Catona (Reggio Calabria)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Catona (também chamada de Catùna em Língua calabresa) é um bairro da cidade de Reggio di Calabria (ou Reggio Calabria) na VIII circumscrição da Cidade.

História[editar | editar código-fonte]

Dante Alighieri, no canto VIII do Paraìso, na Divina Comédia, fala de Catona assim:

e quel corno d'Ausonia che s'imborga
di Bari, di Gaeta e di Catona
da ove Tronto e Verde in mare sgorga
Dante Alighieri

Ele, tambèm fala de Catona como um triángulo com as extremidades ideais entre Bari, Gaeta e Catona mesmo.

Antigamente Catona era um teritório importante e foi o centro das guerras entre Aragonêses, e Angioinos.

Em Catona nasceu a venerável Irmã Brigida Maria Postorino (1865-1960) fundadora da Ordem das Filhas de Maria Imaculada de Reggio Calabria.

Turismo[editar | editar código-fonte]

A praia de Catona è feita de uma agradável areia branca. O mar è transaparente e frio. O vento è dxe scirocco.

A lenda diz que, em 1464, São Francisco de Paula atravessou o Estrito de Messina acima do seu manto com um Irmão. Esta lenda està lembrada numa pintura de Edward Steinle no Vaticano na Galleria delle Carte Geografiche.

Em Catona nasceu a Ordem dos Mínimos, em 1629.

Em 1927, depois do terremoto de 1908, Catona parou se ser municipalidade autónoma e virou bairro de Reggio Calábria.

Igrejas[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]