Chad Mendes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde janeiro de 2012). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Chad Mendes
Chad Mendes.jpeg
Informações
Nome
completo
Chad Edward Mendes
Nascimento 1 de maio de 1985 (34 anos)
Hanford, Califórnia,
 Estados Unidos
Nacionalidade Estados Unidos Norte-americana
Outros nomes Money
Universidade California Polytechnic State University
Altura 1,68 m
Peso 66 kg
Divisão Peso-pena
Envergadura 168 cm
Modalidade Wrestling e Boxe
Equipe Team Alpha Male
Graduação Divisão 1 NCAA Wrestling
Período em
atividade
2008 - presente
Cartel nas artes marciais mistas
Total 21
Vitórias 17
Por nocaute 7
Por finalização 2
Por decisão 8
Derrotas 4
Por nocaute 3
Por decisão 1
Ligações externas
Página oficial:
Cartel no MMA pelo Sherdog

Chad Edward Mendes (Hanford, 1 de maio de 1985) é um lutador de artes marciais mistas norte-americano que compete no Ultimate Fighting Championship, no peso-pena.[1]

Carreira Wrestling[editar | editar código-fonte]

High School[editar | editar código-fonte]

Wrestling para Hanford da High School, Mendes acabou em 8º no estado da Califórnia como um estudante do segundo ano 103 libras em 2001. Ele ficou em 5º como um júnior em 112 libras em 2002. E 3º como um sênior em uma 119 libras em 2003. Mendes também era um cadete

NCAA[editar | editar código-fonte]

Mendes lutou por Cal Poly em San Luis Obispo, CA. Ele terminou sua carreira com um registro global de 64-14. Como sênior, Mendes terminou o ano com um recorde de 30-1; ele ficou 2º em 2008 no campeonato NCAA em £ 141, perdendo para Ohio Estado J Jaggers na disputa do título. Mendes também recebeu honras All-American em 2006, terminando em sexto em £ 125.

Carreira Artes Marciais Mistas[editar | editar código-fonte]

Início de carreira[editar | editar código-fonte]

Após a conclusão de sua carreira de wrestling NCAA, Chad Mendes começou a treinar MMA na equipe Team Alpha Male. Ele começou a lutar o Palace Fighting Championship e ficou invicto.

World Extreme Cagefighting[editar | editar código-fonte]

Mendes fez sucesso na sua estreia no WEC contra o Erik Koch em 6 de março, 2010 at WEC 47. Ele ganhou a luta por decisão unânime, apesar de um corte acima do olho direito que foi examinado durante a luta para ver se ele poderia continuar. Mendes enfrentou Anthony Morrison, substituindo o lesionado Mackens Semerzier, e venceu por finalização no primeiro round.

Mendes enfrentou Cub Swanson em 18 de agosto, 2010 no WEC 50. Ele ganhou a luta por decisão unânime. Mendes enfrentou Javier Vázquez em 11 de novembro, 2010 no WEC 52 e o derrotou por decisão unânime. Ele utilizou o seu impressionante wrestling, muito superior ao do adversário, para controlar a luta.

Ultimate Fighting Championship[editar | editar código-fonte]

Em 28 de outubro de 2010, o World Extreme Cagefighting se fundiu com o Ultimate Fighting Championship. Como parte da fusão, todos os lutadores do WEC foram transferidos para o UFC. Mendes fez sua estreia no UFC contra o veterano e faixa preta de judô Michihiro Omigawa em 5 de fevereiro de 2011, no UFC 126. Ele ganhou a luta por decisão unânime, depois de vencer todos os rounds.

Após o UFC 129, Dana White mencionou na coletiva de imprensa pós-luta, que Mendes poderia ter uma chance pelo título contra o campeão peso-pena do UFC, José Aldo. Embora os dois fossem esperados para lutar no UFC 133, Aldo se afastou até outubro, para se recuperar de várias lesões sofridas durante a luta contra Hominick. Mendes enfrentou Rani Yahya em 6 de agosto, 2011 no UFC 133. Ele ganhou a luta por decisão unânime.

