Chacal (Marvel Comics)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Chacal (Marvel Comics)
Outro(s) nome(s) Miles Warren
Espécie Humano geneticamente modificado
Ocupação ex-Cientista, ex-professor de biologia, criminoso.
Poder(es)
  • Gênio geneticista, bioquimista e clonador
  • Força, resistência, agilidade e velocidade sobre-humanas
  • Mestre em combate corpo-a-corpo
Afiliações Empire State University
Família Monica Warren (esposa morta), Raymond Warren (irmão)
Terra Natal Nova York
Criado por Gerry Conway
Ross Andru
Primeira aparição Como Miles Warren:
The Amazing Spider-Man #31 (Dezembro de 1965)
Como o Chacal:
The Amazing Spider-Man #129 (Setembro de 1974)
Espécie Humano geneticamente modificado
Terra natal Nova York
Afiliações Empire State University
Ocupação ex-Cientista, ex-professor de biologia, criminoso.
Parceria Carniça
Parentesco Monica Warren (esposa morta), Raymond Warren (irmão)
Inimigos Justiceiro, Homem-Aranha
Situação presente Ativo
Codinomes conhecidos O Homem de Vermelho
Habilidades
  • Gênio geneticista, bioquimista e clonador
  • Força, resistência, agilidade e velocidade sobre-humanas
  • Mestre em combate corpo-a-corpo

O Chacal é um personagem de histórias em quadrinhos, inimigo do Homem-Aranha e do Justiceiro. Criado por Gerry Conway e Ross Andru, ele era um professor de biologia de Peter Parker.

Com conhecimento super-avançados de genética aprendidos com o Alto Evolucionário, ele acabou sendo mandado embora pelo vilão quando mostrou sinais de instabilidade mental.

De acordo com suas próprias experiências, o professor então chamado de Miles Warren acabou criando um vírus chamado de Vírus Carniça. Infectou com ele um clone seu que chamou de Chacal. Em sua primeira aparição o Chacal tentou manipular o Justiceiro (também em sua primeira história) para fazer com que ele matasse o Homem-Aranha. O Chacal culpava o Aranha pela morte de Gwen Stacy, aluna por quem era apaixonado.[1]

Em seu próprio ataque ao Aracnídeo, o professor Warrem morreu mas clones seus sobreviveram durante um tempo e continuaram obcecados por Gwen Stacy, tentando cloná-la por diversas vezes. O Chacal também já fez vários clones de Peter Parker, sendo os dois mais relevantes o herói Aranha Escarlate (Ben Reilly) e o vilão Kaine.

Atualmente, quem assume o manto de Chacal é Ben Reilly, na saga "Morto nunca mais: A Conspiração dos Clones", escrita por Dan Slott.

As ações do vilão deram origem ao ser chamado de Carniça, que a princípio foi apresentado como um clone deteriorado de Warren, mas que depois se descobriu tratar-se de outro estudante do professor, que havia sido infectado pelo Vírus Carniça. O vilão era super-poderoso, podendo matar com um mero toque de suas mãos, além de poder levitar.[2]

Referências

  1. «Jackal - Marvel Universe Wiki: The definitive online source for Marvel super hero bios.». marvel.com. Consultado em 30 de outubro de 2016 
  2. A Saga do Clone #1- 3


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) personagem de Banda desenhada é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.