Devassa (cerveja)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Cerveja Devassa)
Ir para: navegação, pesquisa
Devassa
Tipo Cerveja
Fabricante Brasil Kirin
Origem  Brasil
Website www.devassa.com.br

Devassa é a marca de uma cerveja propriedade do Grupo Schincariol. Devassa era o nome de uma cerveja artesanal adquirida pela Schincariol.[1]

Além da cerveja tipo pilsen, apelidada de Devassa Loura existem também a Devassa Ruiva, cerveja avermelhada que aproxima-se do estilo das pale ale; A Devassa Negra, uma dark ale escura; a Devassa Índia, uma espécie de pale ales britânica e a Devassa Sarará, um chope tipo weiss.[2]

Para incorporar a Devassa Bem Loura foi investido cerca de R$ 100 milhões em seu lançamento. Devassa compete o mercado com Skol, Brahma, Itaipava e Bohemia, inicialmente atuando apenas em São Paulo e Rio de Janeiro, cidades onde a marca Nova Schin não possui vendagem expressiva.[1]

Polêmica[editar | editar código-fonte]

Inicialmente foi lançado um teaser intitulado Bem Misteriosa sem revelação da marca nos meios de comunicação.[3]

O primeiro comercial da cerveja Devassa Bem Loura, estrelado pela socialite Paris Hilton, ao som do tema de O Homem do Braço de Ouro de Elmer Bernstein, provocou protestos em grupos de defesa dos direitos das mulheres que foram aderidas pelo Conselho Nacional de Auto-Regulamentação Publicitária (Conar).[4] A campanha publicitária, Devassa Bem Loura, realizada pela agência de propagandas Mood, apresentaram Paris Hilton vestida com um vestido preto que pega uma lata da cerveja da geladeira e passa a lata por seu corpo e sendo observada por admiradores que estão na praia e fotografada por um homem, aparentemente seu vizinho.[4] Para o Conar o comercial fazia apelo sexual.[4] Posteriormente, a propaganda foi removida do ar pelo Conar.[5]

O comercial da cerveja foi re-editado e inseriu tarjas pretas na pin-up do rótulo da cerveja, tampando os seios da figura de uma mulher (apesar de estarem vestidos com um top) com tarjas pretas utilizadas para indicar censura.[4]

Garotas propaganda[editar | editar código-fonte]

Na primeira campanha publicitária da cerveja, em 2010, a socialite e modelo Paris Hilton foi escolhida como garota propaganda da Devassa. O comercial provocou protestos de grupos feministas e, analisado pelo Conar, foi retirado do ar. Uma versão reeditada foi lançada, com algumas tarjas pretas indicativas de censura.

Em 2011 a 2ª garota propaganda da cerveja foi a cantora brasileira Sandy[6] , cuja escolha dividiu opiniões devido à imagem de "boa moça" da mesma.

Em 2012, optou-se por um garoto-propaganda, o empresário Hugh Hefner, criador da revista Playboy. Porém, este não compareceu ao camarote da cerveja na Marquês de Sapucaí, sendo representado pelo filho, Cooper Hefner.

Em 2013, a atriz brasileira Alinne Moraes foi escolhida como musa da cerveja e do camarote Devassa para a temporada 2013.[7] [8] O mote da campanha foi a "primeira vez com uma Devassa". O comercial também chegou a ser denunciado ao Conar, porém, desta vez, foi absolvido.[9]

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b «Paris Hilton faz anúncio da cerveja Devassa». Estadão.com.br. Consultado em 12 de março de 2010. 
  2. «Produtos». Devassa. Devassa.com.br. Consultado em 12 de março de 2010. 
  3. O Globo. «Schincariol anuncia Paris Hilton como garota propaganda da nova cerveja Devassa». O Globo. Oglobo.globo.com. Consultado em 12 de março de 2010. 
  4. a b c d «Tempestade em lata de cerveja». Estadão.com.br. Consultado em 12 de março de 2010. 
  5. «Altamiro Borges: o 8 de março e a mídia "devassa"». Portal Vermelho. Vermelho.org.br. Consultado em 12 de março de 2010. 
  6. «Cantora Sandy é nova garota-propaganda da cerveja Devassa». Folhadaregiao.com.br. 
  7. Terra Networks. Diversao.terra.com.br http://diversao.terra.com.br/carnaval/rio-de-janeiro/nova-garota-devassa-alinne-moraes-promete-arrasar-no-carnaval,8834419ebb93c310VgnVCM20000099cceb0aRCRD.html.  Falta o |titulo= (Ajuda)
  8. Terra Networks. Diversao.terra.com.br http://diversao.terra.com.br/carnaval/rio-de-janeiro/alinne-moraes-acha-estranho-assedio-como-musa-de-camarote,6a3cfa2c727cc310VgnVCM4000009bcceb0aRCRD.html.  Falta o |titulo= (Ajuda)
  9. «Comercial da devassa escapa de punição no Conar». Exame.abril.com.br. 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]