Charles August Kraus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Charles August Kraus
Química
Nacionalidade Estados Unidos Estadunidense
Nascimento 15 de agosto de 1875
Local Knightsville
Morte 27 de junho de 1967 (91 anos)
Atividade
Campo(s) Química
Prêmio(s) Gibbs Lecture (1937), Medalha Franklin (1938), Medalha Priestley (1950)

Charles August Kraus (Knightsville, 15 de agosto de 187527 de junho de 1967) foi um químico estadunidense.[1]

Foi professor de química e diretor dos laboratórios de química na Universidade Clark, onde dirigiu o Serviço de Guerra Química, durante a Primeira Guerra Mundial. Mais tarde, ele se tornou professor de química e diretor dos laboratórios de química na Universidade de Brown, e foi consultor do Projeto Manhattan para desenvolver a bomba atômica. A sua investigação contribuiu para o desenvolvimento da lâmpada de luz ultravioleta, de pyrex, e para a produção de gasolina de etilo (a gasolina com chumbo), e publicou mais de 225 artigos de investigação. Ele era membro da Academia Nacional de Ciências, foi premiado com várias medalhas da Sociedade Americana de Química, incluindo a Medalha Priestley em 1950. Ele foi condecorado com a Medalha Franklin, em 1938, e da Navy Distinguished Public Service Award em 1948.

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Peter Debye e Robert Andrews Millikan
Medalha Franklin
1938
com William Frederick Durand
Sucedido por
Edwin Powell Hubble e Albert Sauveur


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) químico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.