Celeste (jogo eletrônico)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Celeste
Desenvolvedora(s) Matt Makes Games
Publicadora(s) Matt Makes Games
Diretor(es) Maddy Thorson
Escritor(es) Maddy Thorson
Programador(es) Noel Berry
Artista(s) Amora Bettany
Pedro Medeiros
Gabby DaRienzo
Compositor(es) Lena Raine
Plataforma(s) Linux
macOS
Microsoft Windows
Nintendo Switch
PlayStation 4
Xbox One
Lançamento 25 de janeiro de 2018
Gênero(s) Plataforma
Modos de jogo Um jogador

Celeste é um jogo eletrônico de plataforma desenvolvido pelos canadenses Maddy Thorson e Noel Berry, com arte feita pelo estúdio brasileiro MiniBoss.[1] O jogo foi originalmente criado como um protótipo de quatro dias durante uma game jam, e depois foi expandido para o seu lançamento completo. Celeste foi lançado em janeiro de 2018 para Microsoft Windows, Nintendo Switch, PlayStation 4, Xbox One, macOS, e Linux. O jogo recebeu aclamação da crítica e foi premiado como "Melhor Jogo Independente" e "Jogo Mais Impactante" no The Game Awards 2018, além de ter sido indicado para "Jogo do Ano" e "Melhor Trilha Sonora" nesta mesma premiação.

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

Celeste é um jogo de plataforma no qual os jogadores controlam uma garota chamada Madeline enquanto ela sobe em uma montanha, evitando vários obstáculos mortais. Além de pular e escalar paredes por um período limitado de tempo, Madeline tem a capacidade de realizar um traço no meio do ar nas oito direções cardeais. Este movimento só pode ser realizado uma vez e deve ser reabastecido, seja aterrissando no chão ou atingindo certos objetos, como cristais (embora o jogador receba uma segunda colisão mais tarde no jogo). Ao longo de cada nível, o jogador encontrará mecânicas adicionais, como molas que lançam o jogador ou penas que permitem um breve vôo, e objetos mortais como espinhos que matam Madeline (retornando-a para o início da seção). Jogadores menos habilidosos também podem acessar um "Modo de Assistência", onde podem alterar alguns atributos sobre a física do jogo. Algumas delas incluem: traços aéreos infinitos, invencibilidade ou retardar a velocidade do jogo. Escondidos em cada nível estão os morangos opcionais, obtidos através de desafiadoras seções de plataformas ou quebra-cabeças, que afetam levemente o final do jogo dependendo de quantos são coletados. Além disso, existem fitas cassete que desbloqueiam variações mais difíceis de "B-Side" de certos níveis, e corações de cristal usados ​​para acessar o conteúdo pós-jogo. Vencendo todos os "B-Sides", em seguida, desbloqueia as versões "C-Side", que consiste em muito duras, mas pequenas variações sobre os níveis. Ao limpar todos os "C-Sides", o jogador pode acessar o menu Variantes. O menu Variantes permite que os jogadores alterem a física do jogo de maneira similar ao Modo de Assistência. Algumas dessas configurações "variantes" incluem: acelerar o jogo, 360 graus e baixa fricção em todas as superfícies planas. Essas configurações servem para tornar o jogo mais desafiador ou mais divertido. O protótipo original do "Celeste Classic" para o console Pico-8 também pode ser encontrado como um minigame escondido.[2]

Desenvolvimento e lançamento[editar | editar código-fonte]

Noel Berry (Skytorn) e Maddy Thorson (TowerFall) criaram um protótipo de Celeste em quatro dias durante uma game jam chamado Celeste Classic. O resultado foi um difícil jogo de plataforma com 30 níveis para o console de fantasia Pico-8 projetado para reflexos precisos de speedrunners. A Kill Screen notou que o jogo era uma partida de TowerFall de Thorson, e tinha mais em comum com a mecânica de jogo de seus jogos mais antigos e do trabalho de Super Mario Maker.[3] Os desenvolvedores também se inspiraram na dificuldade dos jogos de plataformas da era do Super Nintendo.[4] Berry e Thorson desenvolveram o jogo em um lançamento autônomo com mais de 200 quartos espalhados entre oito capítulos.[5] Eles gravaram partes de seu processo de desenvolvimento na Twitch. O jogo também foi desenvolvido durante a PAX West Indie Megabooth de 2016.[6] Celeste foi lançado para Nintendo Switch, PlayStation 4, Xbox One, Windows, Linux e MacOS em 25 de janeiro de 2018. O protótipo original para o console Pico-8 está incluído no jogo como um minigame desbloqueável.[7][8][9]

