Ceres (Goiás)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ceres
  Município do Brasil  
Símbolos
Bandeira de Ceres
[[1]]
Hino
Gentílico ceresino
Localização
Localização de Ceres em Goiás
Localização de Ceres em Goiás
Ceres está localizado em: Brasil
Ceres
Localização de Ceres no Brasil
Mapa de Ceres
Coordenadas 15° 18' 28" S 49° 35' 52" O
País Brasil
Unidade federativa Goiás
Municípios limítrofes Rialma, Carmo do Rio Verde, Rubiataba e Ipiranga de Goiás
Distância até a capital 180 km
História
Fundação 1953 (66 anos)
Aniversário 4 de setembro
Administração
Prefeito(a) Rafaell Dias Melo (PSDB, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [1] 213,497 km²
População total (estimativa populacional IBGE/2016[2]) 22 034 hab.
Densidade 103,21 hab./km²
Clima tropical semi úmido
Altitude 590 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2010[3]) 0,775 alto
 • Posição GO: 2º
PIB (IBGE/2008[4]) R$ 178 756,119 mil
PIB per capita (IBGE/2008[4]) R$ 9 352,10

Ceres é um município brasileiro do estado de Goiás. Sua população em 2016 foi estimada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) em 22.034 habitantes.[2]

Histórico[editar | editar código-fonte]

Ceres teve sua origem na Colônia Agrícola Nacional de Goiás, cujo primeiro administrador foi o engenheiro Bernardo Sayão Carvalho de Araújo, mais tarde construtor da rodovia Belém-Brasília. Em 4 de setembro de 1953, com terras desmembradas do município de Goiás, o distrito foi elevado à categoria de município. Ceres está situada às margens do Rio das Almas que a separa de Rialma, sendo ligada a esta por duas pontes. Suas principais atividades econômicas são a agricultura (milho, soja e arroz) e a pecuária leiteira e de corte, destacando-se também no ramo de saúde.

Economia e serviços[editar | editar código-fonte]

O município é também grande produtor de abacaxi, banana, melancia, mandioca, cana-de-açúcar, batata, cará, laranja e produtos hortifrutigranjeiros.Possui indústrias de farinha, móveis, carroças e serralherias, fábricas de queijo, cerâmica, torrefadoras de café e cerealistas.

Ceres possui belezas naturais como cachoeiras, localizadas no Córrego do Alegrete e no Morro do São Pedro e também com sete escolas municipais, doze estaduais e uma federal. Destaca-se por oferecer ensino técnico, ensino médio integrado ao técnico, curso superiores para todo o Vale do São Patrício e Brasil com o IF-Goiano. Possui uma faculdade estadual (UEG-CÂMPUS CERES) e oito instituições particulares.

É referência no setor médico-hospitalar no interior goiano e em todo o Brasil, como cidade brasileira com maior número de leitos hospitalares por habitante[carece de fontes?].

Cultura[editar | editar código-fonte]

Eventos[editar | editar código-fonte]

Ceres possui vários eventos importantes.

Fevereiro: Comemorações religiosas da semana santa, com as tradicionais missa de lava pés, missa de ramos e a procissão do senhor morto, na sexta-feira da paixão, Retiro de carnaval no APC, Noite evangélica.

Março: 8 de março, sessão especial ao Dia da Mulher, realizado pela Câmara Municipal; 17 de março, feriado municipal em comemoração ao Dia de São Patrício, padroeiro de Ceres.

Maio: Dia do Trabalho.

Junho: Arraial da Praça, Grande Festa Junina na Praça Cívica de Ceres. Tradicionais barraquinhas, organizadas por diversas escolas; Jogos Estudantis.

Julho: Semana de Bernardo Sayão – homenagem em comemoração ao nascimento de Bernardo Sayão.

Agosto: Festa Folclórica - Escolas Enace feira do administrador

Setembro: Aniversário da cidade; Desfile Estudantil Corrida de Pedestres; Exposição Agropecuária; Simposio de Cardiologia

Outubro: Feira de Ciências do Comemorações ao Dia da Criança;

Dezembro: Gincana contra a AIDS – Organizado pelo grupo Amor e Vida; Comemoração do Dia de Nossa Senhora Imaculada Conceição.

Um dos destaques da cidade é o Centro Cultural de Ceres que foi construído em uma área de 1.527m², como instalação em três níveis.[carece de fontes?].

Geografia[editar | editar código-fonte]

O município localiza-se no Vale do São Patrício numa área total de 214,322 km².

Clima[editar | editar código-fonte]

Ceres possui um clima tropical semi-úmido. No inverno, as mínimas podem chegar aos 10 °C ou menos e as máximas alcançam os 30 °C. Nesse período, a umidade relativa do ar fica baixa (entre 10% e 20% na hora mais quente do dia). Na primavera, as temperaturas sobem mais ainda e podem superar os 40 °C. O mês de setembro é o mais quente tanto à noite quanto de dia, pois as mínimas ficam próximas dos 30 °C e as máximas acima de 40 °C.

Tabela climática de Ceres
Temperaturas
Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Média
Média Máxima °C 27 °C 29 °C 31 °C 29 °C 29 °C 29 °C 30 °C 32 °C 35 °C 33 °C 29 °C 27 °C 30 °C
Média minima °C 20 °C 20 °C 20 °C 18 °C 16 °C 13 °C 12 °C 15 °C 19 °C 22 °C 21 °C 20 °C 19 °C
Precipitação
Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Total
Total mm 318mm 233mm 175mm 114mm 27mm 5mm 3mm 13mm 44mm 129mm 212mm 302mm 1575mm
Dados referentes 2007.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  2. a b «Estimativa Populacional 2016». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 2016. Consultado em 8 de agosto de 2016 
  3. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil» (PDF). Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 2 de agosto de 2013 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]