Charles Kao

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Charles Kao Medalha Nobel
Nascimento 4 de novembro de 1933
Xangai
Morte 23 de setembro de 2018 (84 anos)
Hong Kong
Nacionalidade Britânico, americano
Alma mater University College London (PhD 1965)
Prêmios Medalha Stuart Ballantine (1977), Prêmio Memorial Morris N. Liebmann IEEE (1978), Medalha Alexander Graham Bell IEEE (1985), Prêmio Marconi (1985), Medalha Faraday (1989), Medalha de Ouro SPIE (1992), Medalha Príncipe Filipe (1996), Prêmio Japão (1996), Prêmio Charles Stark Draper (1999), Nobel prize medal.svg Nobel de Física (2009)
Orientador(es) Harold Barlow
Instituições Universidade Chinesa de Hong Kong, ITT Corporation, Standard Telephones and Cables
Campo(s) Física

Charles Kuen Kao, KBE (Xangai, 4 de novembro de 1933Hong Kong, 23 de setembro de 2018[1]) foi um físico anglo-americano nascido na China.[2]

Foi um dos pioneiros na óptica de fibras de vidro, trabalho pelo qual recebeu o Nobel de Física de 2009.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Estudou na Inglaterra, com doutorado em 1965 no Imperial College London. Em seguida trabalhou no Standard Telecommunication Laboratories da International Telephone and Telegraph (ITT), em Harlow, onde foi diretor de engenharia. Lá trabalhou com George Hockham na área de telecomunicação via fibras de vidro, transmitindo pela primeira vez dados em forma de sinais de luz. Constatou que a maior causa de perda de informação não ocorre por problemas eletrônicos, mas sim por impurezas nas fibras de vidro.[3]

Foi posteriormente vice-reitor da Universidade Chinesa de Hong Kong, aposentando-se em 1996.

Referências

  1. Hong Kong mourns passing of Nobel Prize winner and father of fiber optics, Charles Kao, 84
  2. Zhen Cai (9 de dezembro de 2012). «The Nobel Prize and China's long history» (em inglês). gbtimes.com. Consultado em 15 de junho de 2016 
  3. C. K. Kao e G. A. Hockham: Dielectric-fibre surface waveguides for optical frequencies. In: Proceedings IEE 113, 1966, pag. 1151–1158.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Yoichiro Nambu, Makoto Kobayashi e Toshihide Masukawa
Nobel de Física
2009
com Willard Boyle e George Smith
Sucedido por
Andre Geim e Konstantin Novoselov


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) físico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.