Cerco de Silves (1189)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações (desde julho de 2019). Ajude a melhorar este artigo inserindo fontes.
Wikitext.svg
Esta página ou seção precisa ser wikificada (desde maio de 2019).
Por favor ajude a formatar esta página de acordo com as diretrizes estabelecidas.
Cerco de Silves
Reconquista
D. Sancho aceitando a capitulação aos mouros de Silves, os salva depois do furôr das tropas vencedoras.jpg
D. Sancho aceitando a capitulação aos mouros de Silves, os salva depois do furor das tropas vencedoras, por Roque Gameiro
Data 2 de setembro de 1189
Local Silves
Desfecho
Beligerantes
PortugueseFlag1143.svg Reino de Portugal
Cross-Pattee-red.svg Cruzados
Comandantes
PortugueseFlag1143.svg Sancho I de Portugal
Desconhecido
Baixas
Desconhecidas Desconhecidas

A primeira conquista da cidade pelos cristãos concretizou-se em 2 de Setembro de 1189, contando o exército de Sancho I com a colaboração de cruzados ingleses e alemães que estavam a caminho de Jerusalém. Silves na altura era uma importante cidade muçulmana e foi tomada e perdida pelos cristãos antes de ser de novo conquistada. Na primeira vez que os portugueses ocuparam a cidade contaram com ajuda de cruzados estrangeiros que deixaram um rastro de morte

Após um longo cerco o monarca português negociou a rendição das hostes muçulmanas e concordou com a sua saída da cidade. Para trás teriam de deixar todas as riquezas podendo apenas levar uma muda de roupa. Os cruzados, a quem o rei concedera o direito a saquear a cidade vazia, concordaram inicialmente com esta proposta, mas atacaram e chacinaram os muçulmanos quando estes abandonavam a fortificação.

Já no início de 1189 os cruzados tinham passado à espada todos os habitantes do castelo de Alvor, também no Algarve.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]