Charles Kiefer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Charles kiefer)
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Charles Kiefer
Nascimento 5 de novembro de 1958 (58 anos)
Três de Maio, Brasil
Nacionalidade  Brasileira
Ocupação Escritor
Prémios Prémio Jabuti (1985), (1993)

Prêmio Literário da Fundação Biblioteca Nacional (2011)

Magnum opus Caminhando na chuva

Charles Kiefer (Três de Maio, 5 de Novembro de 1958) é um escritor brasileiro.

Em 1987 participou do International Writing Program, da Universidade de Iowa, nos Estados Unidos, programa destinado a qualificar escritores. Em 1994 graduou-se em Letras. Tornou-se mestre (1996) e doutor (2006) em Teoria da Literatura.

Tem mais de trinta livros editados e ganhou por três vezes o Prêmio Jabuti de Literatura (O pêndulo do relógio (1985), Um outro olhar (1993) e Antologia pessoal (1996)), entre outros. Mesmo com títulos lançados por editoras regionais, alcançou, no total, mais de trezentos mil volumes vendidos.

A reconhecida qualidade literária de seu trabalho em romances, novelas, contos, ensaios literários e poesia, levou a Editora Record a contratar a reedição de todos os seus livros, a partir de 2006.

Há mais de vinte anos dirige uma prestigiosa oficina literária, sendo o formador de uma leva de bons autores do Rio Grande do Sul.

Sua obra tem sido adaptada para o cinema e para o teatro, como O chapéu (1996); Dedos de pianista (1997); e Valsa para Bruno Stein (2007), todos dirigidos por Paulo Nascimento; Escorpião da sexta-feira (2006), peça de teatro; e Quem faz gemer a terra (2002), peça de teatro. Esta já encenada mais de duzentas vezes, inclusive na França, Suíça e Polônia. Tem livros editados na França e em Portugal.

Atualmente é professor e orientador de oficinas literárias particulares.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • O lírio do vale (1977)
  • Caminhantes malditos (1978)
  • Vozes negras (1978)
  • Caminhando na chuva (1982)
  • Aventura no rio escuro (1983)
  • A dentadura postiça (1984)
  • O pêndulo do relógio (1984)
  • Valsa para Bruno Stein (1986)
  • Você viu meu pai por aí? (1986)
  • A face do abismo (1988)
  • Dedos de pianista (1989)
  • Quem faz gemer a terra (1991)
  • Um outro olhar (1992)
  • Museu de coisas insignificantes (1994)
  • Mercúrio veste amarelo (1994)
  • Borges que amava Estela & outros duplos (1995)
  • Antologia pessoal (1996)
  • Os ossos da noiva (1996)
  • O elo perdido (1997)
  • O guardião da floresta (1997)
  • O poncho (1999)
  • Contos escolares (1999)
  • O perdedor (2000)
  • Nós, os que inventamos a eternidade e outras histórias insólitas (2001)
  • O escorpião da sexta-feira (2002)
  • A última trincheira (2002)
  • A poética do conto (2004)
  • Logo tu repousarás também (2006)
  • A revolta das coisas (2009)
  • Para ser escritor (2010)
  • A poética do conto: de Poe a Borges, um passeio pelo gênero (2011)
Participação em antologias
  • Companheiros de duro ofício
  • Geração 80
  • Rodízio de contos
  • Setecontos, setencantos
  • O fino do conto
  • 100 anos na frente
  • Histórias de xadrez
  • Amigos secretos
  • Identidades
  • Antologia crítica do conto gaúcho
  • Para ler os gaúchos
  • Etnias & carisma
  • Pátria estranha
  • Histórias dos tempos de escola

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) escritor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.