Charli XCX

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Charli XCX
Informação geral
Nome completo Charlotte Emma Aitchison
Nascimento 2 de agosto de 1992 (26 anos)
Local de nascimento Cambridge, Cambridgeshire
 Inglaterra
Gênero(s) Pop, Electropop, Avant-pop e Pop Experimental
Ocupação(ões) Cantora e compositora
Extensão vocal Contralto
Período em atividade 2007-presente
Gravadora(s) Asylum, Atlantic, IAMSOUND e Vroom Vroom Recordings
Afiliação(ões) Marina and the Diamonds, Tinashe, Iggy Azalea, Icona Pop, Santigold, Sky Ferreira, Brooke Candy, Rita Ora, Ty Dolla Sign , Giorgio Moroder, Selena Gomez, A.G. Cook, Hannah Diamond, Raye, Starrah, , ABRA, Uffie, Cupcakke, Kyary Pamyu Pamyu, Mura Masa, Carly Rae Jepsen, Tove Lo, ALMA, Caroline Polachek, Pabllo Vittar, Dorian Electra, Mykki Blanco, Tommy Cash, Kim Petras, Jay Park, Alex Metric, Salem, David Guetta, Afrojack, French Montana, Taylor Swift, BTS
Influência(s) Britney Spears, Björk, Avril Lavigne, Kate Bush, Spice Girls, Debbie Harry, Brooke Candy, Lil Wayne, Eminem

Charlotte Emma Aitchison (Cambridge, 2 de agosto de 1992), mais conhecida pelo seu nome artístico Charli XCX, é uma cantora, compositora e diretora britânica.[1][2] Aos 14 anos de idade, Charli começou a gravar seu álbum de estreia. Deste, dois singles foram lançados sob a Orgy Music no final de 2008: "!Franchesckaar!" e o Lado A duplo "Emelline"/"Art Bitch". O disco, 14 - que continha a primeira composição citada - nunca foi comercialmente distribuído, embora tenham sido impressas várias cópias promocionais.[3] Cinco anos mais tarde, foi lançado seu primeiro disco de estúdio oficial, True Romance, através das Asylum, Atlantic, IAMSOUND.[4]

Biografia

XCX nasceu em Stevenage, Hertfordshire de um pai escocês e uma mãe de origem indiana.[5][6] Ela começou a escrever canções quando tinha 14 anos de idade.[2][7] Ela frequentou o Bishop's Stortford College e deixou a escola em 2010.[8]

Carreira

2008-2010: 14 e início de carreira

Com 14 anos de idade, em 2007, XCX começou a gravar seu álbum de estreia com um empréstimo concedido por seus pais. No começo de 2008, ela começou a postar músicas do álbum, bem como numerosas outras demos, em seu MySpace oficial.Isso chamou a atenção de um homem chamado Chaz, que organizava inúmeras raves ilegais armazém em Londres, que se tornaram seus primeiros verdadeiros shows.[9] Apesar da natureza ilícita desses shows seus pais apoiaram sua carreira e participaram de várias raves com ela.[10] Dois singles, "!Franchesckaar!" e "Emelline"/"Art Bitch" foram lançados no final de 2008 sob direitos da Orgy Music. O álbum de estúdio de estreia, "14", nunca foi lançado comercialmente embora várias cópias promocionais foram emitidas e distribuídas antes de seus shows.[11] Depois de assinar com a Asylum Records em 2010 fez uma pausa na música em que ela descreve como um "perdido" período.[12]

2011-2013: You're the One, Icona Pop e True Romance

Em 2011, ela aparece com dois singles, “End Of The World” e “Lost In Space”. Em maio de 2011, ela lançou o seu primeiro single, “Stay Away” seguido por “Nuclear Seasons” e em novembro foram lançados exclusivamente no Reino Unido. Com esta faixa, Charli conseguiu o 35º lugar nas melhores faixas de 2011 pelo site Pitchfork Media. No final de 2011, um EP promocional de cinco faixas surgiu. Todas as faixas eram demos, incluindo uma versão anterior a "You're the One", titulada "In the Dark".[13] Em fevereiro de 2012 Charli lançou duas faixas livres, “Valentine” e “I’ll Never Know” através de seu website. Charli escreveu e forneceu duas faixas, incluindo “How Can I” para o filme de terror Elfie Hopkins, estrelado por Ray Winstone e sua filha Jaime Winstone. Ela também lançou duas mixtapes livres via SoundCloud, “Super Girls, Super Love” e “I LIKE BOYS WHO CRY”. Em 12 de maio de 2012, ela lançou seu primeiro mixtape, Heartbreaks and Earthquakes, uma faixa que consistia em oito canções, incluindo "How Can I".[14] Ela participou de uma turnê com Santigold e Coldplay durante todo o verão.[15]

