Catarina Amália, Princesa de Orange

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Catarina Amália
Princesa de Orange
Catarina Amália em 2014
Casa Orange-Nassau
Amsberg (agnática)
Nome completo
Catarina Amália Beatriz Carmem Vitória
Nascimento 7 de dezembro de 2003 (13 anos)
  Haia, Países Baixos
Pai Guilherme Alexandre dos Países Baixos
Mãe Máxima Zorreguieta Cerruti

Catarina Amália Beatriz Carmem Vitória (Haia, 7 de dezembro de 2003) é a filha mais velha do rei Guilherme Alexandre dos Países Baixos e sua esposa, a rainha Máxima, sendo a herdeira aparente do Reino dos Países Baixos.

Nascimento[editar | editar código-fonte]

Catarina Amália nasceu no Hospital Brovono, em Haia, às 17h01 (horário local), em dia 7 de dezembro de 2003. Na ocasião, pesava 3,31kg e media 52 centímetros. O trabalho de parto demorou oito horas. Depois que seu nascimento foi anunciado, 101 tiros foram disparados em quatro lugares do Reino dos Países Baixos: Den Helder e Haia, na Holanda; Antilhas Holandesas, e Oranjestad em Aruba.

Batismo[editar | editar código-fonte]

Em 12 de junho de 2004, a Catarina Amália foi batizada pelo reverendo Carel ter Linden, na Grande Igreja, em Haia.

Seus padrinhos foram: seu tio paterno, o príncipe Constatino, a princesa Vitória da Suécia, o vice-presidente do Conselho de Estado dos Países Baixos Herman Tjeenk Willink, amigo de sua mãe, Samantha Deane, seu tio Martín Zorreguieta, e amigo de seu pai, Marc ter Haar.

Educação e interesses[editar | editar código-fonte]

Em 10 de dezembro de 2007, começou a estudar na escola pública de Bloemcampschool, em Wassenaar. Esta é a mesma escola onde estudam suas irmãs mais novas, Alexia e Ariana.

Em 2015, a princesa iniciou o ensino secundário no Gymnasium Sorghvliet, em Haia, um dos melhores do país. [1] Este centro protestante público fica a cerca de 12 quilômetros do palácio de Eikenhorst, o que permite à princesa Amalia ir para a escola de bicicleta (escoltada por guarda-costas).[2]

A sua língua materna é o neerlandês. Além disso fala fluentemente inglês e espanhol. [carece de fontes?]

Amália tem interesses também em esportes, como esqui e hóquei.

Aparições públicas[editar | editar código-fonte]

Apesar de todo cuidado da Casa Real para não expor em demasiado a Princesa Amália e suas irmãs, o que já rendeu processos judiciais à imprensa holandesa, [3] anualmente a família realiza uma ou outra sessão fotográfica oficial. [4] [5]

Amália, Alexia e Ariana também costumam participar de alguns eventos oficiais, como o Dia do Rei. [6]

Títulos e estilos[editar | editar código-fonte]

  • 7 de dezembro de 2003 - 30 de abril de 2013: Sua Alteza Real, princesa Catarina Amalia dos Países Baixos, Princesa de Orange-Nassau
  • 30 de abril de 2013 - presente: Sua Alteza Real, a Princesa de Orange, Princesa Herdeira dos Países Baixos, Princesa de Orange Nassau

Referências

  1. «Princesa Amalia vai mudar de colégio». Consultado em 14 de julho de 2015 
  2. Revista Sábado n.º 596 (1 de Outubro de 2015), O que aprendem as futuras rainhas, pág. 102.
  3. «Reis da Holanda punem jornal de maior circulação do país». Consultado em 14 de julho de 2015 
  4. «Família real holandesa diverte-se na neve». Consultado em 14 de julho de 2015 
  5. «Reis da Holanda na praia com as filhas». Consultado em 14 de julho de 2015 
  6. «Amalia, Alexia e Ariane da Holanda protagonistas das comemorações do Dia do Rei». Consultado em 14 de julho de 2015 

Ancestrais[editar | editar código-fonte]