Charles Farrell

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Charles Farrell
Nascimento 9 de agosto de 1901
Condado de Norfolk
Morte 6 de maio de 1990 (88 anos)
Palm Springs
Sepultamento Condado de Riverside
Cidadania Estados Unidos
Ocupação político, ator de teatro, ator de cinema, ator de televisão
Causa da morte ataque cardíaco

Charles Farrell (Onset Bay, Massachusetts, EUA, 9 de agosto de 1902Palm Springs, Califórnia, EUA, 6 de maio de 1990) foi um ator de cinema estadunidense.

Biografia[editar | editar código-fonte]

No início de sua carreira, trabalhou como "extra", chegando a aparecer num filme de Lubitsch, Rosita, em 1923, foi astro secundário em Rin-Tin-Tin, e trabalhou em algumas comédias de Mack Sennett.

No filme The Old Ironsides ("Fragata Invicta"), de James Craze, pela Paramount, em 1927, teve finalmente uma boa oportunidade. Passou a trabalhar para a Fox, porém a Paramount o pediu emprestado, para o filme The Rough Riders ("Irmãos na Luta, Rivais no Amor"), de Victor Fleming. Alcançou, assim, a fama, trabalhando ao lado de Janet Gaynor, a "menina dos olhos" da Fox de 1927 a 1935.

Ao lado de Janet Gaynor estrelou "Sétimo Céu", de Frank Borzage. De Borzage estrelou também The River ("O Rio da Vida"), ao lado de Mary Duncan. Casou com a atriz Virginia Valli, e afastou-se do cinema em 1941.

Na década de 50, durante sete anos foi prefeito de Palm Springs, onde ele e o ator Ralph Bellamy construíram um condomínio com quadras de tênis, o Palm Springs Racquet Clube.

Em 1952, participou de 128 capítulos da série de TV, My Little Margie, posteriormente repetido numa versão para o rádio com Farrell e Gale Storm, e em 1956 repareceu em Miami Expose ("O Destino de um Gângster), um modesto filme da Columbia.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. Indicado ao Oscar de filme, direção (Frank Borzage) e roteiro adaptado (Benjamin Glazer) de 1927/1928.

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

ARAÚJO, Gil (1991). «Charles Farrell In Memoriam». EBAL. Cinemin (68) 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]