Chócue (cidade)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Chócue.
Vista aérea de Chócue, Moçambique

Chócue,[1] Chokwé ou oficialmente Chókwè, é uma cidade moçambicana da província de Gaza e sede do distrito do mesmo nome. Em 2002, estimava-se que o município teria 50 000 habitantes, numa área de 50 km².

Situada junto ao rio Limpopo, numa área de grande potencial agrícola, a povoação tomou o nome de Vila Trigo de Morais em 25 de Abril de 1964, em homenagem ao Eng. António Trigo de Morais, responsável pelo desenvolvimento do regadio do Limpopo. Em 17 de Agosto de 1971 foi elevada a cidade e em 13 de Março de 1976 passa a denominar-se Chócue[2].

O Chócue é, desde 1998, um município com governo local eleito. O primeiro presidente do Conselho Municipal do Chócue foi Salomão Tsavane, eleito em 1998[3], sendo sucedido em 2003 por Jorge Macuácua, releito para o cargo em 2008. Os dois presidentes representaram o Partido Frelimo[4]. Actualmente a cidade é dirigida por José Vasco Moiane que ascendeu ao cargo após o falecimento da edil Lídia Frederico Cossa Camela, eleita nas duas últimas eleições autárquicas de 2013 e 2018 respectivamente, representando o partido Frelimo.[5]

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

Educação[editar | editar código-fonte]

A cidade sedia o Instituto Superior Politécnico de Gaza, uma das mais importantes instituições de ensino da província.[6]

Transportes[editar | editar código-fonte]

A vila mantém uma das principais estações ferroviárias do Caminho de Ferro do Limpopo, que a liga à Manhiça, ao sul, e Chicualacuala, ao noroeste.[7]

Referências

  1. Paulo, Correia; Mendes, Jorge Madeira (Outono de 2017). «Notas sobre povos, línguas, topónimos e ortografia de Moçambique» (PDF). Bruxelas: a folha — Boletim da língua portuguesa nas instituições europeias. p. 33. ISSN 1830-7809. Consultado em 15 de setembro de 2020 
  2. Correia, Arménio. Folha Informativa Dos Municípios II. Maputo: República de Moçambique, Ministério da Administração Estatal, Direcção Nacional de Desenvolvimento Autárquico, 2002.
  3. Resumo do processo de votação. [1][ligação inativa]
  4. Os resultados oficiais das eleições autárquicas de 19 de Novembro de 2008 [2][ligação inativa]
  5. «Novo edil de Chokwè: José Moiane, 3˚da lista que vai substituir Lídia Cossa». 4Vês Reporter. 29 de janeiro de 2021. Consultado em 17 de agosto de 2021 
  6. Instituto Superior Politécnico de Gaza. ies.co.mz. 2020.
  7. Mozambique Logistics Infrastructure: Mozambique Railway Assessment. Atlassian Confluence. 10 de dezembro de 2018.
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia de Moçambique, integrado ao Projeto África é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.