Em 12 de junho de 2012, XCX lançou seu primeiro EP You're the One nos Estados Unidos, com "You're the One" e "Nuclear Seasons", assim como remixes de ambas as faixas. Em 14 de junho, "You're the One" foi lançado como seu single de estreia, na Austrália. O EP foi posteriormente lançado em setembro no Reino Unido e na Austrália, a versão do Reino Unido com a faixa-título e "So Far Away", e três remixes. A versão australiana continha a faixa-título, "Stay Away" e "Nuclear Seasons". A edição australiana também foi a única versão do EP lançada fisicamente em CD.[13] Seu segundo mixtape Super Ultra foi lançado exclusivamente através de seu site em 7 de novembro de 2012, com 8 faixas separadas. [16]

Charli participou da turnê e escreveu um single com a cantora Marina and the Diamonds

XCX escreveu o hit "I Love It", de Icona Pop que se tornou um grande avanço para a dupla sueca, com um peak dentro do top dez das paradas em vários países, incluindo os Estados Unidos. Ela é creditado como um artista de destaque na música, por cantar maior parte da música e o refrão "I don't care/ I love it!". Ela não aparece no vídeo da música.[17] O segundo álbum de estúdio e primeiro grande álbum de estúdio, True Romance foi lançado em 12 de abril de 2013 e alcançou a posição #85 no UK Albums Chart.[18] O álbum não apareceu em nenhum principais charts internacionais álbuns, mas chegou a posição #5 no US Billboard Top Heatseekers e #11 Australian Hitseekers Albums Chart, atingindo o pico equivalente de #205 e #111, respectivamente. O álbum foi bem recebido pelos críticos de música, com uma pontuação média de 76/100 no Metacritic que atribui uma classificação de 100 a opiniões de críticos convencionais, indicando "revisões geralmente favoráveis". XCX participou da turnê de Ellie Goulding como um ato de abertura em uma turnê pela Europa na Alemanha, Polônia, Itália, Suíça e Dublin, durante todo abril 2013 e, em seguida, fez turnê pelos EUA e Canadá com Marina and the Diamonds ao longo de maio de 2013, seguido por sua própria turnê no Reino Unido divulgando seu álbum True Romance. Em março de 2013, Charli, foi nomeada pela FUSE Tv uma das 30 artistas imperdível no SXSW.[19] Em 1º de maio de 2013, Marina e XCX publicaram um dueto intitulado "Just Desserts" em suas páginas no Youtube. A canção foi lançada como um download gratuito em ambas suas páginas Soundcloud. [20]

2013-2015: Iggy Azalea, o sucesso internacional e Sucker

Em junho de 2013, XCX confirmou que ela estava trabalhando em seu terceiro álbum.[21] Também em junho, "Illusions Of", uma faixa de J£ZUS MILLION com participação de Charli, foi lançado como um single de Double Denim Vol. 1, uma compilação de artistas assinaram a Double Denim Records. Em setembro de 2013, a banda americana de rock Paramore participou de uma turnê que houve no Reino Unido. Em 26 de setembro de 2013, ela lançou o vídeo da música "SuperLove", o primeiro single de seu terceiro álbum de estúdio. O single foi lançado comercialmente em 08 de dezembro de 2013

Em 16 de Janeiro de 2014, XCX lançou um cover da canção Alergic To Love da banda punk Yakuza via SoundCloud. Em 4 de março de 2014, um vídeo foi lançado para a música Fancy, colaboração de Charli XCX e Iggy Azalea. Em maio de 2014, "Fancy" atingiu o primeiro lugar no US Billboard Hot 100. O vídeo da música foi fortemente inspirado no filme Clueless, com Azalea representando Cher Horowitz e XCX como Tai Frasier.

Em maio de 2014, ela contribuiu com a canção "Boom Clap" para a trilha sonora de The Fault in Our Stars. A canção foi lançada como o primeiro single do álbum e atingiu posição #10 Billboard Hot 100. Tornando-se seu primeiro Top 20 hit single como artista principal.

Em junho de 2014, durante uma entrevista, Charli XCX, afirmou que ela tem trabalhado com Weezer, John Hill, StarGate e Rostam Batmanglij do Vampire Weekend para seu próximo álbum e com Dr. Luke mas para outra artista. Ela também afirmou que, em vez de o álbum de punk que estava originalmente planejando como seu segundo álbum de estúdio, o álbum será agora mais pop com um pouco de punk.

Em 15 de dezembro de 2014,Charli XCX lança seu terceiro álbum de estúdio,Sucker (estilizado como SUCKER). Alcançando a posição número #28 na Billboard 200 Albums e #15 no UK Albums Chart,sua melhor posição em ambos os charts.