Recepção[editar | editar código-fonte]

 Recepção
Resenha crítica
Publicação Nota
Destructoid 10/10[10]
Game Informer 9/10[11]
GameSpot 9/10[12]
IGN 10/10[13]
Nintendo Life 10 de 10 estrelas.[14]
Nintendo World Report 10/10[15]
PC Gamer 80/100[16]
Polygon 8/10[17]
VideoGamer.com 9/10[18]
Pontuação global
Agregador Nota média
Metacritic XOne: 94/100[19]
NS: 92/100[20]
PS4: 91/100[21]
PC: 88/100[22]

Celeste recebeu "aclamação universal" através da crítica especializada, de acordo com o agregador de resenhas Metacritic.[19][20][21][22]

Kevin Mersereau da Destructoid, chamou Celeste de "uma experiência de jogo essencial", dizendo: "Pela primeira vez em anos, não tenho absolutamente nada para reclamar."[10] Tom Marks da IGN, elogiou a história do jogo e a forma como foi misturado com os elementos de gameplay, dizendo: "Eu me importava profundamente com a luta de Madeline e simpatizei com ela de uma maneira que eu não estava esperando."[13]

A trilha sonora de Celeste composta por Lena Raine e lançada pela Materia Collective foi muito elogiada pelos críticos.[10][13] Um álbum de partituras e um álbum de piano foi anunciado no início de 2018[23] e um álbum de música de jazz licenciado baseado na trilha sonora, Prescription for Sleep: Celeste, foi lançado em novembro de 2018.[24]

Até o final de 2018, Celeste havia vendido mais de 500.000 cópias em todas as plataformas.[25]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Premiação Categoria Resultado
2018 NAVGTR Awards 2018[26] Mixagem de Trilha Sonora Original, Novo IP Indicado
Independent Games Festival Awards[27][28] Excelência em Áudio Indicado
Prêmio de Audiência Venceu
Golden Joystick Awards[29][30][31] Melhor Jogo Indie Indicado
Ultimate Jogo do Ano Indicado
The Game Awards 2018[32][33] Jogo do Ano Indicado
Melhor Trilha Sonora Indicado
Jogo Mais Impactante Venceu
Melhor Jogo Independente Venceu
Gamers' Choice Awards[34] Jogo Favorito dos Fãs Indicado
Experiência em Um Jogador Favorita dos Fãs Indicado
Jogo Indie Favorito dos Fãs Indicado
Titanium Awards[35] Melhor Jogo Indie Indicado
Australian Games Awards[36] Jogo Independente do Ano Indicado
2019 New York Game Awards[37] Big Apple Award para Melhor Jogo do Ano Indicado
Off Broadway Award para Melhor Jogo Independente Indicado
D.I.C.E. Awards 2019[38][39] Jogo de Ação do Ano Venceu
Excelência em Jogo Independente Venceu
NAVGTR Awards 2019[40][41] Jogo do Ano Indicado
Design de Controles, 2D ou 3D Limitado Indicado
Precisão de Controles Venceu
SXSW Gaming Awards[42][43] Excelência em Narrativa Indicado
Prêmio Matthew Crump Cultural de Inovação Venceu
Excelência em Trilha Sonora Indicado
Jogo Viral do Ano Indicado
Jogo do Ano Indicado
Game Developers Choice Awards[44][45] Melhor Áudio Venceu
Melhor Design Indicado
Jogo do Ano Indicado
G.A.N.G. Awards[46][47] Melhor Música para um Jogo Independente Indicado
G.A.N.G. / MAGFEST: Escolha do Público Venceu
British Academy Games Awards[48] Melhor Jogo Indicado
Game Beyond Entertainment Indicado
Design de Jogo Indicado
Inovação de Jogo Indicado
Música Indicado
Italian Video Game Awards[49] Jogo do Ano Indicado
Melhor Jogo Indie Indicado
Game Beyond Entertainment Indicado
ASCAP Composers' Choice Awards[50][51] Trilha Sonora de um Jogo Eletrônico do Ano Venceu

