Charlotte Casiraghi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Charlotte Casiraghi
Nascimento 3 de agosto de 1986 (31 anos)
Monte Carlo, Mônaco
Nacionalidade Mónaco monegasca
Cônjuge Gad Elmaleh (2011–2015)
Filho(s) Raphaël Elmaleh

Charlotte Marie Pomeline Casiraghi (Monte Carlo, 3 de agosto de 1986) é a filha da princesa Carolina do Mónaco e de seu segundo e finado marido, Stefano Casiraghi.[1] Seu tio materno é o atual príncipe soberano de Mônaco, Albert II. Figura do jet set internacional, Charlotte Casiraghi atrai bastante a atenção dos paparazzi. Embora não tenha o título de princesa, Charlotte é a décima na linha de sucessão ao trono monegasco. Seus avós maternos eram Rainier III, Príncipe de Mônaco, e a atriz americana Grace Kelly.

Charlotte é a "embaixadora" equestre oficial da marca de moda Gucci.2015[2]

Família[editar | editar código-fonte]

Ela é nomeada em homenagem a sua bisavó materna, Princesa Charlotte, Duquesa de Valentinois. Batizada em 20 de setembro de 1986. Seus padrinhos são Albina du Boisrouvray e o cunhado de Stefano Casiraghi, Massimo Bianchi.

Charlotte e seus dois irmãos Andrea e Pierre nasceram no pequeno principado do Mediterrâneo governado por seu avô materno, Rainier III. Em outubro de 1990, quando ela tinha quatro anos de idade, seu pai, o industrial italiano Stefano Casiraghi, morreu em um acidente de barco. Perturbada, sua mãe, a princesa Caroline, levou seus três filhos para longe de fotógrafos, isolando-se no vilarejo Midi na comuna francesa de Saint-Rémy-de-Provence, perto de Avinhão.

Em janeiro de 1999, ela ganhou um padrasto quando sua mãe desposou o príncipe Ernst August V de Hanôver. Alguns meses depois, nasceu sua meia-irmã, a princesa Alexandra de Hanôver, de quem se tornou madrinha. A família então se mudou para o subúrbio parisiense de Fontainebleau, para que Ernst ficasse perto dos filhos de seu primeiro casamento, que moram em Londres.

Fernanda Casiraghi, avó paterna de Charlotte. desmentiu o rumor de que sua neta teria recebido uma ilha de herança. perto de Sardenha avaliada entre 7 e 9 milhões de dólares. [3][4] Além disso, Charlotte tem uma boa relação com seus primos norte-americanos, da parte da avó Grace Kelly, e costuma passar uma semana de férias com eles.

Educação[editar | editar código-fonte]

Das idades de dois a seis anos, Casiraghi frequentou a escola Les Dames de Saint Maur, em Mônaco. Então estudou em Saint-Rémy-de-Provence, Charlotte foi aluna da École de la République.[5]

Entre 1999 e 2004, em Fontainebleau, ela estudou no liceu François Couperin, onde teve seu ensino secundário e sua preparação para o Baccalauréat , qualificação acadêmica francesa, em cujo exame passou com boas notas em julho de 2004.

Logo depois, foi matriculada no liceu Fénelon em Paris, esperando entrar para a Escola Normal Superior, mas não conseguiu chegar à lista de candidatos elegíveis para proceder ao exame oral. Casiraghi estudou Filosofia na Universidade Paris-Sorbonne (Paris IV), uma das treze instituições autônomas da Universidade de Paris,[6] mas não terminou o curso.

Casiraghi completou dois estágios, primeiro com a editora de Robert Laffont em Paris, e depois de outubro de 2007 com a revista Sunday do jornal The Independent de Londres.[7]

Charlotte fala fluentemente francês, inglês,e um pouco de italiano e alemão.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Em 17 de dezembro de 2013, teve um filho, Raphaë Elmaleh, filho do seu então companheiro, o comediante Gad Emaleh[8].Namorou Alex Dellal, filho da socialite brasileira Andrea Dellal, e também quando era adolescente, relacionou-se com Felix Winckler, herdeiro belga e com o barão austriaco Hubertus Herring Frankensdorf, seu primeiro namorado publico. [9] [10]

