Cessna Citation Excel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Setembro de 2014). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Cessna Citation Excel
Picto infobox aircraft.png
Cessna Citation Excel - Aeronave moderna e confortável
Descrição
Tipo / Missão Jato executivo
País de origem  Estados Unidos
Fabricante Cessna Aircraft Company
Primeiro voo em 29 de fevereiro de 1996 (19 anos)
Introduzido em 1996
Tripulação 2
Passageiros 7/8 passageiro(s)
Especificações
Dimensões
Comprimento 16 m (52,5 ft)
Envergadura 17 m (55,8 ft)
Altura m (16,4 ft)
Performance
Velocidade de cruzeiro 800 km/h (432 kn)

O Cessna Citation Excel é uma moderna aeronave bimotor executiva de médio porte e alta performance, com asas retas e motorização turbofan , com capacidade para transportar confortavelmente sete ou oito passageiros em viagens interestaduais e internacionais, desenvolvida e fabricada em larga escala nos Estados Unidos a partir da década de 1990 pela Cessna Aircraft Company, que utilizou como base para sua criação dois projetos de jatos executivos de sucesso, o Cessna Citation VII e o Cessna Citation Ultra, porém com uma quantidade significativa de mudanças e refinamentos aerodinâmicos que torna o Citation Excel um projeto quase completamente novo.[1]

A Cessna Aircraft Company é a maior fabricante de jatinhos executivos do mundo, uma propriedade da corporação americana Textron Company.

A Textron também é proprietária da fabricante norte-americana de helicópteros Bell Helicopter e da fabricante de aeronaves executivas Beechcraft Corporation.

Design e desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

A rigor, o projeto do Cessna Citation Excel (conhecido também como Citation 560XL) é uma combinação bem sucedida dos conceitos de fuselagem, cauda e asas de dois modelos de aeronaves bem diferentes da própria Cessna, o Cessna Citation VII (sofisticado jato executivo de porte médio, com alcance intercontinental) e o Cessna Citation Ultra (jato executivo de porte médio com asas retas e alcance interestadual e internacional), porém combinando todos esses conceitos de partes e componentes com uma motorização não usada nessas duas aeronaves, o turbofan Pratt & Whiney PW545.

Cessna Citation Excel:

  • Fuselagem (incluindo cabine de comando e cabine de passageiros) criada originalmente para formar o confortável Cessna Citation III e, posteriormente, o Cessna Citation VII;
  • Asas retas criadas para formar o Cessna Citation Ultra;
  • Motorização turbofan de alto desempenho Pratt & Whitney PW545;

O objetivo da Cessna era fabricar um jato executivo para competir em um segmento de mercado da aviação executiva formada por clientes com poder aquisitivo suficiente para viagens non-stop interestaduais e internacionais, ou com apenas uma escala para reabastecimento, a bordo de um jato executivo bem confortável, porém com tamanho e alcance menores que os do sofisticado segmento logo acima, no qual jatos intercontinentais de preço mais alto competiam, incluindo o Israel Astra SPX / Gulfstream G100 e o Learjet 60, e outro modelo de aeronave da própria Cessna, o Cessna Citation X.[2]

O Cessna Citation Excel é uma aeronave derivada do Citation VII e do Citation Ultra, porém com um número significativo de mudanças que o torna um projeto diferente: Os engenheiros da Cessna aproveitaram o projeto bem sucedido de asas retas e cauda do Citation V Ultra, porém as asas retas do Citation Excel não invadem o espaço da cabine reservado para os passageiros, pelo contrário, elas são fixadas totalmente sob a fuselagem, o que torna o corredor da cabine de passageiros plano, começando da porta de entrada da aeronave até o toalete.

O resultado foi uma aeronave confortável, projetada para viagens interestaduais e internacionais, com novos e potentes motores Pratt & Whitney PW545A, e com capacidade bem razoável de pousar e decolar em pistas de pouso de médio tamanho.

As famílias[editar | editar código-fonte]

Os aviões com a marca Citation estão divididos em duas linhagens de projetos que, ao longo de suas trajetórias foram mantidos quase totalmente distintos e com propostas diferentes, a linhagem mais econômica, com asas retas, batizada pelo fabricante Cessna de Série 500 e a linhagem mais sofisticada, projetada para viagens intercontinentais, batizadas pelo fabricante de Série 650 e Série 750, a maior parte deles com asas enflechadas.

A linhagem da Série 500 foi iniciada na década de 1970 com os aviões da primeira geração, o Citation I e o Citation II, para viagens interestaduais e internacionais.

Considerando sua estrutura de asas e fuselagem, o Citation Excel é o resultado de uma combinação de características das duas linhagens, de certa forma ele é um produto híbrido que aproveita o que as duas linhagens têm de mais competitivo para o segmento de mercado no qual está inserido, porém a Cessna decidiu encaixá-lo na nomenclatura já existente para a família Citation Ultra, nomeando-o Citation 560XL.

