Centros de Interface Tecnológico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde janeiro de 2019).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde janeiro de 2019). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.

Os Centros de Interface Tecnológico (CIT) são entidades reconhecidas pela Agência Nacional de Inovação do Governo Português, que efetuam a ligação entre as instituições de ensino superior e as empresas, que se dedicam à valorização de produtos e serviços e à transferência de tecnologia[1].

São instituições que promovem a transferência tecnológica e a inovação nas empresas, nomeadamente através de processos de certificação, melhoria da qualidade, e eficiência na produção, apoio a atividades de inovação, acesso a tecnologias em desenvolvimento e formação de recursos humanos[2].

Entidades Reconhecidas[editar | editar código-fonte]

Biotecnologia e Ciências da Vida[editar | editar código-fonte]

  • Centro Operativo e de Tecnologia de Regadio (COTR)
  • Centro Operativo e Tecnológico Hortofrutícola Nacional (COTHN)
  • Associação para a Investigação Biomédica e Inovação em Luz e Imagem (AIBILI)
  • Instituto de Biologia Experimental e Tecnológica (IBET)

Energia e Sustentabilidade[editar | editar código-fonte]

  • WavEC Offshore Renewables
  • Instituto de Investigação da Floresta e Papel (RAIZ)
  • Associação para o Desenvolvimento Tecnológico e Qualidade (AEMITEQ)
  • Instituto de Biologia Experimental e Tecnológica (IBET)
  • Centro Tecnológico da Cortiça (CTCOR)
  • Centro de Apoio Tecnológico à Indústria Metalomecânica (CATIM)

Transporte e Mobilidade[editar | editar código-fonte]

  • Centro de Engenharia e Desenvolvimento (CEIIA)

Tecnologias de Produção[editar | editar código-fonte]

  • Instituto de Ciência e Inovação em Engenharia Mecânica e Engenharia Industrial (INEGI)
  • Centro de Apoio Tecnológico à Indústria Metalomecânica (CATIM)
  • Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência (INESC TEC)
  • Centro Tecnológico das Indústrias Têxtil e do Vestuário de Portugal (CITEVE)
  • Centro Tecnológico da Indústria de Moldes, Ferramentas Especiais e Plásticos (CENTIMFE)
  • Centro Tecnológico do Calçado de Portugal (CTCP)
  • Instituto de Soldadura e Qualidade (ISQ)

Materiais e Nanotecnologias[editar | editar código-fonte]

  • International Iberian Nanotechnology Laboratory (INL)
  • Instituto de Novas Tecnologias (INOV-INESC)
  • Centro Tecnológico da Cortiça (CTCOR)
  • Centro Tecnológico das Indústria do Couro (CTIC)
  • Centro de Nanotecnologia, Materiais Técnicos, Funcionais e Inteligentes (CeNTI)
  • Centro Tecnológico do Calçado de Portugal (CTCP)
  • Centro Tecnológico da Cerâmica e do Vidro (CTCV)
  • Associação Pólo de Inovação em Engenharia de Polímetros (PIEP)
  • Instituto Pedro Nunes (IPN)

Tecnologia Digital[editar | editar código-fonte]

  • Instituto de Telecomunicações (IT)
  • Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência (INESC TEC)
  • Associação CCG/ZGDV - Centro de Computação Gráfica
  • Instituto Pedro Nunes (IPN)
  • Instituto de Desenvolvimento de Novas Tecnologias (UNINOVA)
  • Instituto de Soldadura e Qualidade (ISQ)

Referências