Celso Duarte

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Celso Duarte
Informação geral
Origem Villarrica
País Paraguai
Gênero(s) World Muisc, Som Jarocho, Folclórica paraguaia e jazz
Influência(s) samba e de festejos afro-peruanos
Página oficial Página de Celso Duarte

Celso Duarte (Villarrica, 1974) é um virtuoso instrumentista das harpas paraguaia e jarocha, arranjador e cantor paraguaio.

Duarte se apresenta e grava com Lila Downs desde 1988 e também tem sido colaborador de outros artistas como Susana Baca, Celso Piña, Placido Domingo, Mariza, Ramón Vargas, Julieta Venegas, Wynton Marsalis, The Chieftans e Ry Cooder.

Como artista solo, fez apresentações com sua banda no Carnegie Hall, Kennedy Center, Joe's Pub e avenidas históricas dos Estados Unidos.

Seu primeiro álbum De Sur a Sur (De Sul a Sul) foi lançado em 2006.

Vida[editar | editar código-fonte]

Duarte nasceu no Paraguai, mas ficou radicado no México.1 É filho do harpista Celso Duarte González e da cantora e pianista mexicana Maria Elena. Seus pais se conheceram na década de 70, quando seu pai estava em um circuito folclórico no México.2

Duarte cresceu em uma família de músicos e começou a tocar aos 5 ou 6 anos. Certa vez teria dito: "Minha família também é de músicos. Comecei com meus irmãos como se fosse parte de um jogo".3

Durante a juventude, estudou violino e música clássica na prestigiada Escola Nacional de Música da Universidade Nacional Autônoma do México.2

Aos 10 anos, passou a se apresentar com sua família com a turnê Los Duarte nos Estados Unidos e Japão.4

Em 1984, sua família, incluindo a mãe, pai e quatro crianças, apareceram no Museu do Sudoeste, em Los Angeles, em performances instrumentais com harmonias e arranjos raros da música tradicional paraguaia.5

A partir desta apresentação, o Los Angeles Times descreveria o primogênito Duarte como "um dos mais notáveis intérpretes mundiais da harpa paraguaia" e notado que a "música é uma atividade social no Paraguai vista como uma profissão e Duarte, assim como sua família, demonstram particularmente como a música pode estar integrada ao vínculo familiar".5

Carreira[editar | editar código-fonte]

Duarte é um virtuoso instrumentista de harpa paraguaia e jarocho. Em 1998, encontrou Lila Downs enquanto tocava em um festival em Oaxaca, México, e desde então tem ganhado aplausos na execução instrumental com a banda da cantora.

Duarte é coautor de um dos arranjos que culminaram na premiação da Lil Downs mexicana no Grammy de 2005 ao álbum Una Sangre (Um Sangue).6

Tem feito partede shows de outros artistas, como Susana Baca, Placido Domingo, Mariza, Ramón Vargas, Julieta Venegas, Olivia Molina e Wynton Marsalis.4 7

Em trabalho conjunto com Lila Dows, ele também tem feito participações em álbuns de Celso Piña, Joe Vasconcelos, Charanga Cakewalk, Sofía Koutsovitis e com The Chieftains e Ry Cooder em San Patricio.7

Também foi colaborar de Julieta Venegas para uma música do filme Maria Cheia de Graça nomeado ao Oscar.4

Em carreira solo, Duarte é marcado para música folk paraguaia e sua jarocho (a partir de um estilo musical de Veracruz, herdado de indígenas huastecas, música barroca espanhola e influências africanas).8

Duarte tem estilo próprio ao incorporar novos elementos à sua música, como jazz e ritmos brasileiros, como o samba, e de festejos afro-peruanos.2

Em 2006, Duarte prouziu seu primeiro álbum solo, De Sur a Sur (De Sul a Sul) com seus próprios arranjos na harpa jarocho e músicas folclóricas paraguaias.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Solo[editar | editar código-fonte]

  • De Sur a Sur (From South to South), 2006

Como instrumentista[editar | editar código-fonte]

  • Lila Downs, Border (La Line), 2001
  • Lila Downs, Una Sangre (One Blood), 2004
  • Maria Cheia de Graça soundtrack, 2004 (colaboração com Julieta Venegas)
  • Lila Downs, La Cantina, 2006
  • Charanga Cakewalk, Chicano Zen, 2006
  • Lila Downs, Shake Away/Ojo De Culebra, 2008
  • Sofia Koutsovitis, Sube Azul, 2009
  • Lila Downs y la Misteriosa, Lila Downs y la Misteriosa en Paris: Live à FIP, 2010
  • The Chieftans & Ry Cooder, San Patricio, 2010

Referências

  1. National Council for Culture and the Arts. (março de 2009). 4º Encuentro de las Artes Escénicas - Celso Duarte, acesso em 1 de junho de 2010
  2. a b c Graglia, Diego. (29 de agosto de 2007). Harping on two nations. New York Daily News, acesso em 1 de junho de 2010
  3. Gilmore, Molly. (30 de abril de 2010). Virtuoso: Celso Duarte set to perform Saturday at Capitol Theater. The Olympian, acesso em 1 de junho de 2010
  4. a b c DuBrowa, Corel. (18 de setembro de 2008). Celso Duarte: Son of the South. Paste Magazine, acesso em 1 de junho de 2010
  5. a b Los Angeles Times. (27 de maio de 1984). Latin American music on tap at L.A. museum
  6. AllMusic. (2005). Una Sangre (One Blood), acesso em 1 de junho de 2010
  7. a b Folkloreando. Celso Duarte, acesso em 1 de junho de 2010
  8. Carnegie Hall. Neighborhood Concert Celso Duarte Sextet, acesso em 1 de junho de 2010
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.