Challenger Cup de Voleibol Feminino de 2018

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Challenger Cup de Voleibol Feminino de 2018
Voleibol Volleyball (indoor) pictogram.svg
Informações gerais
País-sede  Peru
Organizador FIVB
Período 20–24 de junho
Participantes 6
Premiações
Campeão Bandeira da Bulgária Bulgária (1º título)
Vice-campeão Bandeira da Colômbia Colômbia
Bola de volei de quadra.svg Lima 2019 Peru ►►
Página oficial da competição

A Challenger Cup de Voleibol Feminino de 2018 foi a primeira edição deste torneio com promoção da Federação Internacional de Voleibol (FIVB).[1] A sede foi o Peru, com as partidas sendo disputadas no Coliseo Eduardo Dibós da capital Lima.

Este evento possui caráter qualificatório, visando a participação de um dos seus representantes na Liga das Nações de Voleibol Feminino do próximo ano.[2] A Bulgária derrotou a Colômbia na final por 3 sets a 1 e garantiu a vaga para a competição de elite em 2019 no lugar da Argentina.[3]

Participantes[editar | editar código-fonte]

Este torneio contou com seis equipes participantes, sendo elas:[4][5]

Classificação Classificados
País-sede Bandeira do Peru Peru
Qualificatória da NORCECA[6] Bandeira de Porto Rico Porto Rico
Qualificatória da AVC[7] Bandeira da Austrália Austrália1
Qualificatória da CSV[8] Bandeira da Colômbia Colômbia2
Liga Europeia de 2018 (CEV)[9] Bandeira da Bulgária Bulgária
Bandeira da Hungria Hungria

1 O Cazaquistão venceu a qualificatória asiática, mas declinou da vaga e esta foi atribuída a Austrália.[10]

2 A Colômbia ficou em segundo lugar na qualificatória sul-americana, mas se classificou após o Peru ser designado como país sede do torneio.[11]

A FIVB outorgou, para cada confederação continental, livre arbítrio para o processo da escolha de seus representantes. Os mesmos poderiam vir de um torneio qualificatório a ser criado ou utilizando de um campeonato já existente, ofertando as vagas para a Challenger Cup.

Originalmente, o representante da América do Sul deveria enfrentar (em playoff) um país da África por uma vaga na competição. Mas de acordo com a Federação de Voleibol do Chile (FEVOCHI), a FIVB multou a Confederação Africana de Voleibol por esta não sediar nenhum tipo de evento classificatório ao Challenger Cup de 2018.[12] Desta maneira, nenhuma equipe africana participou deste evento e sua vaga foi deferida automaticamente ao representante sul-americano.

Regulamento[editar | editar código-fonte]

As seis seleções participantes foram divididas em dois grupos de três integrantes em cada. As duas primeiras colocadas de cada grupo avançaram para as semifinais, na qual as perdedoras disputaram o terceiro lugar, enquanto que as vencedoras fizeram a decisão.[13]

A equipe campeã está qualificada automaticamente para a Liga das Nações de 2019, no lugar da última colocada entre as equipes "desafiantes" da edição atual desta competição.[13]

Fase preliminar[editar | editar código-fonte]

Com o uso do sistema serpentina, as seleções participantes foram distribuídas de acordo com o último ranking da FIVB antes do início da competição (indicados entre parêntesis).

Grupo A Grupo B
Bandeira do Peru Peru (sede) Bandeira de Porto Rico Porto Rico (13)
Bandeira da Colômbia Colômbia (28) Bandeira da Bulgária Bulgária (17)
Bandeira da Hungria Hungria (30) Bandeira da Austrália Austrália (42)
Classificadas para as semifinais

Todas as partidas seguem o horário local (UTC−5)

Grupo A[editar | editar código-fonte]

Jogos Resultados Sets Pontos
Pos Equipe Pts T V D 3–0 3–1 3–2 2–3 1–3 0–3 V P R V P R
1 Bandeira da Colômbia Colômbia 6 2 2 0 2 0 0 0 0 0 6 0 MAX 151 87 1.736
2 Bandeira do Peru Peru 3 2 1 1 1 0 0 0 0 1 3 3 1,000 126 127 0.992
3 Bandeira da Hungria Hungria 0 2 0 2 0 0 0 0 0 2 0 6 0,000 90 153 0.588
Data Hora Placar Set 1 Set 2 Set 3 Set 4 Set 5 Total Relatório
20 jun 19:00 Peru Bandeira do Peru 0–3 Bandeira da Colômbia Colômbia 24–26 12–25 12–25     48–76 Relatório
21 jun 19:00 Colômbia Bandeira da Colômbia 3–0 Bandeira da Hungria Hungria 25–13 25–19 25–7     75–39 Relatório
22 jun 19:00 Peru Bandeira do Peru 3–0 Bandeira da Hungria Hungria 25–14 25–11 28–26     78–51 Relatório

Grupo B[editar | editar código-fonte]

