Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com CNPq.
CPQD
Razão social FUNDAÇÃO CPqD - CENTRO DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO EM TELECOMUNICAÇÕES
Fundação de Direito Privado
Slogan Conecte-se ao novo
Atividade Telecomunicações
Fundação 1976
Fundador(es) Telebras
Sede Campinas (SP)
Presidente Sebastião Sahão Júnior
Website oficial http://www.cpqd.com.br/

O CPQD é um dos maiores centros de pesquisa e desenvolvimento da América Latina. Com foco na inovação em tecnologias da informação e comunicação (TIC), o CPQD mantém um portfólio abrangente de soluções[1] que são utilizadas nos mais diversos segmentos de mercado, no Brasil e no exterior, e aceleram a geração de valor no processo de transformação digital contribuindo para a excelência operacional das organizações, a transformação da experiência dos usuários, a reinvenção de modelos de negócios, a segurança e conformidade e a criação de novos produtos. Referência tecnológica no país, o CPQD integra o ecossistema de inovação aberta que vem alavancando o empreendedorismo, por meio de sua notória competência em Internet das Coisas, Inteligência Artificial, Conectividade, Blockchain e Mobilidade Elétrica. O CPQD é uma organização privada, com mais de 40 anos, que entrega serviços e desenvolve tecnologias de produtos e de sistemas de missão crítica aderentes às necessidades complexas do mercado. Esses são resultados do seu programa de P,D&I, que é a base para inovação em seus temas estratégicos no futuro das cidades inteligentes, do agronegócio inteligente e da manufatura avançada. O CPQD atua em toda a jornada de inovação – da ideia à implementação – e é apaixonado pela tecnologia que gera o desenvolvimento, o progresso e promove o bem-estar da sociedade.

Histórico[editar | editar código-fonte]

CPqD campus em Campinas

Na década de 50, os computadores ainda eram raríssimos no Brasil. Com o governo de Juscelino Kubitschek, dá-se os primeiros passos para o progresso econômico e tecnológico, um dos lemas de seu governo, caracterizado pelo desenvolvimentismo, com o ideal de "Cinquenta anos em cinco". Juscelino Kubitschek assina o Decreto nº 45.832, de 20 de Abril de 1959, criando o grupo Executivo para Aplicações de Computadores Eletrônicos, para orientar na criação do primeiro centro de processamento de dados brasileiro.[2][3]

O CPQD foi fundado em 1976, tendo suas origens como Centro de Pesquisa e Desenvolvimento da Telebras, tornando-se uma fundação de direito privado sem fins lucrativo em julho de 1998.[4]

Projetos[editar | editar código-fonte]

Sistema Brasileiro de TV Digital (SBTVD), utiliza o sistema brasileiro de TV digital para oferecer soluções em várias áreas, como educação e serviços bancários.[5]

GIGA, rede Experimental de Alta Velocidade, junto com diversas outras instituições de pesquisa, desenvolve tecnologias para redes ópticas de alta velocidade.[6]

Em 2013, o CPQD fez parceria com o Ministério da Defesa do Brasil para o desenvolvimento de tecnologias de comunicação para as Forças Armadas do Brasil.[7]

Referências

  1. «CPQD - Mercados». Consultado em 12 de março de 2018 
  2. BRASIL, Decreto⠀nº 99710, de 20 de Abril de 1959. cria o Grupo Executivo para Aplicação de Computadores Eletrônicos .
  3. Dantas, Vera (1988). «1». Guerrilha tecnológica: a verdadeira história da política nacional de informática (PDF). Rio de Janeiro, Brasil: Livros Técnicos e Científicos. ISBN 9788521606239. Consultado em 2 de Junho de 2017 
  4. «Histórico CPQD». Consultado em 2 de Junho de 2017 
  5. «Projeto SBTVD». Consultado em 29 de setembro de 2013 
  6. «Projeto GIGA». Consultado em 29 de setembro de 2013 
  7. Granzotto, Luiz. «CPQD inaugura centro de desenvolvimento de comunicação par as forças armadas». Folha de Campinas 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]