No dia 14 de janeiro de 2012, Mendes lutou contra o temido campeão peso-pena do UFC, José Aldo, valendo o cinturão da categoria, no UFC 142. O americano foi derrotado faltando 1 segundo para o término do primeiro round, conhecendo a primeira derrota como profissional de MMA.

Mendes se recuperou da derrota ao vencer Cody McKenzie por nocaute no primeiro round em 7 de julho de 2012 no UFC 148.

Mendes era esperado para enfrentar Hacran Dias em 15 de dezembro de 2012 no UFC on FX: Sotiropoulos vs. Pearson. Mas, Dias se lesionou dias antes do evento e foi chamado as pressas o australiano que faria sua estreia na promoção, Yaotzin Meza. Mendes venceu por nocaute no primeiro round.

Mendes era esperado para enfrentar Manny Gamburyan em 23 de fevereiro de 2013 no UFC 157. Porém, Gamburyan se retirou da luta com uma lesão e Mendes foi retirado do card.

Mendes lutaria em 20 de abril de 2013 no UFC on Fox: Henderson vs. Melendez. Mas, pela terceira vez seguida, Mendes teve seu adversário lesionado, dessa vez Clay Guida. Seu substituto foi Darren Elkins e Chad venceu por nocaute técnico no primeiro round.

A luta contra Clay Guida foi remarcada para 31 de agosto de 2013 no UFC 164. Mendes venceu por nocaute técnico no terceiro round.

Mendes enfrentou Nik Lentz em 14 de dezembro de 2013 no UFC on Fox: Johnson vs. Benavidez II. Mendes controlou a luta tanto em pé quanto no chão com boas posições e acertando fortes golpes quase nocauteando Lentz, vencendo por Decisão Unânime.

Mendes era esperado para enfrentar José Aldo novamente pelo Cinturão Peso Pena do UFC em 2 de Agosto de 2014 no UFC 176. No entanto, Aldo sofreu uma lesão e o evento acabou sendo cancelado.[2] A luta foi remarcada para o UFC 179, no Rio de Janeiro. Chad novamente foi derrotado pelo campeão, dessa vez a luta foi para a decisão, e Chad foi derrotado de forma unânime, em uma ótima luta.

Mendes enfrentou o também ex-desafiante Ricardo Lamas em 4 de Abril de 2015 no UFC Fight Night: Mendes vs. Lamas e o venceu por nocaute técnico ainda no primeiro round.

Como José Aldo lesionou a costela, Mendes foi escolhido como o substituto de José Aldo para lutar com Conor McGregor no dia 11 de julho de 2015 em Las Vegas, Nevada. Mendes foi derrotado por nocaute técnico nos últimos segundos do segundo round.

Mendes enfrentou o ex-campeão dos leves Frankie Edgar em 11 de Dezembro de 2015 no TUF 22 Finale. Mendes foi derrotado por nocaute ainda no primeiro round.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Mendes é de ascendência italiana, portuguesa, porto riquenha, iraniana e indiana.[3] Ele se casou em setembro de 2010 com Danielle.

Cartel no MMA[editar | editar código-fonte]