Jogos Resultados Sets Pontos
Pos Equipe Pts T V D 3–0 3–1 3–2 2–3 1–3 0–3 V P R V P R
1 Bandeira da Bulgária Bulgária 6 2 2 0 2 0 0 0 0 0 6 0 MAX 150 92 1.630
2 Bandeira de Porto Rico Porto Rico 3 2 1 1 1 0 0 0 0 1 3 3 1,000 125 119 1.050
3 Bandeira da Austrália Austrália 0 2 0 2 0 0 0 0 0 2 0 6 0,000 86 150 0.573
Data Hora Placar Set 1 Set 2 Set 3 Set 4 Set 5 Total Relatório
20 jun 17:00 Bulgária Bandeira da Bulgária 3–0 Bandeira da Austrália Austrália 25–11 25–16 25–15     75–42 Relatório
21 jun 17:00 Porto Rico Bandeira de Porto Rico 3–0 Bandeira da Austrália Austrália 25–10 25–19 25–15     75–44 Relatório
22 jun 17:00 Porto Rico Bandeira de Porto Rico 0–3 Bandeira da Bulgária Bulgária 18–25 18–25 14–25     50–75 Relatório

Fase final[editar | editar código-fonte]

  Semifinais Final
23 de junho
  Bandeira da Colômbia Colômbia  3  
  Bandeira de Porto Rico Porto Rico  1  
 
24 de junho
      Bandeira da Colômbia Colômbia  1
    Bandeira da Bulgária Bulgária  3
3º lugar
23 de junho 24 de junho
  Bandeira da Bulgária Bulgária  3   Bandeira de Porto Rico Porto Rico  3
  Bandeira do Peru Peru  0     Bandeira do Peru Peru  2

Semifinais[editar | editar código-fonte]

Data Hora Placar Set 1 Set 2 Set 3 Set 4 Set 5 Total Relatório
23 jun 17:00 Colômbia Bandeira da Colômbia 3–1 Bandeira de Porto Rico Porto Rico 23–25 27–25 25–10 25–18   100–78 Relatório
23 jun 19:00 Bulgária Bandeira da Bulgária 3–0 Bandeira do Peru Peru 25–21 25–22 25–18     75–61 Relatório

Terceiro lugar[editar | editar código-fonte]

Data Hora Placar Set 1 Set 2 Set 3 Set 4 Set 5 Total Relatório
24 jun 16:00 Porto Rico Bandeira de Porto Rico 3–2 Bandeira do Peru Peru 22–25 25–15 21–25 25–17 16–14 109–96 Relatório

Final[editar | editar código-fonte]

Data Hora Placar Set 1 Set 2 Set 3 Set 4 Set 5 Total Relatório
24 jun 18:00 Colômbia Bandeira da Colômbia 1–3 Bandeira da Bulgária Bulgária 25–22 19–25 20–25 23–25   87–97 Relatório

Classificação final[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «FIVB Announces Challenger Cup, Will Align With Nations League». VolleyMob (em inglês). 20 de dezembro de 2017. Consultado em 26 de fevereiro de 2018 
  2. Volleyball.it (9 de dezembro de 2017). «FIVB: Nasce la Volleyball Challenger Cup - Volleyball.it». Volleyball.it (em italiano). Consultado em 26 de fevereiro de 2018 
  3. «BULGARIA AMONGST VOLLEYBALL'S CREAM FOR 2019 WOMEN'S VNL» (em inglês). FIVB. 25 de junho de 2018. Consultado em 25 de junho de 2018 
  4. «FIVB Executive Committee embraces digital transformation | FIVB - Press release». www.fivb.org (em inglês). Consultado em 26 de fevereiro de 2018 
  5. «Melhor do Vôlei – Challenger Cup: FIVB prepara nova competição internacional». www.melhordovolei.com.br. Consultado em 26 de fevereiro de 2018 
  6. «2018 Norceca Women Volleyball Nation League Challenge Cup Final Continental Qualification Tournament» (em inglês). NORCECA. Consultado em 22 de maio de 2018 
  7. «AVC Continental Qualifications for FIVB Volleyball Challenger Cup – Women's Results» (em inglês). AVC. Consultado em 22 de maio de 2018 
  8. «CLASIFICATORIO SUDAMERICANO FEMENINO A LA CHALLENGER CUP FASE ÚNICA» (em espanhol). Confederação Sul-Americana de Voleibol. Consultado em 16 de junho de 2018 
  9. «Hungary and Bulgaria to lock horns in Golden #EuroLeagueW 'grand finale'» (em inglês). CEV. 14 de junho de 2018. Consultado em 14 de junho de 2018 
  10. «VOLLEYROOS WOMEN GET LATE SECOND CHANCE» (em inglês). Volleyball Australia. Consultado em 15 de junho de 2018 
  11. «PERÚ VENCE A COLOMBIA EN CASA EN EL CLASIFICATORIO SUDAMERICANO AL CHALLENGER CUP» (em espanhol). Federação Sul-Americana de Voleibol. 27 de maio de 2018. Consultado em 16 de junho de 2018 
  12. «CHILE CLASIFICA DIRECTO A LA CHALLENGER CUP» (em espanhol). Federação de Voleibol do Chile. Consultado em 8 de junho de 2018 
  13. a b «VOLLEYBALL CHALLENGER CUP BATTLE BEGINS IN PERU FOR ONE TICKET TO 2019 WOMEN'S VNL» (em inglês). FIVB. 19 de junho de 2018. Consultado em 19 de junho de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]