Cerco de Resânia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Cerco de Resânia
Invasão Mongol da Rússia
Data Entre 16 a 21 de dezembro de 1238
Local antiga Resânia
Desfecho Vitória mongol
Beligerantes
Império Mongol Principado da Resânia
Comandantes
Batu Cã Jorge da Resânia e Jorge II
Forças
desconhecidas desconhecidas
Baixas
desconhecidas desconhecidas

No outono de 1237 o exército tártaro-mongol liderado por Batu Cã invadiu o principado russo da Resânia (este local é agora conhecido como Velha Resânia e fica a aproximadamente 50 km da atual Resânia). O príncipe Jorge da Resânia procurou ajuda do príncipe de Vladimir Jorge II, porém não a recebeu.

Batu Cã derrotou a vanguarda do exército da Resânia e em 16 de dezembro de 1237 sitiou a capital do principado. Os primeiros ataques da horda foram repelidos pelos habitantes da cidade, até que os mongóis se utilizaram de catapultas e destruíram as fortificações da cidade. Em 21 de dezembro, Resânia foi capturada, e os soldados de Batu Cã massacraram todos os habitantes da cidade. Os anais testificam: "Não sobrou ninguém que pode suspirar e chorar. O choro da Velha Resânia foi completamente destruído e não irá sobreviver".

Após a devastação, a Horda de Batu Cã avançou sobre o principado de Vladimir-Susdália, continuando com a invasão mongol da Rússia.