Centro (Goiânia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Setor Central
  Bairro do Brasil  
Centro, Praça Cívica, 2015.
Centro, Praça Cívica, 2015.
Unidade federativa  Goiás
Região administrativa Centro
Município Goiânia
Criado em 24 de outubro de 1933
Bairros limítrofes
População
 - Total 24 204 (em 2 010)
Fonte: Não disponível

Setor Central ou simplesmente Centro é um bairro de Goiânia, cidade brasileira. É o núcleo de povoamento a partir do qual a cidade se desenvolveu e expandiu.

A configuração urbanística do Centro de Goiânia, bem como o traçado das suas ruas, seguiu o plano piloto elaborado pelo arquiteto Attilio Corrêa Lima (1933-35). A sua paisagem urbana é marcada pela existência de um grande número de edificações. A maioria destas é formada por prédios baixos, muitos dos quais contam com fachada em estilo art-déco.[1]

No Centro situam-se o Palácio das Esmeraldas - sede do Governo do Estado de Goiás e residência oficial do governadores -, o Centro de Cultura e Convenções, o Teatro Goiânia e o Parque de Diversões Mutirama. Além disso, localizam-se no bairro inúmeras repartições públicas federais, estaduais e municipais.

Segundo dados do censo do IBGE em 2010, é o sexto bairro mais populoso do município, contando uma aglomeração de vinte e quatro mil pessoas.[2]

Comércio da região[editar | editar código-fonte]

O bairro conta com dois mercados públicos, o Mercado Popular e o Mercado Central. O Mercado Popular foi construído em 1952 na região então denominada Bairro Popular - que seria incorporada ao Setor Central alguns anos mais tarde. Já o Mercado Central é considerado o mais antigo mercado de Goiânia, tendo sido construído na década de 1950 na Avenida Anhanguera.

Tragédia[editar | editar código-fonte]

O Centro de Goiânia foi o cenário onde se sucederam eventos que concorreram para o acidente radioativo de setembro de 1987. Por causa da decorrente contaminação por partículas do radioisótopo Césio-137, dezenas de pessoas morreram, e outras centenas tiveram a saúde seriamente afetada.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Centro». Goiás de Norte a Sul. Consultado em 3 de maio de 2012 
  2. «3.5.2 - Relação dos quinze bairros mais populosos do município por Censo Demográfico - Goiânia - 1991/2000/2010» (PDF). Prefeitura de Goiânia. Consultado em 11 de junho de 2016 
Ícone de esboço Este artigo sobre bairros é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.