Cato Institute

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Wiki letter w.svg
Por favor melhore este artigo ou secção, expandindo-o. Mais informação pode ser encontrada nos artigos correspondentes noutras línguas e também na página de discussão.
Edifício do Cato Institute em Washington, D.C.

O Cato Institute é um think tank libertário americano com sede em Washington, D.C., foi fundado como Charles Koch Foundation em 1974 por Ed Crane, Murray Rothbard, e Charles Koch,[1] presidente do conselho e diretor executivo do conglomerado Koch Industries.[nb 1] Em julho de 1976, o nome foi alterado para Cato Institute (Instituto Cato).[1][2] Cato foi estabelecido para se concentrar em advocacia pública, exposição de mídia e influência social.[3] De acordo com o Relatório do índice de 2014 Global Go To Think Tank (Think Tanks and Civil Societies Program, Universidade da Pensilvânia), Cato é o número 16 no "Top Think Tanks Worldwide" e o número 8 no "Top Think Tanks nos Estados Unidos".[4] Cato também liderou a lista de 2014 do ranking ajustado pelo orçamento de think tanks de desenvolvimento internacional.[5]

Posicionamentos[editar | editar código-fonte]

O instituto advoga por políticas que promovam "liberdades individuais, governo limitado, livre mercado, e a paz". Tem posições libertárias, tipicamente promovendo uma redução na intervenção do governo em assuntos domésticos, sociais e econômicos, além de uma redução nos gastos com o exército e na intervenção internacional (dos Estados Unidos). Segundo Ezra Klein, da Bloomberg, o instituto seria apartidário,[6]Nina Eastman, escrevendo para o LA Times em 1995, menciona o envolvimento de membros do instituto com políticos locais.[7] Eric Lichtblau, escrevendo para o New York Times, diz que o instituto seria uma das organizações de pesquisa mais citadas do país.[8]


Prêmios Nobel na Cato[editar | editar código-fonte]

Os seguintes laureados no Prêmio Nobel de Ciências Econômicas trabalharam com o Cato:[9]

Afiliações[editar | editar código-fonte]

O Cato Institute é um membro associado da State Policy Network, uma rede nacional dos EUA de think tanks orientados para o mercado livre.[10]

Veja também[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia tem o portal:
  • Libertarianismo

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Koch Industries é a segunda maior empresa de capital fechado por receita nos Estados Unidos. «Forbes List». Forbes. Consultado em 13 de novembro de 2011 

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b «25 years at the Cato Institute: The 2001 Annual Report» (PDF). OCLC 52255585. Consultado em 19 de agosto de 2013 
  2. «Articles of Incorporation Charles Koch Foundation and Restated Articles of Incorporation». 19 de dezembro de 1974. Consultado em 20 de março de 2012. Arquivado do original em 15 de março de 2012 
  3. Cobane, Craig T. (2005). «Think Tanks». Americans at War. [S.l.]: Gale. Consultado em 18 de agosto de 2013 
  4. James G. McGann (Director) (4 de fevereiro de 2015). «2014 Global Go To Think Tank Index Report». Consultado em 14 de fevereiro de 2015  Outros rankings "Top Think Tank" incluem #13 (de 85) em Defesa e Segurança Nacional, #5 (de 80) na Política Econômica Doméstica, #4 (de 55) na Política de Educação, nº 17 (de 85) em Política Externa e Assuntos Internacionais, #8 (de 30) na Política de Saúde Doméstica, nº 14 (de 25) na Política Global de Saúde, nº 18 (de 80) em Desenvolvimento Internacional, #14 (de 50) na Política Econômica Internacional, #8 ( de 50) na Política Social, # 8 (de 75) para a Melhor Campanha de Advocacia, #17 (de 60) para a Melhor Rede de Think Tank, #3 (de 60) para o melhor Uso de Redes Sociais, #9 (de 50) para Melhor Programa de Relações Externas / Engajamento Público, #2 (de 40) para Melhor Uso da Internet, #12 (de 40) para Melhor Uso de Mídia, # 5 (de 30) para Idéias / Propostas de Novidades Inovadoras, #11 (de 70) para o impacto mais significativo nas políticas públicas e no 9 (de 60) para programas públicos orientados para políticas pendentes.
  5. Gelb, Alan; Diofasi, Anna; Hashmi, Nabil; Post, Lauren (17 de março de 2015). «CGD's Think Tank Public Profile Rankings Are Back». Center for Global Development. cgdev.org. Consultado em 17 de julho de 2015 
  6. Klein, Ezra (7 de março de 2012). «Why Do the Kochs Want to Kill the Cato Institute?». Bloomberg L.P. Consultado em 12 de julho de 2012 
  7. Easton, Nina J. (9 de julho de 1995). «Making America Work : RED WHITE AND SMALL : Ed Crane's Cato Institute Is a Think Tank That Believes the Country Would Work Better if There Was Less Government». Los Angeles Times. Consultado em 9 de novembro de 2017 
  8. Lichtblau, Eric (6 de março de 2012). «Cato Institute Is Caught in a Rift Over Its Direction». The New York Times. Consultado em 6 de março de 2012 
  9. «Nobel Laureates at Cato» 
  10. Kopan, Tal (13 de novembro de 2013). «Report: Think tanks tied to Kochs». Politico. Consultado em 24 de fevereiro de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]