Centro Universitário Geraldo Di Biase

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Centro Universitário Geraldo Di Biase
UGB
Fundação 09 de novembro de 1967 (54 anos)
Tipo de instituição Privada, sem fins lucrativos
Mantenedora Fundação Educacional Rosemar Pimentel
Localização , Brasão RJ BR.png Rio de Janeiro  Brasil
Reitor(a) Geraldo Di Biase Filho
Cores da escola Azul     
Página oficial www.ugb.edu.br

O Centro Universitário Geraldo Di Biase (acrônimo UGB), é uma instituição de ensino superior privada brasileira, com sede no bairro do Aterrado, em Volta Redonda, no estado do Rio de Janeiro, Brasil.[1]


É mantida pela Fundação Educacional Rosemar Pimentel, e uma oferece mais de 27 cursos de graduação [2] distribuídos em três campi (Volta Redonda, Barra do Piraí e Nova Iguaçu). A instituição possui laboratórios específicos para as aulas, a unidade sede possui empresas acadêmicas de consultoria, e todas as unidades possuem bibliotecas com acervo de diversas obras. O Centro Universitário oferece cursos de licenciatura, bacharelado, tecnologia, pós-graduação e MBA em diversas áreas do conhecimento.

História[editar | editar código-fonte]

A instituição foi fundada em 1967,[3] sob o comando do então Deputado Estadual Geraldo Di Biase foi implantada na cidade sul fluminense de Barra do Piraí, no Rio de Janeiro, a Fundação Educacional Rosemar Pimentel (FERP), uma instituição de ensino com cursos de graduação superior. O nome da Fundação foi escolhido como homenagem a um educador do interior do Estado do Rio de Janeiro, Professor Rosemar Muniz Pimentel,[4] um dos pioneiros da instalação do ensino secundário em Barra do Piraí.

No dia 15 de setembro de 2003, o Ministro da Educação, Cristovam Buarque, aprovou as mudanças no regimento das Faculdades Integradas da FERP, que passou a denominar-se Faculdades Integradas Geraldo Di Biase (FGB)[5], em homenagem ao seu fundador Geraldo Di Biase.

As Faculdades Integradas Geraldo Di Biase foi transformada no Centro Universitário Geraldo Di Biase (UGB) de acordo com o parecer de credenciamento CNE/CES nº 147/2005, aprovado em 05 de maio de 2005.[6]

No ano de 2010, tornou-se parte do Fórum Estratégico de Ensino Superior de Volta Redonda, juntamente com a que são a Universidade Federal Fluminense (UFF), Centro Universitário de Volta Redonda (UniFoa), Centro Universitário de Barra Mansa (UBM), Faculdade do Sul Fluminense (Fasf) e o Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ).[7]

Em setembro de 2018, iniciou a sétima edição de seu projeto Cine Debate, realizado em seu campus principal.[8]

Faculdades[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Folha de São Paulo. «Centro Universitário Geraldo Di Biase» (em portuguese). Consultado em 14 de julho de 2021 
  2. Antigo site oficial. «História e Missão» (em portuguese). Consultado em 15 de julho de 2021 
  3. A Voz da Cidade. «Simpósio em Volta Redonda encerrou comemorações de aniversário do UGB-FERP» (em portuguese). Consultado em 15 de julho de 2021 
  4. Antonio Miranda. «Rosemar Pimentel» (em portuguese). Consultado em 14 de julho de 2021 
  5. Diário Oficial da União. «Página 32 da Seção 1 do Diário Oficial da União (DOU) de 16 de Setembro de 2003» (Impresso). DOU (em portuguese). Jornal Extra. 32 páginas. Consultado em 14 de julho de 2021 
  6. MEC. «Parecer CES 2005» (em portuguese). Consultado em 15 de julho de 2021 
  7. A Voz da Cidade. «Universidade Popular é inaugurada em Volta Redonda com mais de 200 pessoas na lista de espera» (em portuguese). Consultado em 15 de julho de 2021 
  8. A Voz da Cidade. «Notas & Notas – 18 de setembro de 2018» (em portuguese). Consultado em 15 de julho de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre instituições de ensino superior é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.