Charles Émile Picard

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Charles Émile Picard
Émile Picard em frente da Academia Francesa,
foto Meurisse, 1926.
Teorema de Picard-Lindelöf
Nascimento 24 de julho de 1856
Paris
Morte 11 de dezembro de 1941 (85 anos)
Paris
Sepultamento Cemitério do Montparnasse
Nacionalidade Francês
Cidadania França
Alma mater Escola Normal Superior de Paris
Ocupação matemático, professor
Prêmios Prêmio Poncelet (1886)
Empregador Faculdade de Ciências de Paris, Universidade de Toulouse, Escola Normal Superior de Paris, École Centrale de Paris
Magnum opus teorema de Picard-Lindelöf, grupo de Picard, Teoria de Picard–Vessiot
Assinatura
Signature Émile Picard.svg
Orientador(es) Gaston Darboux[1]
Orientado(s) Paul Painlevé, Stanisław Zaremba, Jacques Hadamard, Ernest Vessiot, Mihailo Petrović, Sergej Bernstein, Traian Lalescu, Simion Stoilow, Gaston Julia, Philippe Le Corbeiller, André Weil, Paul Dubreil, Henri Villat
Campo(s) Matemática
Tese 1877: Applications des complexes lineaires a l'etude des surfaces et des courbes gauches

Charles Émile Picard (Paris, 24 de julho de 1856 — Paris, 11 de dezembro de 1941) foi um matemático francês. Picard fez significativas contribuições nas áreas de equações diferenciais e variáveis complexas. Em 1899 lecionou na Universidade Clark em Worcester, estado de Massachussetts, Estados Unidos.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Traité d'analyse 3 volumes, Éditions Jacques Gabay, Sceaux, 1991 (publicados originalmente de 1891 a 1896).

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Jacques Hadamard: Nachruf in Journal London Mathematical Society, volume 18, 1943, S.114

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Charles Émile Picard
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) matemático(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.