Catedral de São João Batista (Santa Cruz do Sul)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde setembro de 2017). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Catedral São João Batista
Construção 1928
Diocese Diocese de Santa Cruz do Sul
Local Santa Cruz do Sul,  Brasil

A Catedral São João Batista é o maior templo católico em estilo neogótico da América do Sul,[1] localizado na zona central do município de Santa Cruz do Sul, Rio Grande do Sul, Brasil.

Dimensões[editar | editar código-fonte]

  • Comprimento: 80 metros
  • Largura: 38 metros
  • Altura: 26 metros - nave central, e 83 metros - torres

História[editar | editar código-fonte]

Interior

Em 1855 foi iniciada a edificação de uma capela católica no local onde hoje encontra-se a catedral, sob a orientação de Guilherme Lewis. A capela ficaria pronta apenas em 1863. O primeiro pároco da antiga capela foi Manoel J. da Conceição Braga.[2][3]:7[4]

O início da construção da atual catedral deu-se em 1º de fevereiro de 1928 sob a orientação de Simão Gramlich, autor do projeto e posteriormente sob liderança do engenheiro Ernesto Matheis.

Em 2 de agosto de 1936 a igreja ficou pronta, mas o acabamento da obra só ocorreu em 1977 com a construção de duas torres maiores e 6 menores e a colocação do reboco do lado leste.

Desde 1959 com a criação da diocese de Santa Cruz do Sul com jurisdição sobre diversos municípios, a igreja passou a chamar-se Catedral São João Batista. A primeira Igreja Católica foi construída em 1863, e o primeiro padre foi Manoel José da Conceição Braga em 1860.

A pintura existente atrás do altar chama-se "Grupo de Cruz" e teve sua primeira pintura por Arno Seer e posteriormente por Roman Riesch.

Os vitrais foram feitos por Albert Gottfrid Veit, Leopod Höpf, Joseph Veigel, Albert Joseph Georg Veit, Hans Veit e Albert Höpf empresa familiar Veit & Filhos, imigrantes alemães de 1913. O relógio foi montado por Eduardo Rieger e a porta, feita por Raul Koehler.

O atual pároco é o padre Rogério Kunrath.

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Catedral de São João Batista (Santa Cruz do Sul)
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Catedral de São João Batista (Santa Cruz do Sul)

Referências

  1. Déborah Salves. «Conheça Santa Cruz do Sul além da Oktoberfest». Terra. Consultado em 19 de Novembro de 2017 
  2. «A história da Catedral São João Batista». Zero Hora. 30 de maio de 2017 
  3. «Revisão do Plano Diretor de Desenvolvimento Social e Urbano» (PDF). Secretaria Municipal de Planejamento e Gestão. Cópia arquivada (PDF) em 7 de Setembro de 2017 
  4. Enciclopédia dos Municípios Brasileiros - Municípios do Estado do Rio Grande do Sul. [S.l.]: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 1959. pp. 167–171