Chalicodoma pluto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaChalicodoma pluto
Stavenn Megachile pluto.jpg
Estado de conservação
Espécie vulnerável
Vulnerável (IUCN 3.1) [1]
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Arthropoda
Classe: Insecta
Ordem: Hymenoptera
Família: Megachilidae
Género: Chalicodoma
Espécie: C. pluto
Nome binomial
Chalicodoma pluto
(Smith, 1860)

Chalicodoma pluto, Megachile pluto ou abelha gigante Wallace[2] é uma espécie de insecto da família Megachilidae. A fêmea desta espécie é a maior abelha do mundo, com sua envergadura chegando a 6 cm de comprimento. Foi descoberta em 1859 pelo naturalista Alfred Russel Wallace.

É endémica das ilhas Molucas na Indonésia.

Características[editar | editar código-fonte]

As fêmeas são de cor preta intensa e têm um comprimento de corpo de mais de 23 mm. Os maiores espécimes encontrados atingiram 39 mm e uma envergadura de 63 mm. Sua cabeça maciça é 13mm mais larga que o tórax e tem mandíbulas salientes e tridentadas enormes no final. A placa da frente é preta tridentada e brilhante. O labrum é aumentado e recoberto por pêlos rígidos eretos finamente espalhados. O tórax é densamente coberto de pêlo curto preto. As asas são acastanhadas e brilhantes. As pernas são fortes, a tíbia muito robusta. O abdômen é coberto no topo com o preto curto, abaixo com o cabelo rígido adjacente.[3]

O comprimento do corpo dos machos é entre 18 e 23 mm.

Propagação[editar | editar código-fonte]

Alfred Russel Wallace encontrou em 1859 um único espécime feminino na ilha de Bacan, na região norte das Molucas.[4] O biólogo americano Adam Messer descobriu somente em 1981 no arquipélago de Bacan. (ilhas Bacan, Halmahera, Tidore) um total de seis ninhos. As raras abelhas eram desconhecidas para os habitantes locais.[5]

Depois que não houve novos avistamentos desde 1981, houve temores de que a espécie estivesse extinta até que uma expedição em janeiro de 2019 no norte das Molucas descobriu novamente alguns exemplares.[6][7][8][9]

Referências

  1. Kuhlmann, M. (2014). Megachile pluto (em Inglês). IUCN 2014. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2014 Versão 1. Página visitada em 22 de fevereiro de 2019.
  2. «Não se soube da maior abelha do mundo durante 38 anos. Agora, reapareceu na Indonésia». Sapo 24. 21 de fevereiro de 2019. Consultado em 21 de fevereiro de 2019 
  3. Smith, Frederick (1860-07). «Catalogue of Hymenopterous Insects collected by Mr. A. R. Wallace in the Islands of Bachian, Kaisaa, Amboyna, Gilolo, and at Dory in New Guinea.». Journal of the Proceedings of the Linnean Society of London. Zoology. 5: 93–143. ISSN 1945-9475. doi:10.1111/j.1096-3642.1860.tb01022.x  Verifique data em: |data= (ajuda)
  4. Smith, Frederick (1860-07). «Catalogue of Hymenopterous Insects collected by Mr. A. R. Wallace in the Islands of Bachian, Kaisaa, Amboyna, Gilolo, and at Dory in New Guinea.». Journal of the Proceedings of the Linnean Society of London. Zoology. 5: 93–143. ISSN 1945-9475. doi:10.1111/j.1096-3642.1860.tb01022.x  Verifique data em: |data= (ajuda)
  5. Rozen, Jerome G.; Özbek, Hikmet (2005-07). «Egg Deposition of the Cleptoparasitic Bee Dioxys cincta (Hymenoptera: Apoidea: Megachilidae)». Journal of the Kansas Entomological Society. 78 (3): 221–226. ISSN 0022-8567. doi:10.2317/0411.14.1  Verifique data em: |data= (ajuda)
  6. SAPO. «Não se soube da maior abelha do mundo durante 38 anos. Agora, reapareceu na Indonésia». SAPO 24. Consultado em 24 de fevereiro de 2019 
  7. «Am 22. Februar 1824 vormittags». Berlin, Boston: DE GRUYTER. ISBN 9783110316865 
  8. www.newscientist.com https://www.newscientist.com/article/2194618-worlds-biggest-bee-rediscovered-after-decades-on-most-wanted-list/. Consultado em 24 de fevereiro de 2019  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  9. «Insekten: Bienengigant nach 38 Jahren wiederentdeckt». www.spektrum.de (em alemão). Consultado em 24 de fevereiro de 2019 


Ícone de esboço Este artigo sobre insetos, integrado no Projeto Artrópodes é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Chalicodoma pluto