Em janeiro de 2015,ela lança Doing It,uma música com a participação especial de Rita Ora,em fevereiro lança Famous,e em 27 de março de 2015,é lançado o filme Cada Um na Sua Casa,do qual Charli contribuiu para a trilha sonora com a música Red Baloon.

2015-presente: Vroom Vroom, Number 1 Angel, Pop 2, Reputation Stadium Tour e futuro terceiro álbum de estúdio

XCX começou a trabalhar no seu terceiro álbum em 2015. Em fevereiro de 2016 ela lançou o EP Vroom Vroom como uma prévia do seu próximo álbum. Em agosto de 2016 Charli revelou que seu álbum seria produzido por SOPHIE, Bloodpop e Stargate. O primeiro single do álbum, After the Afterparty foi lançado em 28 de outubro de 2016 e conta com a participação do rapper americano Lil Yatchy. Frustrada com os adiamentos do lançamento do seu álbum, XCX lançou a mixtape Number 1 Angel em março de 2017, que conta com participações de várias artistas femininas como Starrah, Raye, , Uffie, Abra e cupcakKe. O segundo single do terceiro álbum da cantora, "Boys", foi lançado em 26 de julho de 2017 e foi considerado como a 2ª melhor canção de 2017 pelo NME e pelo The Guardian. Em agosto de 2017 algumas músicas que supostamente estariam no terceiro álbum de Charli foram vazadas. Ainda não se sabe se elas estarão no álbum. Em dezembro de 2017, Charli lançou sua quarta mixtape, Pop 2 que conta com participações de vários artistas como: Carly Rae Jepsen, Pabllo Vittar, MØ entre outros. O terceiro álbum de Charli está programado para ser lançado em 2018. XCX foi anunciada como um dos atos de abertura da Reputation Stadium Tour, de Taylor Swift, juntamente à Camilla Cabello.

Em 2016, Charli emprestou seu vocais para a composição sonora da faixa "Banshee", de Santigold, que entrou como um dos singles de seu álbum 99¢.

Estilo

A música de XCX foi comparada à música dos anos 80 ou à ascensão de Madonna. Suas influências incluem Christina Aguilera, Britney Spears, Spice Girls, Kate Bush, Uffie, Brooke Candy, Lil Wayne e Quentin Tarantino.[22][23][24] Para seu terceiro álbum, ela lista The Hives, Weezer e Ramones.[25] Vários fontes tem listado XCX como 'goth pop' ou 'dark pop'.[26]

De acordo com Charli XCX, escolheu o nome por que "parecia legal e soa pegajoso". Ao assinar com a sua gravadora, no entanto, ela observou que poderia ser marcada como "conteúdo adulto".

Discografia

Álbuns de estúdio

Ano Álbum Posições nas paradas Vendas
RU AUS IRE EUA SUI FRA
2008 14
2013 True Romance
85
  • Estados Unidos: 12.000
  • Reino Unido: 6.302
2014 Sucker
15
53
17
28
33
42
  • mundo: 850.000
  • Estados Unidos: 53.117
  • Reino Unido: 21.306

Extend Plays

  • You're the One (2012)
  • Vroom Vroom (2016)

Mixtapes

  • Heartbreaks and Earthquakes (2012)
  • Super Ultra (2012)
  • Number 1 Angel (2017)
  • Pop 2 (2017)

Singles

Ano Single Posições nas paradas Álbum Certificações
RU AUS IRE EUA CAN FRA
2008 "!Franchesckaar!" 14
"Emelline"/"Art Bitch"
2011 "Stay Away" True Romance
"End of the World" Open Your Eyes
"Nuclear Seasons" True Romance
2012 "You're the One"
2013 "You (Ha Ha Ha)"
"What I Like"
"SuperLove" 62
2014 "Boom Clap" 6 9 8 8 8 15
  • Estados Unidos: 2x Platina
  • Austrália: 2x Platina
  • Canadá: 2x Platina
  • Alemanha: Ouro
  • Reino Unido: Ouro
Sucker
"Break the Rules" 35 10 46 91 69 13
  • Estados Unidos: Ouro
  • Alemanha: Ouro
  • Austrália: Platina
2015 "Doing It" 8 68 23 165
  • Reino Unido: Prata
"Famous" 176 75
2016 "After the Afterparty" 29 30 44
  • Reino Unido: Prata
  • Austrália: Ouro
TBA
2017 "Boys" 31 60 55 110 60 159
  • Reino Unido: Prata
"Out of My Head" Pop 2
2018 "5 in the Morning" TBA
"Focus" / "No Angel"
"No Angel"
"Girls Night Out"
"1999" 13 23 28