Referências

  1. «Destaque dos Game Awards 2018, "Celeste" tem sangue brasileiro.». Consultado em 19 de setembro de 2020 
  2. Matulef, Jeffrey (26 de julho de 2016). «Towerfall dev's next game Celeste recalls Super Meat Boy». Eurogamer (em inglês). Consultado em 28 de janeiro de 2018 
  3. Hudgins, Amanda (26 de julho de 2016). «Next up for the creator of Towerfall, A game about climbing a Mountain». Kill Screen. Consultado em 28 de janeiro de 2018 
  4. Alexander, Julia (22 de fevereiro de 2017). «Towerfall developer's next game, Celeste, heading to the Nintendo Switch». Polygon. Consultado em 28 de janeiro de 2018 
  5. «Celeste is the insanely difficult and insanely cute platformer we Deserve». Kill Screen. 11 de agosto de 2016. Consultado em 28 de janeiro de 2018 
  6. Robinson, Nick (26 de agosto de 2016). «Watch 10 minutes of gameplay from Celeste, the next game from TowerFall's creators». Polygon. Consultado em 28 de janeiro de 2018 
  7. @NoelFB (11 de janeiro de 2018). «Celeste is launching January 25». via Twitter 
  8. «Celeste on Steam». Valve Corporation. 25 de janeiro de 2018. Consultado em 28 de fevereiro de 2018 
  9. http://uk.ign.com/wikis/celeste/Chapter_3-_Celestial_Resort
  10. a b c Mersereau, Kevin (25 de janeiro de 2018). «Review: Celeste». Destructoid. Consultado em 28 de janeiro de 2018 
  11. Reeves, Ben (6 de fevereiro de 2018). «A Mountain Worth Climbing - Celeste - Switch». Game Informer. Consultado em 4 de março de 2018. Arquivado do original em 4 de março de 2018 
  12. Dayus, Oscar (26 de janeiro de 2018). «Celeste Review: More Than Just A Great Platformer». GameSpot. Consultado em 4 de março de 2018 
  13. a b c Marks, Tom (25 de janeiro de 2018). «Celeste Review». IGN. Consultado em 28 de janeiro de 2018 
  14. Cousins, Jon (26 de janeiro de 2018). «Celeste Review - Switch eShop». Nintendo Life. Consultado em 4 de março de 2018 
  15. Ronaghan, Neal (25 de janeiro de 2018). «Celeste (Switch) Review». Nintendo World Report. Consultado em 28 de janeiro de 2018 
  16. Prescott, Shaun (25 de janeiro de 2018). «Celeste review». PC Gamer. Consultado em 28 de janeiro de 2018 
  17. Frushtick, Russ (25 de janeiro de 2018). «Celeste review». Polygon. Consultado em 28 de janeiro 2018 
  18. Ahern, Colm (31 de janeiro de 2018). «Celeste review». VideoGamer.com. Consultado em 4 de março de 2018 
  19. a b «Celeste for Xbox One Reviews». Metacritic. Consultado em 8 de junho de 2018 
  20. a b «Celeste for Switch Reviews». Metacritic. Consultado em 8 de junho de 2018 
  21. a b «Celeste for PlayStation 4 Reviews». Metacritic. Consultado em 8 de junho de 2018 
  22. a b «Celeste for PC Reviews». Metacritic. Consultado em 8 de junho de 2018 
  23. Raine Lena [@kuraine] (26 de fevereiro de 2018). «ANYWAY stay tuned for - Vinyl release for Celeste OST - Vinyl release for Singularity - Cassette release for B-Sides - Celeste Piano Collections sheet music book & album Beyond these, I'm not gonna ramble about Celeste much anymore. To the next projects!!» (Tweet). Consultado em 20 de setembro de 2018 – via Twitter 
  24. http://www.nintendolife.com/news/2018/10/exclusive_treat_your_ears_to_a_sneak_peek_of_prescription_for_sleep_celeste_a_lullaby_album
  25. Kerr, Chris (27 de dezembro de 2018). «Celeste has sold over 500,000 copies since January». Gamasutra. Consultado em 4 de janeiro de 2019 
  26. «Horizon wins 7; Mario GOTY». National Academy of Video Game Trade Reviewers. 13 de março de 2018. Consultado em 15 de março de 2018. Arquivado do original em 14 de março de 2018 
  27. Whitney, Kayla (22 de março de 2018). «Complete list of 2018 Independent Games Festival Awards Winners». AXS. Consultado em 22 de março de 2018 
  28. Chan, Stephanie (21 de março de 2018). «Night in the Woods wins the grand prize at the Independent Games Festival». Venture Beat. Consultado em 21 de março de 2018 
