Ceará contra 007

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ceará contra 007
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero Comédia de ação
Duração 30 minutos
Criador(es) Marcos César
País de origem  Brasil
Idioma original (em português)
Produção
Diretor(es) Nilton Travesso
Marcos César
Elenco
Tema de abertura "Ceará Contra 007", Adoniran Barbosa
Exibição
Emissora de televisão original Brasil RecordTV
Formato de exibição PAL-M
Transmissão original 5 de julho de 1965 – 17 de setembro de 1965
N.º de episódios 60

Ceará contra 007 foi uma telenovela brasileira produzida e exibida pela RecordTV entre 5 de julho e 17 de setembro de 1965 com 60 capítulos, substituindo Quatro Homens Juntos e sendo substituída por Quem Bate. Foi escrita por Marcos César, com a colaboração de texto de Ronald Golias, Jô Soares e Ary Toledo, sendo dirigida por Nilton Travesso e também por Marcos César.[1] Há poucos arquivos sobre a telenovela, uma vez que a emissora passou por grandes incêndios em 1966 e 1968, que consumiram a maior parte de seu acervo até então.[2]

Contou com Ronald Golias, Jô Soares, Consuelo Leandro, Ary Toledo, Adoniran Barbosa, Roni Rios, Borges de Barros e Simplício nos papeis principais.[3]

Produção[editar | editar código-fonte]

Em 15 de fevereiro de 1965 a RecordTV havia lançado a primeira telenovela brasileira com temática cômica, Quatro Homens Juntos, que teve grande repercussão e representou um aumento na audiência, liderando durante toda sua exibição, o que fez com que a emissora apostasse em outros projetos similares, aprovando a trama de Marcos César.[4] Ceará Contra 007 era uma sátira baseada no filme Moscou contra 007, da franquia James Bond, na época vivido por Sean Connery.[5] Jô Soares interpretava o atrapalhado detetive Jaime Blonde, uma sátira de James Bond, enquanto Consuelo Leandro interpretava Lamparina, versão humorada inspirada na sofredora Mamãe Dolores de O Direito de Nascer, exibida na concorrente TV Tupi.[6]

A novela conseguiu o feito de reunir os maiores humoristas brasileiros da época, como Ronald Golias, Jô Soares, Ary Toledo, Adoniran Barbosa, Consuelo Leandro, Roni Rios, Borges de Barros, Simplício, Renato Corte Real, Pimentinha e Chocolate.[7] Jô Soares revelaria apenas em 2017, cinquenta anos depois, que Golias detestava seu personagem na trama por ser o único mais dramático da história, preferindo o humor pastelão, fazendo com que a emissora lhe desse um seriado próprio, Família Trapo, ao moldes desejado por ele logo após.[8] Pelo bom desempenho, parte do elenco foi escalado junto para a série.[9]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

O Comendador Giácomo (Adoniran Barbosa), dono da Organização Cearense Smirch, envia os capangas Jesuíno (Ary Toledo), Geraldo (Rony Rios), Gervário (Borges de Barros) e Genésio (Simplício) para São Paulo para conseguirem a qualquer preço roubar a fórmula do Jabá Sintético, um poderoso limpador desenvolvido pelo professor Bartolomeu Guimarães (Ronald Golias). Correndo o risco de vida, Bartolomeu contrata o agente secreto Jaime Blond (Jô Soares) para protegê-lo e pegar os bandidos, embora coloque tudo em risco por sua assistente, a sensual Lamparina (Consuelo Leandro). Nessa disputa eles esbarram em diversas figuras, como as misteriosas Tereza (Carmem Verônica) e Isabel (Cidinha Campos).

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator Personagem
Ronald Golias Bartolomeu Guimarães
Jô Soares Jaime Blond
Consuelo Leandro Lamparina
Ary Toledo Jesuíno
Adoniran Barbosa Comendador Giácomo
Roni Rios Geraldo
Borges de Barros Gervásio
Simplício Genésio
Carmem Verônica Tereza
Cidinha Campos Isabel
Renato Corte Real Dois Perfis
Walter Seyssel Rogério
Chocolate Conde Klaus
Viana Júnior Agildo
Márcia Maria Sílvia
Durval de Souza Jean Claude (Mister M)
Gladys Marisa Sandrinha
Cláudio Lopomo Ademar
Ferreira Neto Ademar de Barros

Referências

  1. «Ceará Contra 007». Teledramaturgia. Consultado em 23 de março de 2018. 
  2. «Mesmo com saudade, Gilmara Sanches prefere ficar longe da TV». Gazeta Digital. Consultado em 23 de março de 2018. 
  3. «Ceará Contra 007 Resumo». Novelas do Brasil. Consultado em 23 de março de 2018. 
  4. «Quatro Homens Juntos». Teledramaturgia. Consultado em 23 de março de 2018. 
  5. «Jô Soares em Ceará Contra 007». Mofolândia. Consultado em 23 de março de 2018. 
  6. «IMAGENS - Programa de TV: "CEARÁ CONTRA 007"». Anos Dourados. Consultado em 23 de março de 2018. 
  7. «Era uma vez na TV: Jaime Bonde e Mamãe Lamparina na primeira novela cômica da TV». R7. Consultado em 23 de março de 2018. 
  8. «O livro de Jô -: Uma autobiografia desautorizada, Volume 1». Google Books. Consultado em 23 de março de 2018. 
  9. «IMAGENS - Programa de TV: "CEARÁ CONTRA 007"». Anos Dourados. Consultado em 23 de março de 2018. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre telenovelas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.