Centro de Desenvolvimento Comunitário Nova Olinda

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
CDC Nova Olinda
Nome Centro de Desenvolvimento Comunitário Nova Olinda
Alcunhas Bacurau
Torcedor/Adepto Cedecênse
Mascote Bacurau
Fundação 30 de maio de 2007 (12 anos)
Estádio Estádio Municipal Ivanuel Nogueira (Castanheirão)
Capacidade 3.000
Localização Nova Olinda do Norte, AM
Competição Amazonas Campeonato Amazonense - 2ª Divisão
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

O Centro de Desenvolvimento Comunitário Nova Olinda (popularmente CDC Nova Olinda, Nova Olinda ou CDC) é um clube de caráter social e esportivo da cidade de Nova Olinda do Norte, cidade do interior do estado do Amazonas. Até 2013 o clube se chamava CDC Manicoré da cidade de Manicoré.

História[editar | editar código-fonte]

O clube foi fundado a partir da seleção municipal campeã da Copa dos Rios em 2007, e com a decisão da Federação Amazonense de Futebol de realizar novamente, depois de mais de 40 anos, a segunda divisão estadual, o clube se tornou profissional.

Futebol Profissional[editar | editar código-fonte]

O CDC se tornou clube profissional em 2007, botando Manicoré no mapa do futebol profissional amazonense, tornando-a também a única cidade da Região do Rio Madeira a ter um clube profissional. O clube disputou Série B de 2007 e terminou com um 4º lugar entre 7 clubes, não conseguindo o acesso.

Participando novamente em 2008, ficou com o 3º lugar na segunda divisão estadual e conseguiu o acesso inédito a Série A do Campeonato Amazonense, beneficiado pela desistência do CEPE Iranduba de disputar a 1ª divisão do ano seguinte.

Já na elite do futebol amazonense em 2009, chegou a brigar contra o rebaixamento à Série B amazonense de 2010, escapando na última rodada do segundo turno, ao final ficando com a 8º colocação entre 10 times, com 13 pontos ganhos.

Em 2010, voltou a brigar contra o descenso, mas nesta edição não houve escapatória para o "Bacurau", que foi rebaixado para a Série B amazonense de 2011, ficando na 9º colocação entre 10 times, com 13 pontos ganhos.

Série B 2011

Na Série B mais disputada desde a volta da competição, o clube acabou ganhando o primeiro turno, sendo que conseguiu também a vaga na 1° divisão de 2012, na final acabou perdendo o título pra Grêmio Coariense com duas derrotas. Após punição ao Coariense, o CDC foi considerado o campeão da segunda divisão.

Série A 2012

Em 2012 mais um Campeonato fraco para o Bacurau do Madeira, o CDC lutou do inicio ao fim contra o rebaixamento, e, surpreendido pela reação do Rio Negro no campeonato, foi rebaixado na última rodada do segundo turno com a vitória do Galo sobre o Operário por 3-1 e sua derrota para o Nacional pelo mesmo placar.

Série B 2013

Devido a falta de apoio do poder público da cidade de Manicoré o clube muda-se para a cidade de Nova Olinda do Norte e passa a se chamar CDC Nova Olinda em seu primeiro campeonato a equipe terminou na 3ª Colocação.

Estádio[editar | editar código-fonte]

O CDC Nova Olinda manda seus jogos no Estádio Municipal Ivanuel Nogueira, estádio municipal de Nova Olinda do Norte conhecido popularmente por "Castanheirão", este que possui capacidade para abrigar 3.000 torcedores e abriga todas as partidas do clube no âmbito profissional.