Em meados de 2015, terminou seu relacionamento com Gad e em outubro do mesmo ano, Charlotte foi flagrada aos beijos com o produtor de cinema italiano Lamberto Sanfelice. [11] Em março de 2018 Charlotte Casiraghi ficou noiva do cineasta Dimitri Rassam. Quando começaram o relacionamento, em março de 2016, Dimitri Rassam estava ainda casado com a sua primeira mulher, Masha Novoselova, da qual tem uma filha, Darya nascida em 2012.[12]

Vida Publica e Carreira[editar | editar código-fonte]

Charlotte queria ser vista como uma amazona profissional ao invés de uma socialite. Entretanto, tal sonho deixou de existir quando ela começou a frequentar festas e eventos da alta sociedade e desfiles de moda. Ocasionalmente, participa de eventos oficiais em Mônaco, como uma festa de arrecadação de fundos para a AMADE World e a fundação de Nelson Mandela em setembro de 2007. Em 2006, ela fez sua estréia no Rose Ball de Mônaco, que também arrecada dinheiro para a Fundação Princess Grace. Em junho de 2009, Casiraghi, acompanhada por seu tio Albert II, Príncipe de Mônaco, apareceu no programa de televisão francês Essa foi sua primeira experiência de falar em público.[13] Em 2015, Charlotte fundou 'Les Rencontres Philosophiques de Monaco (Os encontros filosóficos em Monaco em português), seus co-fundadores incluem seu professor em Fontainebleau, o filósofo Robert Maggiori. Eles discutem questões contemporâneas e novas publicações no campo da filosofia. Sua mãe está entre os muitos membros honorários do grupo.

Charlotte escreveu o prefácio de um livro publicado em 2017 pela psicanalista Julia Kristeva.[14], entitulado L'érotisme maternel et et son sens aujourd'hui - Les… Em março de 2018, Casiraghi e Maggiori publicaram seu livro entitulado "Archipel des Passions" [15]É uma série de diálogos entre o professor e o aluna refletindo sobre as várias paixões, como a arrogância, alegria, crueldade, amor.

Carreira Equestre[editar | editar código-fonte]

Casiraghi desde cedo praticou saltos de obstáculo Participou de várias competições. Seu ex-treinador de equitação, Thierry Rozier, disse uma vez à revista Newsweek que Charlotte e o cavalo baía chamado GI Joe (proprietário: Jan Tops), participaram do 2009 Global Champions Tour, em Valência, Espanha, em Monte Carlo, Cannes, Estoril, Rio de Janeiro, e Valkenswaard.[16] [17] [18]Casiraghi continuou participação no Global Champions Tour ao longo de 2010. Para a maior parte, ela competia com os cavalos cavalos Troy (garanhão castanho) e TINTERO, [19]um cavalo castrado cinza. 2015 foi realmente o último ano em que Casiraghi participou de várias fases do campeonato global. Depois desse ano, ela reduziu sua participação apenas para a fase de Mônaco.[20]

Em 2012, Charlotte foi criticada por cometer apropriação cultural, ao usar vestimenta típica dos índios nativos americanos da marca Gucci, acusada de demonstrar ignorância em relação à história e cultura tribal [21] [22] [23][24][25]

Moda e Jornalismo[editar | editar código-fonte]

Casiraghi trabalhou brevemente como escritora e editora de revistas. Seus créditos incluem o trabalho para a revista AnOther (edição de janeiro de 2008) e o suplemento de domingo para o jornal britânico The Independent nos últimos meses de 2007. Ela editou a revista Above em 2009, enquanto trabalhava para o periódico, fez amizade com Stella McCartney, Deixou a função, a fim de concentrar-se na fundação da Ever Manifesto ecológico, relacionado à moda.[26] e Stella McCartney foi entrevistada para o primeiro número da revista. McCartney esclareceu Casiraghi e os leitores como a indústria da moda pode prejudicar o ecossistema. As 3.000 cópias edição de estreia do Ever Manifesto foi distribuída gratuitamente na boutique de 10 Corso durante a Semana de Fashion week de Milão e novamente em Paris durante a Paris Fashion Week. Suas colaboradoras com o projeto foram as socialites Alexia Niedzielski e Elizabeth von Guttman. [27][28]

Casiraghi contribuiu para a edição de 20 de outubro de 2009, o jornal gratuito da galeria de seu ex namorado, Alex Dellal.[29]

Em 2006, a revista americana Vanity Fair colocou Casiraghi, que usa roupas da Chanel e da Alberta Ferretti, na lista internacional das mulheres mais bem vestidas. Casiraghi apareceu na capa da Vogue Paris setembro de 2011.

