Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes
País  Brasil
Corporação Marinha do Brasil
Subordinação Corpo de Fuzileiros Navais
Missão Educação física e desportos
Sigla CEFAN
Criação 4 de janeiro de 1916 (103 anos)
Patrono Almirante Adalberto Nunes
Sede
Cidade Rio de Janeiro, RJ
Bairro Penha
Endereço Avenida Brasil, 10.590
Internet mar.mil.br/cefan/

Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes (CEFAN) é responsável pelas atividades de educação física e de desportos da Marinha do Brasil, subordinada ao Corpo de Fuzileiros Navais. Sua sede é na cidade do Rio de Janeiro. Foi criado em 4 de janeiro de 1916 e possui a denominação atual desde o decreto nº 70.161, de 18 de fevereiro de 1972.

Histórico[editar | editar código-fonte]

A origem de CEFAN é em 4 de janeiro de 1916 como Liga de Sports da Marinha. No decreto nº 24.581, de 5 de julho de 1934, foi subordinada a então Diretoria do Pessoal da Marinha. No decreto-lei nº 2.296, de 10 de junho de 1940, foi extinta e criado o Departamento de Educação Física da Marinha. Em 16 de abril de 1945, foi extinto pelo decreto-lei nº 7.467. Foi reativado como Departamento de Esportes da Marinha pelo decreto-lei nº 9.265 de 17 de maio de 1946 e teve sua denominação alterada para Centro de Esportes da Marinha, em 7 de maio de 1953, pelo decreto nº 32.742. Em 18 de fevereiro de 1972, sua denominação foi novamente alterada para Centro de Educação Física da Marinha, pelo decreto nº 70.161. Em 31 de outubro de 1973, passou a ter a denominação atual, Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes, pelo decreto nº 73.058.[1]

Em 27 de novembro de 1975, suas atividades foram regulamentadas no decreto nº 76.687. Pelo decreto nº 84.781 de 11 de junho de 1980, teve estas atividade revogadas e alteradas pela portaria nº 0110, de 30 de janeiro de 1986, do ministro da Marinha e, novamente regulamentada pela portaria nº 0020, de 6 de fevereiro de 1997. Novamente revogada pela portaria nº 0063, de 6 de novembro de 1998, do Comando de Operações Navais (ComOpNav), recebeu uma nova regulamentação. Em 31 de março de 2008, na portaria nº 120, ficou subordinada ao Comando de Pessoal de Fuzileiros Navais. Finalmente, em 24 de fevereiro de 2010, foi subordinada ao Comando-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais, pela portaria nº 65.[1]

Missão[editar | editar código-fonte]

Atletas[editar | editar código-fonte]

Out of date clock icon.svg
Esta seção pode conter informações desatualizadas em seu conteúdo. Se sabe algo sobre o tema abordado, edite a página e inclua informações mais recentes, citando fontes fiáveis e independentes.
Nome Modalidade Categoria Posto Ref.
Sarah Menezes Judô 48kg sargento [3]

Referências

  1. a b «Do Histórico». CEFAN. Consultado em 10 de agosto de 2016 
  2. «Da Missão». CEFAN. Consultado em 10 de agosto de 2016 
  3. «Judocas da Marinha são promovidos a terceiro sargento». Confederação Brasileira de Judô (CBF). 16 de abril de 2014. Consultado em 10 de agosto de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre a Marinha do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.