) se hospeda na pensão depois de fugir da polícia.[2][23] A personagem também fez parte da adaptação cinematográfica de 2015.[24]

Catarina tem uma filha, Alice, nascida em 1987,[7] e uma neta, Amora, nascida em 8 de junho de 2015.[25] É também prima do ator Anderson Müller[26].

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
1981—86 Sítio do Picapau Amarelo Cuca[3]
1982 Caso Verdade — (Episódio: Gordinha Sim, Porque Não?)[4]
1984 Vereda Tropical Guilhermina[5]
1985—88 Armação Ilimitada Ronalda Cristina[2]
1988 Grupo Escolacho Vários personagens[8]
1990 A História de Ana Raio e Zé Trovão Berenice[9]
1992 Você Decide — (Episódio: Coração Partido)[10]
1993 — (Episódio: Escrito nas Estrelas)[10]
1994 Confissões de Adolescente Cliente[5]
1995 A Próxima Vítima Marizete[11]
Não Fuja da Raia Ela mesma[12]
1996 Vira-lata Rosa Leitão[13]
1997 A Indomada Sebastiana Vieira[14]
1998 Malhação Dona Manu (Manuela)[5]
1999 Você Decide — (Episódio: O Príncipe da Feira)[10]
— (Episódio: Meus Dois Fantasmas)[10]
2002 O Quinto dos Infernos Maria Cristina[15]
2003 Agora É Que São Elas Nélia[16]
2004 Senhora do Destino Jurema[5]
2005 A Lua me Disse Dedeja[17]
2007 Sítio do Picapau Amarelo Dona Carmela[19]
2008 Chamas da Vida Margareth das Dores Vieira[20]
2009 Bela, a feia Raimunda[21]
2010 Balada, Baladão Luiza[5]
2012 Do Amor Susana[22]
2013—17 Vai que Cola Maria Joana da Anunciação Prazeres (Dona Jô)[2]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
1982 O Sonho Não Acabou Hospital clerk[5]
1982 Aventuras de um Paraíba[5]
1984 Aguenta, Coração[5]
1985 Areias Escaldantes[5]
1994 Veja Esta Canção[27]
1995 O Mandarim[28]
1997 Doces Poderes Jornalista de Pernambuco[29]
For All - O Trampolim da Vitória[5]
2008 Elvis & Madona Shirley[30]
2013 O Inventor de Sonhos[31]
Meu Passado Me Condena Madrinha de Miá[32]
2014 Vestido pra Casar[5]
2015 Vai Que Cola - O Filme Maria Joana da Anunciação Prazeres (Dona Jô)[24]

Referências

  1. «Biografia de Catarina Abdala para o Museu da Televisão Brasileira». Museu da TV. Consultado em 3 de dezembro de 2016 
  2. a b c d Bruna Senos, Claudia Sardinha (27 de junho de 2013). «Lembra dela? Ronalda Cristina de 'Armação Ilimitada' viverá Dona Jô em 'Vai Que Cola'». Multishow. Globo.com. Consultado em 3 de dezembro de 2016 
  3. a b c «Por onde anda você… Catarina Abdala (Ronalda Cristina)». Trash 80's. Consultado em 3 de dezembro de 2016 
  4. a b Nilson Xavier. «Caso Verdade». Teledramaturgia. Consultado em 3 de dezembro de 2016 
  5. a b c d e f g h i j k l m n o p «Catarina Abdalla». Montenegro e Raman. Consultado em 3 de dezembro de 2016 
  6. «Armação Ilimitada - Galeria de Personagens». Memória Globo. Globo.com. Consultado em 3 de dezembro de 2016 
  7. a b «'Armação Ilimitada': Por onde andam Nara Gil e Catarina Abdala?». Extra. Globo.com. 29 de maio de 2012. Consultado em 3 de dezembro de 2016 
  8. a b «VIVA apresenta o especial 'Grupo Escolacho'». Canal VIVA. Globo.com. 3 de outubro de 2012 
  9. a b Nilson Xavier. «A História de Ana Raio e Zé Trovão». Teledramaturgia. Consultado em 3 de dezembro de 2016 
  10. a b c d e f «Catarina Abdala». Multishow. Globo.com. Consultado em 3 de dezembro de 2016 
  11. a b «A Próxima Vítima - Galeira de Personagens». Memória Globo. Globo.com. Consultado em 3 de dezembro de 2016 
  12. a b Gabriel Vaquer (22 de novembro de 2016). «Canal Viva anuncia reprise de "Não Fuja da Raia", de Cláudia Raia». Na Telinha. Uol. Consultado em 3 de dezembro de 2016 
  13. a b «Vira-Lata - Galeira de Personagens». Memória Globo. Globo.com. Consultado em 3 de dezembro de 2016 
  14. a b «A Indomada - Galeira de Personagens». Memória Globo. Globo.com. Consultado em 3 de dezembro de 2016 
  15. a b Nilson Xavier. «O Quinto dos Infernos». Teledramaturgia. Consultado em 3 de dezembro de 2016 
  16. a b «Agora É que São Elas - Galeira de Personagens». Memória Globo. Globo.com. Consultado em 3 de dezembro de 2016 
  17. a b «Beco da Baiúca recebe gente nova em A Lua me Disse». Terra. 18 de maio de 2005. Consultado em 3 de dezembro de 2016 
  18. «Sítio do Picapau Amarelo (Vamos Recordar)». Mundo Novelas. 11 de outubro d 2010. Consultado em 3 de dezembro de 2016  Verifique data em: |data= (ajuda)
  19. a b Nilson Xavier. «Sítio do Picapau Amarelo (2001)». Teledramaturgia. Consultado em 3 de dezembro de 2016 
  20. a b «"Chamas da Vida" vai colocar fogo na concorrência!». O Planeta TV. Consultado em 3 de dezembro de 2016 
  21. a b Nilson Xavier. «Bela, a Feia». Teledramaturgia. Consultado em 3 de dezembro de 2016 
  22. a b «Memória - Do Amor». Multishow. Globo.com. Consultado em 3 de dezembro de 2016 
  23. Thiago Azanha (8 de julho de 2013). «No Multishow, 'Vai Que Cola' mostra como seria versão carioca do 'Sai de Baixo'». Consultado em 3 de dezembro de 2016 
  24. a b Renato Hermsdorff (2 de março de 2015). «Revelada a Trama de Vai que Cola - O Filme». AdoroCinema.com. Consultado em 2 de março de 2015 
  25. «Atriz de Vai que Cola é vovó, diz jornal». R7. 9 de junho de 2015. Consultado em 3 de dezembro de 2016 
  26. Predefinição:Citae web
  27. «Veja Esta Canção». Interfilmes. Consultado em 3 de dezembro de 2016 
  28. «Cinema - O mandarim». Chico Buarque. Consultado em 3 de dezembro de 2016 
  29. «Doces Poderes». TV Brasil. Consultado em 3 de dezembro de 2016 
  30. «Elvis & Madona». Adoro Cinema. Consultado em 3 de dezembro de 2016 
  31. Patrícia Kogut (12 de julho de 2013). «Catarina Abdala e Débora Nascimento rodam filme». O Globo. Consultado em 3 de dezembro de 2016 
  32. «Meu Passado Me Condena». Globo Filmes. Globo.com. Consultado em 3 de dezembro de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]