Cava de Viriato

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Estátua de Viriato, na Cava do Viriato.

A Cava de Viriato é um fortaleza construída em terra batida, rodeada por um fosso, localizado a Norte da cidade de Viseu. É monumento nacional desde 1910.

Descrição[editar | editar código-fonte]

O acampamento apresenta uma forma octogonal, delimitado por fortes taludes, com 2000 metros de perímetro e uma área de 8 hectares; nas faces de nascente, norte e poente apresenta vestígios de um fosso. Dos oito taludes restam e estão visitáveis seis. Segundo Jorge de Alarcão, a muralha de terra batida tem perfil trapezoidal, com cerca de 27,5m de largura na base e 6m na plataforma de coroamento, tendo a superfície interna 30 hectares.

A Cava era tradicionalmente considerada um acampamento da época romana, construído por Décimo Júnio Bruto (137-136 a. C.) ou, segundo Jorge de Alarcão, pelos chefes militares Petreio e Cássio Longino em meados do século I a. C.. Segundo o mesmo autor, o octógono é defendido por um fosso que as águas do rio Paiva e da ribeira de Santiago inundavam. Mais recentemente, Vasco Mantas, apesar de considerar que dentro da área da Cava existiu um acampamento romano, atribui a sua construção aos árabes.

Actualmente prevalesce a tese de que a cava foi construída pelos cristãos no séc. X ou XI, com o objectivo da edificação de uma cidade nova em substituição da Viseu antiga, várias vezes arrasada nas batalhas da reconquista cristã (Esteves, PH).

Só no século XVI é que se ligou o nome de Viriato à Cava.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

ALARCÃO, Jorge de (1983) - Portugal Romanod(pp. 47),itorial Verbo, Lisboa

CORREIA, Alberto (1989) - Viseu, Editorial Presença, Lisboa

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Património de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Camera-photo.svg
Ajude a melhorar este artigo sobre Arquitetura ilustrando-o com uma imagem. Consulte Política de imagens e Como usar imagens.