Catedral de Ruão (Monet)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A série da Catedral de Ruão (Catedral de Notre-Dame de Rouen) foi pintada em 1890 pelo impressionista francês Claude Monet.[1] As trinta e uma pinturas da série pretendiam capturar a fachada da catedral em horas diferentes do dia e do ano, e refletir sobre os resultados obtidos sob diferentes condições de iluminação.[2] [3][4]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Tema e variações da Catedral de Ruão, segundo Claude Monet:

Referências

  1. Serullaz, Maurice. O Impressionismo. Jorge Zahar Editor, Rio de Janeiro. 1989
  2. The Art Wolf, Claude Monet, The Rouen Cathedral Sserie - The Climax of Iimpressionism, página visitada em 26 de julho de 2015. (em inglês)
  3. Sumner, Ann (2005). Colour and Light: Fifty Impressionist and Post-Impressionist Works at the National Museum of Wales. Cardiff: National Museum of Wales. p. 86. ISBN 0-7200-0551-5 
  4. SBPC, Impressionismo: 230 anos de luz, página visitada em 17 de julho de 2015.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre arte ou história da arte é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.