Charlotte Burton

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Charlotte Burton
Fotografada por Fred Hartsook, 1916
Nascimento 30 de maio de 1881
São Francisco, Califórnia, EUA
Nacionalidade Estados Unidos Norte-americana
Morte 28 de março de 1942
Los Angeles, Califórnia, EUA
Ocupação Atriz
Atividade 1912-1920
Cônjuge William Russell (1917-1927)
Darrell Stuart (?–1942)

Charlotte Burton (30 de maio de 1881[1]28 de março de 1942) foi uma atriz de cinema estadunidense da era muda que atuou em mais de 130 filmes entre 1912 e 1920.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascida em São Francisco, Burton assinou contrato com a American Film Company em 1912, e trabalhou para a companhia por vários anos. Seu primeiro filme foi o curta-metragem The Would-Be Heir[2] em 1912, pela American Film Company. A partir de então, fez vários curta-metragens para a companhia, entre eles dois seriados pela American, The Diamond from the Sky (1915) e The Sequel to the Diamond From the Sky (1916), ambos ao lado de William Russell. Em 1918, fez dois filmes para a William Russell Productions Inc., em 1919, um filme para a Lewis S. Stone Productions Inc., e em 1920 fez seu último filme, Polly of the Storm Country, para a Chaplin-Mayer Pictures Company.

Charlotte Burton
William Russell e Charlotte Burton em The Highest Bid, 1916
Cena do seriado The Diamond from the Sky, de 1915, apresentando Charlotte Burton ao lado de Irving Cummings e Lottie Pickford.

Burton assinara contrato com Essanay Studios, que ela processou em 1919[3] por $25,000, pela quebra de contrato. Ela assinara com a companhia acreditando que estrelaria principalmente filmes dramáticos, porém ela acabou estrelando comédias.[4][5][6] O salário dela era de $200 por semana, com uma opção de $300 por semana em um segundo ano. Charlotte alegou que assinara com o gerente de negócios da Essanay, Vernon R. Day, para um contrato de novembro de 1916 até novembro de 1918, porém foi descartada sem razão. Quando Burton foi a Chicago, recusou um papel que lhe foi oferecido em uma comédia Black Cat, apresentado a ela pelo Presidente da Essanay, George K. Spoor. Ela recusou, porque não era comediante. Ao invés disso, ela aceitou um papel como protagonista em um filme de Henry B. Walthall. Ela admitiu ter sido paga por dez semanas, $200 por semana, antes de ter sido abandonada pela Essanay. Os executivos da Essanay afirmaram que Burton havia anulado automaticamente o contrato quando recusou o papel cômico. Em 1920 um juiz decidiu que seu argumento era razoável, e ela venceu a causa.

Burton chegou de Nova York e foi para Santa Bárbara, Califórnia para trabalhar para a American Film Company, que tinha seus estúdios lá. Em maio de 1916, Burton atuou em The Man Who Would Not Die, dirigido por William Russell e Jack Prescott. A companhia de atores americanos e canadenses passou uma semana em Long Beach, Califórnia, filmando cenas de água. No elenco também estavam Harry Keenan e Leona Hutton, e o roteiro foi escrito por Mabel Condon.

Entre as muitas estrelas que trabalharam com ela, estão Mary Miles Minter, William Russell, Harold Lockwood e Lottie Pickford.

Vida pessoal e morte[editar | editar código-fonte]

Em 1917, Burton casou com o ator William Russell[7] [8] em Santa Ana, Califórnia, e em 1921 se divorciaram. Casou novamente, com Darrell Stuart. Teve uma filha, Charlotte Coombs.

Charlotte Burton Stuart morreu no Good Samaritan Hospital, em Los Angeles, California em 1942,[9] de um Infarto agudo do miocárdio, aos 60 anos de idade.

Filmografia parcial[editar | editar código-fonte]

Ano Filme Papel
1912 It Happened Thus The Older Daughter
1913 The Awakening
The Rose of San Juan
The Road to Ruin
Her Big Story
The Oath of Pierre Julia Naughton
Through the Neighbor's Window
The Flirt and the Bandit
Trapped in a Forest Fire
The Shriner's Daughter
1914 Lola May, irmã de Lola
The Mirror
The Redemption of a Pal Irene
Jail Birds Mrs. Patterson
The Final Impulse Ruth
A Slice of Life Jessie, esposa de Jim
Old Enough to Be Her Grandpa Lilyan DeVoe
In the Candlelight Nina, modelo
The Archeologist Edna Lee
The Beggar Child Rosa, his servant
1915 Refining Fires Nina – filha do juiz
Heart of Flame Beppa
A Touch of Love Martha
The Day of Reckoning Rita Marr
She Walketh Alone Rita Horton
The Diamond from the Sky Vivian Marston
1916 The Thoroughbred Angela Earle
The Sequel to the Diamond From the Sky Vivian
The Craving Roby
The Bruiser Fen Bernham
The Highest Bid Elsie Burleigh
The Strength of Donald McKenzie Mab el Condon
The Man Who Would Not Die Agnes
The Torch Bearer Janet Dare
The Love Hermit Marie Bolton
Lone Star Helen Mattes
The Twinkler Rose Burke
1918 Up Romance Road Marta Millbanke
Hearts or Diamonds? Adrienne Gascoyne
1919 Man's Desire Vera Patton
1920 Polly of the Storm Country Evelyn Robertson

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

Referências bibliográficas[editar | editar código-fonte]

  • Janesville, Wisconsin Daily Gazette, "News and Notes from Movieland", August 16, 1916, Page 6.
  • The Los Angeles Times, "Personals", January 1, 1913, Page III4.
  • The Los Angeles Times, "Studio", May 28, 1916, Page III19.
  • The Los Angeles Times, "Seeks Money Balm", October 22, 1919, Page I15.
  • Oakland Tribune, "Romances In Film World Revealed", Sunday Morning, June 24, 1917, Page 19.
  • The Los Angeles Times, "Mrs. Charlotte B. Stuart", March 31, 1942, Page 14.
  • Rothwell-Smith, Paul. Silent Films! the Performers (2011) ISBN 9781907540325

Ligações externas[editar | editar código-fonte]