Catarina Macario

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Catarina Macario
Informações pessoais
Data de nasc. 4 de outubro de 1999 (21 anos)
Local de nasc. São Luís, Brasil
Nacionalidade brasileira
Altura 1,71 cm
Informações profissionais
Clube atual Lyon
Posição Atacante
Clubes de juventude
2012–2017
2014–2017
2017–2021
San Diego Surf
Torrey Pines Falcons
Universidade Stanford
Clubes profissionais
Anos Clubes
2021- Lyon
Seleção nacional
2012
2013
2018
2021–
Estados Unidos Sub-14
Estados Unidos Sub-15
Estados Unidos Sub-23
Estados Unidos

Catarina Macario (São Luís, 4 de outubro de 1999) é uma futebolista americana nascida no Brasil que atua como atacante pelo Lyon.

Em janeiro de 2019, Macario foi eleita pelo segundo ano consecutivo a melhor jogadora universitária dos EUA (Hermann Trophy), entrando para a história por ser apenas a quinta mulher a atingir tal feito, acompanhada de Morgan Brian (2013-14), Christine Sinclair (2004-05), Cindy Parlow (1997-98) e Mia Hamm (1992-93).[1]

Vida e careira[editar | editar código-fonte]

Início da vida[editar | editar código-fonte]

Macario nasceu em São Luís, Maranhão. Ainda jovem, sua família se mudou para Brasília. Jogando com meninos por toda sua infância e depois sendo proibida de jogar com eles, os pais de Catarina perceberam que não haveria oportunidades para sua filha na modalidade no pais. Em 2011, aos 12 anos de idade e sem falar uma palavra de inglês, Macario se mudou com seu pai e irmão para San Diego, afim de perseguir seu sonho de se tornar uma jogadora de futebol.[2][3][4] Sua mãe, que é médica, ficou no Brasil por um tempo para dar suporte financeiro para a família.

Universidade[editar | editar código-fonte]

Em 1 de fevereiro de 2017, Macario se comprometeu a jogar pela Universidade Stanford (pertencente a Ivy League e sendo a segunda melhor universidade do mundo, segundo o QS Ranking) e estudar Comunicação. Em 2017, em seu primeiro ano na universidade, em 25 jogos ela marcou 17 goals e deu 16 assistências. Em 2018, em seu segundo ano, Macario marcou 14 gols e deu 8 assistências em 19 partidas disputadas. Em 11 de dezembro de 2018, ela recebeu o prêmio "TopDrawerSoccer.com National Player of the Year Award".[5] Em 4 de janeiro de 2018, Macario recebeu o "Hermann Trophy", que é dado aos melhores jogadores de futebol universitário dos Estados Unidos. Ela se tornou assim, a primeira brasileira a receber o "Hermann Trophy" e o "TopDrawerSoccer.com National Player of the Year Award".[6][7][8][9]

Profissional[editar | editar código-fonte]

Em 8 de janeiro de 2021, Macario anunciou que deixaria a Universidade Stanford, em seu último ano de graduação, para seguir carreira profissional.[10] Em 12 de janeiro, o Lyon anunciou a contratação da atleta por 2 anos e meio.[11][12]

Internacional[editar | editar código-fonte]

Macario é elegível para jogar internacionalmente pelo Brasil e pelos Estados Unidos e em 8 de outubro de 2020 recebeu a cidadania americana.[13][14] Mais cedo, no mesmo dia, Macario foi convocada, pela primeira vez, para a seleção feminina principal dos Estados Unidos.[15][16] A atleta já havia representado os Estados Unidos em diversas seleções juniores e já havia dito, em várias entrevistas, que pretendia representar a Seleção Americana, recusando diversas tentativas de aproximação por parte da CBF.[2][4] Em 13 de janeiro de 2021, a Federação de Futebol dos Estados Unidos anunciou que Macario havia recebido autorização da FIFA para representar os Estados Unidos em nível internacional.[17][18] Em 18 de janeiro de 2021, Macario estreou pela seleção americana, entrando no início do segundo tempo de um amistoso contra a Colômbia,[19] se tornando assim, a primeira futebolista naturalizada a jogar pela seleção principal dos Estados Unidos.[20]

Declaração[editar | editar código-fonte]

Embora ser comparada com a brasileira Marta diversas vezes, a jogadora favorita de Macario é a ex-atacante americana Mia Hamm.[2]

Honras[editar | editar código-fonte]