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Vitoria 18-5 Austrália Alexander Volkanovski Nocaute Técnico (socos) UFC 232: Jones vs. Gustafsson II 29/12/2018 2 4:14 Estados Unidos Inglewood, California Luta da Noite. Após a luta, se aposentou do MMA
Vitória 18-4 Estados Unidos Myles Jury Nocaute Técnico (socos) UFC Fight Night: dos Santos vs. Ivanov 14/07/2018 1 2:52 Estados Unidos Boise Performance da Noite.
Vitoria 17-4 Estados Unidos Frankie Edgar Nocaute (soco) TUF 22 Finale 11/12/2015 1 2:28 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Mendes foi pego no doping em 2016 por uso de substâncias proibidas e foi suspenso por 2 anos.
Vitoria 17-3 República da Irlanda Conor McGregor Nocaute Técnico (socos) UFC 189: Mendes vs. McGregor 11/07/2015 2 4:57 Estados UnidosLas Vegas, Nevada Pelo Cinturão Peso Pena Interino do UFC.
Vitória 17-2 Estados Unidos Ricardo Lamas Nocaute Técnico (socos) UFC Fight Night: Mendes vs. Lamas 04/04/2015 1 2:45 Estados Unidos Fairfax, Virgínia Performance da Noite.
Vitoria 16-2 Brasil José Aldo Decisão (unânime) UFC 179: Aldo vs. Mendes II 25/10/2014 5 5:00 Brasil Rio de Janeiro Pelo Cinturão Peso Pena do UFC ; Luta da Noite; Luta do Ano (2014).
Vitória 16-1 Estados Unidos Nik Lentz Decisão (unânime) UFC on Fox: Johnson vs. Benavidez II 14/12/2013 3 5:00 Estados Unidos Sacramento, California
Vitória 15-1 Estados Unidos Clay Guida Nocaute Técnico (socos) UFC 164: Henderson vs. Pettis II 31/08/2013 3 0:30 Estados Unidos Milwaukee, Wisconsin Nocaute da Noite.
Vitória 14-1 Estados Unidos Darren Elkins Nocaute Técnico (socos) UFC on Fox: Henderson vs. Melendez 20/04/2013 1 1:08 Estados Unidos San Jose, California
Vitória 13-1 Estados Unidos Yaotzin Meza Nocaute (socos) UFC on FX: Sotiropoulos vs. Pearson 14/12/2012 1 1:55 Austrália Gold Coast, Queensland
Vitória 12-1 Estados Unidos Cody McKenzie Nocaute Técnico (soco no corpo) UFC 148: Silva vs. Sonnen II 07/07/2012 1 0:31 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Derrota 11-1 Brasil José Aldo Nocaute (joelhada) UFC 142: Aldo vs. Mendes 14/01/2012 1 4:59 Brasil Rio de Janeiro Pelo Cinturão Peso Pena do UFC.
Vitória 11-0 Brasil Rani Yahya Decisão (unânime) UFC 133: Evans vs. Ortiz 06/08/2011 3 5:00 Estados Unidos Philadelphia, Pennsylvania
Vitória 10-0 Japão Michihiro Omigawa Decisão (unânime) UFC 126: Silva vs. Belfort 05/02/2011 3 5:00 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Estréia no UFC.
Vitória 9-0 Cuba Javier Vazquez Decisão (unânime) WEC 52: Faber vs. Mizugaki 11/11/2010 3 5:00 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Vitória 8-0 Estados Unidos Cub Swanson Decisão (unânime) WEC 50: Cruz vs. Benavidez 18/08/2010 3 5:00 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Vitória 7-0 Estados Unidos Anthony Morrison Finalização (guilhotina) WEC 48: Aldo vs. Faber 24/04/2010 1 2:13 Estados Unidos Sacramento, California
Vitória 6-0 Estados Unidos Erik Koch Decisão (unânime) WEC 47: Bowles vs. Cruz 06/03/2010 3 5:00 Estados Unidos Columbus, Ohio Estréia no WEC.
Vitória 5-0 Estados Unidos Mike Joy Decisão (unânime) Tachi Palace Fights 1: Most Wanted 08/10/2009 3 5:00 Estados Unidos Lemoore, California
Vitória 4-0 Estados Unidos Steven Siler Nocaute (socos) PFC: Best of Both Worlds 3 16/07/2009 1 0:44 Estados Unidos Lemoore, California
Vitória 3-0 Estados Unidos Art Arciniega Decisão (unânime) PFC: Best of Both Worlds 2 23/04/2009 3 3:00 Estados Unidos Lemoore, California
Vitória 2-0 Estados Unidos Leland Gridley Nocaute Técnico (socos) PFC: Best of Both Worlds 06/02/2009 2 1:58 Estados Unidos Lemoore, California
Vitória 1-0 Estados Unidos Giovanni Encarnacion Finalização (mata leão) PFC 10: Explosive 26/08/2008 1 2:06 Estados Unidos Lemoore, California

Referências