Mercado[editar | editar código-fonte]

Na década de 2000, a Cessna deu continuidade ao programa de desenvolvimento de sua linha de aeronaves Citation Excel, com o lançamento do Citation XLS, que na verdade é uma versão melhorada do Citation Excel, com motores mais potentes e conjunto de aviônicos (equipamentos de navegação, segurança e controle, instalados na cabine de pilotagem) redesenhado. O Citation Excel e suas versões melhoradas Citation XLS e Citation XLS+ são aeronaves praticamente idênticas no design e na estrutura de fuselagem e asas, porém o Citation XLS+ é equipado com o FADEC (Full Authority Digital Engine Control).[3]

O FADEC é um sistema de gerenciamento do funcionamento dos motores, ele evita que certos parâmetros de segurança no funcionamento deles sejam ultrapassados, evitando danos por funcionamento incorreto e aumentando a vida útil deles.

Todos esses modelos de aeronaves, o Citation Excel, o Citation XLS e o Citation XLS+, são equipados com toalete básico no fundo da cabine de passageiros, incluindo uma pia para lavar as mãos e escovar os dentes, pequeno guarda-roupas para algumas peças de roupas e galley para refeições rápidas e bebidas.

Essa combinação de características do Citation Excel resultou em um sucesso de vendas, com mais de 500 unidades fabricadas, incluindo as versões aperfeiçoadas Citation XLS e Citation XLS+.

Os principais concorrentes do Citation Excel, do Citation XLS e Citation XLS+ são os modernos e confortáveis Learjet 45 e Learjet 75, da Learjet, e Embraer Phenom 300, da EMBRAER.

Segurança[editar | editar código-fonte]

Estatisticamente, em números aproximados, a aviação comercial e a aviação executiva são os meios de transporte mais seguros que existem, com cerca de três acidentes graves com vítimas fatais para cada um milhão de viagens realizadas, considerando a média mundial. Porém, se forem levados em consideração apenas os números de países desenvolvidos, como Canadá, Estados Unidos, países da Europa Ocidental, o Japão, a Coréia do Sul e a Austrália, os números de acidentes para cada um milhão de viagens são ainda menores, na média cerca de um acidente grave com vítimas fatais para cada um milhão de viagens realizadas.[4] [5] [6] [7] [8] [9] [10]

O Citation Excel, o Citation XLS e o Citation XLS+ são considerados modelos de aeronaves seguras, com um acidente grave com vítimas fatais registrado desde o início da fabricação.[11]

No dia 13 de agosto de 2014, um Cessna Citation XLS+, matrícula PR-AFA, foi envolvido em um acidente grave na cidade de Santos, matando os cinco passageiros e dois tripulantes a bordo. Essa aeronave era usada na campanha do presidenciável Eduardo Campos, que também está entre as vítimas. As causas do acidente estão sendo investigadas pelo CENIPA - Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos, órgão militar da Aeronáutica do Brasil.

Referências

  1. Cessna Citation Excel XLS+ (em inglês).Acessado em 08 de setembro de 2014.
  2. Citation Excel TAM Aviação Executiva. Visitado em abril de 2015.
  3. Citation XLS TAM Aviação Executiva. Visitado em abril de 2015.
  4. Voar é Seguro (página 1) Folha de S. Paulo. Visitado em abril de 2015.
  5. Voar é Seguro (página 2) Folha de S. Paulo. Visitado em abril de 2015.
  6. Voar é Seguro (página 3) Folha de S. Paulo. Visitado em abril de 2015.
  7. Voar é Seguro (página 4) Folha de S. Paulo. Visitado em abril de 2015.
  8. Voar é Seguro (página 6) Folha de S. Paulo. Visitado em abril de 2015.
  9. Voar é Seguro (página 7) Folha de S. Paulo. Visitado em abril de 2015.
  10. Voar é Seguro (página 9) Folha de S. Paulo. Visitado em abril de 2015.
  11. Citation Excel (em inglês) Flight Safety Foundation (em inglês). Visitado em abril de 2015.

Ficha técnica[editar | editar código-fonte]

Citation Excel

  • Capacidade: 7 ou 8 passageiros;
  • Pista de pouso: Aprox. 1.650 metros (lotado / dias quentes / tanques cheios);
  • Teto de serviço: Aprox. 13.500 metros;
  • Velocidade de cruzeiro: Aprox. 800 km/h;
  • Motorização (potência): 2 X Pratt & Whitney PW545A (3.800 libras / cada);
  • TBO (tempo entre revisões): 5.000 horas;
  • Climb (subida): Aprox. 900 metros / minuto;
  • Peso máximo decolagem: Aprox. 8.700 kg;
  • Payload (carga paga): Aprox. 950 kg;
  • Alcance: Aprox. 3.200 quilômetros (lotado / 75% potência / com reservas);
  • Comprimento: Aprox. 16 metros;
  • Envergadura: Aprox. 17 metros;
  • Altura: Aprox. 5,2 metros;
  • Tripulação: 1 piloto e 1 co-piloto;

Ligações externas[editar | editar código-fonte]