  • ESPNW Player of the Year: 2017, 2018
  • Hermann Trophy: 2018, 2019
  • CoSIDA Academic All-District 8 first team: 2018
  • TopDrawerSoccer.com Freshman of the Year: 2017
  • TopDrawerSoccer.com Player of the Year: 2018, 2019
  • United Soccer Coaches First-Team All-America: 2017, 2018
  • Pac-12 Offensive Player of the Year: 2017, 2018
  • Pac-12 Freshman of the Year: 2017

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Universidade[editar | editar código-fonte]

  • Atualizado até December 8, 2019[21]
Universidade Temporada Temporada Regular da NCAA Torneio da NCAA Outro Total
Division Apps Gols Apps Gols Apps Gols Apps Gols
Stanford Cardinal 2017 Div. I 18 11 6 3 0 0 24 17
2018 14 12 5 2 0 0 19 14
2019 19 23 6 9 0 0 25 32
NCAA Total 51 46 17 14 0 0 68 63

Referências

  1. «Brasileira Catarina Macario é eleita pelo segundo ano seguido a melhor jogadora universitária dos EUA». Globoesporte.com. Consultado em 4 de Janeiro de 2020 
  2. a b c de Assis, Joanna. «Comparada a Marta, Catarina Macario brilha no futebol feminino, mas sonha defender os EUA». Esporte Espetacular. Consultado em 7 de Janeiro de 2019 
  3. Hays, Graham. «From Brazil to Stanford, from sacrifice to stardom for Catarina Macario». ESPNW (em inglês). Consultado em 7 de Janeiro de 2019 
  4. a b Hays, Graham. «She's not Marta (yet), but Catarina Macario is espnW's soccer player of the year». ESPNW (em inglês). Consultado em 7 de Janeiro de 2019 
  5. Danna, Kevin. «Roundup: Stanford's Catarina Macario named TopDrawerSoccer Player of the Year». PAC-12 (em inglês). Consultado em 7 de Janeiro de 2019 
  6. Fleming, ConnorF. «This Is Exactly Why Catarina Macario Is The Best Player In Women's College Soccer». The18 (em inglês). Consultado em 7 de Janeiro de 2019 
  7. Parchman, Will. «Catarina Macario might be the most interesting girls club player in the country». Top Drawer Soccer (em inglês). Consultado em 7 de Janeiro de 2019 
  8. Culver, Jordan. «Hermann Trophy winners are Indiana's Andrew Gutman, Stanford's Catarina Macario». Pro Soccer USA (em inglês). Consultado em 7 de Janeiro de 2019 
  9. «Andrew Gutman, Catarina Macario named Hermann Trophy winners». ESPNW. p. Inglês. Consultado em 7 de Janeiro de 2019 
  10. «Stanford soccer midfielder Catarina Macario decides to forgo senior year, go pro». ESPN (em inglês). Consultado em 16 de Janeiro de 2021 
  11. Arruda, Gustavo. «Atacante maranhense Catarina Macario é contratada pelo Lyon». Imirante.com. Consultado em 16 de Janeiro de 2021 
  12. Wine, Donald. «Catarina Macario signs pro deal with Lyon». Stars and Stripes FC (em inglês). Consultado em 16 de Janeiro de 2021 
  13. Tannenwald, Jonathan. «Catarina Macario is on her way to becoming the USWNT's next big star». The Philadelphia Inquirer (em inglês). Consultado em 10 de Outubro de 2020 
  14. Creditor, Avi. «USWNT's Next Big Thing? Catarina Macario's Path to Eligibility Clears». Sports Illustrated (em inglês). Consultado em 10 de Outubro de 2020 
  15. Herrera, Sandra. «Vlatko Andonovski's USWNT camp roster features NWSL mainstays and Brazil-born Stanford star Catarina Macario». CBS Sports (em inglês). Consultado em 10 de Outubro de 2020 
  16. M. Peterson, Anne. «USWNT to hold October camp near Denver; Catarina Macario headlines roster's prospects». The Philadelphia Inquirer (em inglês). Consultado em 10 de Outubro de 2020 
  17. «FIFA Approves Eligibility for Midfielder Catarina Macario to Represent The U.S. Women's National Soccer Team». USSoccer.com (em inglês). Consultado em 16 de Janeiro de 2021 
  18. Barlem, Cíntia. «Fifa e é liberada para defender os EUA». GloboEsporte.com. Consultado em 16 de Janeiro de 2021 
  19. «News Macario debuts, Rapinoe and Lloyd return for USWNT in win over Colombia». The Equalizer. Consultado em 19 de Janeiro de 2021 
  20. Hays, Graham. «Stanford star Catarina Macario ready for new chapter with U.S. women's national team». ESPN.com (em inglês). Consultado em 16 de Janeiro de 2021 
  21. «20 - Catarina Macario». Gostanford (em inglês). Consultado em 7 de Janeiro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]