Prêmios e indicações

Year Association Category Nominated work Result
2013 Teen Choice Awards Choice Single: Group "I Love It" (with Icona Pop) Indicado
2014 Billboard Music Awards Canção Dance/Electronic Indicado
Compositora do Ano Venceu
Canção do Ano Venceu
MuchMusic Video Awards Melhor Vídeo Internacional "Fancy" (with Iggy Azalea) Indicado
World Music Awards Melhor Canção Internacional Indicado
Melhor Vídeo Internacional Indicado
Billboard Mid-Year Music Award Canção Favorita No. 1 Hot 100 Venceu
Melhor Vídeo Venceu
We Love Pop Awards Melhor Hino do Verão Indicado
MTV Video Music Awards Video do Ano Indicado
Melhor Vídeo Feminino Indicado
Melhor Direção de Arte Indicado
Melhor Vídeo Pop Indicado
Artista Revelação "Boom Clap" Indicado

Referências

  1. «Songwriter/Composer: AITCHISON CHARLOTTE EMMA» (em inglês). Broadcast Music, Inc. Consultado em 18 de setembro de 2013 
  2. a b Needham,Alex (27 de julho de 2009). «Brit Pop Girls». Interview (em inglês). Consultado em 18 de setembro de 2013 
  3. «Interview: Charli XCX Talks Debut Album, Internet Haters, and Writing Icona Pop's "I Love It"» (em inglês). Complexacessodata=18 de setembro de 2013 
  4. Snapes, Laura (26 de fevereiro de 2013). «Charli XCX Announces Debut Album, True Romance» (em inglês). Pitchfork Media. Consultado em 18 de setembro de 2013 
  5. «This Week's Fresh Music Top 20». 4Music. 15 de abril de 2014  Em falta ou vazio |series= (ajuda)
  6. Tinkham, Chris (12 de setembro de 2013). «Charli XCX This Is Me». undertheradarmag.com. Consultado em 5 de junho de 2014 
  7. Charli XCX interview (part 1), FaceCulture 
  8. «Security Check Required». www.facebook.com 
  9. «Interview: Charli XCX : Moustache Magazine». www.moustachemagazine.com 
  10. Nika, Colleen. «Dark Star Rising: Charli XCX Talks Rave Roots and Her Colorful Future». Rolling Stone. Consultado em July, 21,2014  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  11. «Interview: Charli XCX Talks Debut Album, Internet Haters, and Writing Icona Pop's "I Love It"». Complex. Consultado em 18 de abril de 2013 
  12. Hutchinson, Kate (30 de novembro de 2013). «How Charli XCX grafted her way to the cusp of pop stardom» – via The Guardian 
  13. a b «Charli XCX». Discogs 
  14. «Announcing Charli XCX's EP & Tour Dates». Iamsoundrecords.com. 22 de janeiro de 2013. Consultado em 18 de abril de 2013 
  15. «Rita Ora On Coldplay Support Slots: "It's Such A Huge Opportunity" - Audio». Capital FM. 9 de maio de 2012. Consultado em 29 de maio de 2012 
  16. «Download Charli XCX's Super Ultra Mixtape - Pitchfork». pitchfork.com 
  17. Adickman, Erika Brooks. «Charli XCX's "You (Ha Ha Ha)": At Your Request». Idolator. Consultado em 7 de março de 2013 
  18. «Official UK Albums Top 100». Official Charts Company. 27 de abril de 2013. Consultado em 27 de abril de 2013. Cópia arquivada em 27 de abril de 2013 
  19. «30 Must-See Acts at SXSW 2013 - Photos - South by Southwest - Festivals - Fuse». Fuse.tv. 28 de fevereiro de 2013. Consultado em 18 de abril de 2013 
  20. «MARINA AND THE DIAMONDS + CHARLI XCX - ♡ "JUST DESSERTS" ♡» 
  21. «Charli XCX Already Writing New Music For Second Album» 
  22. «British pop starlet Charli XCX, the particularly grown-up 21-year-old». Nashville Scene. Consultado em 22 de julho de 2014 
  23. Artist Biography by Heather Phares. «Charli XCX | Biography». AllMusic. Consultado em 20 de abril de 2014 
  24. «Gimme Five: Charli XCX on Her Musical Obsessions». Billboard. Consultado em 20 de abril de 2014 
  25. Carl Williott. «Charli XCX Disses Flo Rida, Says Sophomore Album Has Punk Influence | Music News, Reviews, and Gossip on». Idolator.com. Consultado em 20 de abril de 2014 
  26. Interview by Laurence Lowe,Photograph by Roger Deckker (1 de fevereiro de 2013). «Q&A: Charli XCX: Music + Books». Details. Consultado em 20 de abril de 2014 

Ligações externas