Cedillo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Espanha Cedillo

Cedilho • Casalinho

 
  Município  
Cedillo MMXIX 21.jpg
Símbolos
Bandeira de Cedillo
Bandeira
Brasão de armas de Cedillo
Brasão de armas
Gentílico cedillero, -a
Localização
Cedillo está localizado em: Espanha
Cedillo
Localização de Cedillo na Espanha
Cedillo está localizado em: Estremadura (Espanha)
Cedillo
Localização de Cedillo na Estremadura
Coordenadas 39° 39' 5" N 7° 30' 10" O
País Espanha
Comunidade autónoma Estremadura
Província Cáceres
Comarca Valência de Alcântara
História
Fundação século XVIII
Alcaide Antonio González Riscado [1] (2019-2023, PSOE)
Características geográficas
Área total 61,6 km²
População total (2021) [2] 424 hab.
Densidade 6,9 hab./km²
Altitude 279 m
Código postal 10513
Código do INE 10062
Website www.cedillo.es

Cedillo (grafia alternativa em português: Cedilho) é um município raiano da Espanha na comarca de Valência de Alcântara, província de Cáceres, comunidade autónoma da Estremadura. Tem 61,6 km² de área e em 2021 tinha 424 habitantes (densidade: 6,9 hab./km²).[2]

O município também é conhecido no lado português da fronteira como Casalinho. É um território espanhol com forte presença da língua portuguesa, que foi a língua quotidiana até meados do século XX, altura em que começa a desaparecer devido principalmente à emigração (para o País Basco e estrangeiro) e à escolarização (exclusivamente em castelhano). Na actualidade, só as pessoas de mais de sessenta anos falam em português. As novas gerações estudam português na escola, mas como língua estrangeira, não como língua materna, isto devido ao facto de os pais falarem com os filhos em espanhol, não em português. O português falado em Cedilho era igual (com alguns castelhanismos) ao das regiões do Alto Alentejo e Beira Baixa.

Na actualidade, o rasto do português é visível no léxico, nos topónimos, e na pronúncia dos cedilheros, que são confundidos com galegos em muitas ocasiões. O estudo filológico mais completo do falar desta vila é "Falares de Herrera e Cedilho", de Maria da Conceição Vilhena, onde estuda os falares cedilhero e o "firrerenho" de Herrera de Alcántara (vila de origens portuguesas).

História[editar | editar código-fonte]

O território do actual Cedilho aparece povoado já na Pré-História. Prova disso são as inúmeras antas presentes em todo o município. Cedilho aparece na história como uma pequena povoação dependente de Herrera de Alcántara, da qual se autonomiza no século XIX constituindo-se em município independente.

O nome Cedilho tem a ver, segundo o investigador local Júlio Rosa Roque, com o termo "cedido" por ter sido este território cedido pela coroa de Portugal a Espanha. O nome que davam os habitantes desta vila e das povoações portuguesas vizinhas (Montalvão, São Simão, Monte Fidalgo, etc.) a Cedilho era Casalinho, por ser um pequeno lugarejo, uma pequena povoação. Outra hipótese sugere que o termo "casalinho" deriva do facto de os primeiros habitantes da vila serem um casal de pescadores portugueses do rio Tejo.

Na actualidade, as raízes portuguesas continuam vivas, o padroeiro é Santo António, a padroeira é a Virgem de Fátima. Uma das principais festas é o "Enfarinhamento" que também tem origens portuguesas.

Demografia[editar | editar código-fonte]

Variação demográfica do município entre 1991 e 2008
1991 1996 2001 2004 2008
605 581 554 563 518

Referências

  1. «Corporación Municipal» (em espanhol). Ayuntamiento de Cedillo. www.cedillo.es. Consultado em 1 de outubro de 2021 
  2. a b «Cifras oficiales de población resultantes de la revisión del Padrón municipal a 1 de enero» (ZIP). www.ine.es (em espanhol). Instituto Nacional de Estatística de Espanha. Consultado em 19 de abril de 2022 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Cedillo
Ícone de esboço Este artigo sobre Municípios da Espanha é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.