Celtins

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Celtins
Razão social Companhia de Energia Elétrica do Estado do Tocantins
Slogan Ligada na sua energia
Indústria distribuição e geração de energia elétrica
Fundação agosto de 1989
setembro de 1989 (privatização)
Sede Palmas, TO
Área(s) servida(s) Estado do Tocantins
Proprietário(s) Grupo Energisa
Antecessora(s) CELG
Website oficial http://www.energisa.com.br

A Companhia de Energia Elétrica do Estado do Tocantins (Celtins) é a companhia responsável pela distribuição de energia elétrica no estado brasileiro do Tocantins, sendo uma das empresas pertencentes ao Grupo Energisa[1]. Além de atuar no segmento de distribuição energia elétrica, a Celtins também gera energia a partir de algumas Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH's) que ficam localizadas no interior do estado. No entanto, grande parte da energia consumida pelo sistema da Celtins, é fornecida através das subestações da Eletrobras Eletronorte localizadas em Miracema do Tocantins, em Porto Franco (MA) e em Imperatriz (MA), além da Usina Hidrelétrica de Peixe Angical e da subestação da CELG localizada em Porangatu (GO).

A Celtins foi criada em agosto de 1989, sendo que em setembro deste mesmo ano, a empresa foi adquirida pelo Grupo Rede Energia através de uma concorrência pública, no que foi tido como o primeiro processo de privatização de uma companhia de energia elétrica já realizado no Brasil.[2] Anteriormente ao mês de agosto de 1989, a Celtins pertencia à CELG, que é companhia responsável pela distribuição de energia elétrica em grande parte do estado de Goiás.

A área de concessão da Celtins abrange todos os 139 municípios do Tocantins, sendo que a empresa atende a mais de 478.000 clientes em todo o estado.[3]

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.