  29. Hoggins, Tom (24 de setembro de 2018). «Golden Joysticks 2018 nominees announced, voting open now». The Daily Telegraph. Consultado em 7 de outubro de 2018 
  30. Andronico, Michael (26 de outubro de 2018). «Golden Joystick Awards: Vote for Ultimate Game of the Year». Tom's Guide. Consultado em 14 de novembro de 2018 
  31. Sheridan, Connor (16 de novembro de 2018). «Golden Joystick Awards 2018 winners: God of War wins big but Fortnite gets Victory Royale». GamesRadar+. Consultado em 17 de novembro de 2018 
  32. McWhertor, Michael (13 de novembro de 2018). «The Game Awards 2018 nominees led by God of War, Red Dead Redemption 2». Polygon. Consultado em 13 de novembro de 2018 
  33. Grant, Christopher (6 de dezembro de 2018). «The Game Awards 2018: Here are all the winners». Polygon. Consultado em 7 de dezembro de 2018 
  34. Glyer, Mike (19 de novembro de 2018). «2018 Gamers' Choice Awards Nominees». File 770. Consultado em 4 de janeiro de 2019 
  35. «Titanium Awards 2018». Fun & Serious Game Festival. 10 de dezembro de 2018. Consultado em 7 de novembro de 2019. Cópia arquivada em 7 de julho de 2019 
  36. «Your 2018 Winners». Australian Games Awards. 19 de dezembro de 2018. Consultado em 4 de janeiro de 2019 
  37. Keyes, Rob (3 de janeiro de 2019). «2018 New York Game Awards Nominees Revealed». Screen Rant. Consultado em 5 de janeiro de 2019 
  38. Makuch, Eddie (10 de janeiro de 2019). «God Of War, Spider-Man Lead DICE Awards; Here's All The Nominees». GameSpot. Consultado em 12 de janeiro de 2019 
  39. McWhertor, Michael (14 de fevereiro de 2019). «God of War wins big at DICE Awards 2019». Polygon. Consultado em 14 de fevereiro de 2019 
  40. «Nominee List for 2018». National Academy of Video Game Trade Reviewers. 11 de fevereiro de 2019. Consultado em 12 de fevereiro de 2019. Arquivado do original em 13 de fevereiro de 2019 
  41. «Winner list for 2018: God of War breaks record». National Academy of Video Game Trade Reviewers. 13 de março de 2019. Consultado em 13 de março de 2019. Arquivado do original em 14 de março de 2019 
  42. Trent, Logan (11 de fevereiro de 2019). «Here Are Your 2019 SXSW Gaming Awards Finalists!». South by Southwest. Consultado em 15 de fevereiro de 2019 
  43. Khan, Zarmena (17 de março de 2019). «God of War Takes Home 'Game of the Year' at SXSW 2019 Gaming Awards». PlayStation LifeStyle. Consultado em 17 de março de 2019 
  44. Good, Owen S. (4 de janeiro de 2019). «Red Dead Redemption 2 tops list of Game Developers Choice nominees». Polygon. Consultado em 6 de janeiro de 2019 
  45. Williams, Mike (20 de março de 2019). «God of War Wins Another GOTY at 2019 Game Developers Choice Awards». USGamer. Consultado em 20 de março de 2019 
  46. Lagumbay, Emmanuel (14 de fevereiro de 2019). «2019 G.A.N.G. Awards Finalists». Game Audio Network Guild. Consultado em 17 de fevereiro de 2019 
  47. Fogel, Stefanie (21 de março de 2019). «'God of War' Wins Six G.A.N.G. Awards, Including Audio of the Year». Variety. Consultado em 22 de março de 2019 
  48. Fogel, Stefanie (14 de março de 2019). «'God of War,' 'Red Dead 2' Lead BAFTA Game Awards Nominations». Variety. Consultado em 14 de março de 2019 
  49. «Italian Video Game Awards Nominees and Winners». Italian Video Game Awards. 11 de abril de 2019. Consultado em 25 de maio de 2019 
  50. «Vote in the 2019 ASCAP Composers' Choice Awards!». American Society of Composers, Authors and Publishers. 2 de abril de 2019. Consultado em 22 de abril de 2019 
  51. ASCAP (16 de maio de 2019). «Michael Giacchino Honored With ASCAP Henry Mancini Award; Pinar Toprak Receives ASCAP Shirley Walker Award; Stage & Screen Songwriters Benj Pasek & Justin Paul Recognized With ASCAP Vanguard Award At 2019 ASCAP Screen Music Awards». PR Newswire. Consultado em 16 de maio de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]