Publicações[editar | editar código-fonte]

Archipel des Passions (Arquipélago das paixões em tradução livre), por Charlotte Casiraghi e Robert Maggiori, Publlicado por Éditions du Seuil, 1 Março de 2018.

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Charlotte Casiraghi

Referências

  1. DEUTCHMAN. «Biographie». stefanocasiraghi.chez.com. Consultado em 2 de maio de 2018 
  2. «Charlotte Casiraghi: Riding High». Vogue (em inglês) 
  3. https://www.gioia.it/Charlotte-che-ha-imparato-a-stare-in-sella#pag-2
  4. «The Casiraghi Family - Page 8 - The Royal Forums». www.theroyalforums.com (em inglês). Consultado em 2 de maio de 2018 
  5. «Histoire et Charte - FANB». FANB (em francês) 
  6. «Charlotte Casiraghi | Paris Match» (em francês) 
  7. http://www.lastampa.it/_web/cmstp/tmplRubriche/moda/grubrica.asp
  8. «Charlotte do Mónaco deu à luz o primeiro filho» 
  9. «La relación de Carlota Casiraghi y Hubertus». www.hola.com. Consultado em 7 de maio de 2018 
  10. «Carlota Casiraghi: Como mi abuela Grace». Vanity Fair (em espanhol). 19 de fevereiro de 2011 
  11. «Charlotte Casiraghi: Encontro 'secreto' com namorado italiano». Caras. Consultado em 22 de janeiro de 2016 
  12. «Filha da princesa Carolina do Mónaco está noiva» 
  13. «Charlotte Casiraghi poised and passionate in first TV interview». www.hellomagazine.com (em inglês). Consultado em 2 de maio de 2018 
  14. «JULIA KRISTEVA / L'érotisme maternel et et son sens aujourd'hui - Les Rencontres Philosophiques de Monaco». Les Rencontres Philosophiques de Monaco (em francês) 
  15. JDD, Le. «"Archipel des passions" : dialogue entre la princesse de Monaco et le professeur» (em francês) 
  16. «Hunter Jumper News – Stomp'n Ground for Horse Enthusiast». www.hunterjumpernews.com (em inglês). Consultado em 2 de maio de 2018 
  17. http://www.factorlisboa.com/site/index.php?option=com_content&view=article&id=576:estoril-recebe-os-melhores-cavalos-e-cavaleiros-do-mundo&catid=74:musica&Itemid=111
  18. «Charlotte and her famous family add royal allure to exclusive equestrian fixture». www.hellomagazine.com (em inglês). Consultado em 2 de maio de 2018 
  19. «Charlotte Casiraghi Horses - LONGINES GLOBAL CHAMPIONS TOUR». www.globalchampionstour.com (em inglês). Consultado em 2 de maio de 2018 
  20. «Charlotte Casiraghi - LONGINES GLOBAL CHAMPIONS TOUR». www.globalchampionstour.com (em inglês). Consultado em 2 de maio de 2018 
  21. «Herdeira do trono de Mônaco causa polêmica por roupa indígena no hipismo». Terra 
  22. «Cultural Appropriation and the Cornish Pasty | Oxbridge Applications». Oxbridge Applications (em inglês) 
  23. «Redface Is Just as Offensive as Blackface». Vice (em inglês). 31 de outubro de 2014 
  24. «Chic Monaco Royal Puts on Feathers and War Paint for Gucci-Sponsored Equestrian Event - Indian Country Media Network». indiancountrymedianetwork.com (em inglês). Consultado em 7 de maio de 2018 
  25. «Monaco princess Charlotte Casiraghi branded 'ignorant' over Native American costume at Paris showjumping event». Mail Online 
  26. Martin, J. J. (24 de setembro de 2009). «Fashion Week:». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331 
  27. «Business as usual for Charlotte Casiraghi amid talk about mother's marriage». www.hellomagazine.com (em inglês). Consultado em 2 de maio de 2018 
  28. «Onde está Alexia Niedzielski? O estilo da editora meio carioca, meio parisiense». vogue.globo.com 
  29. http://www.20hoxtonsquare.com/usr/documents/newspapers/newspaper_url/2/20hox_np_web.pdf
Precedido por
Stefano Casiraghi
Linha de sucessão ao trono monegasco
10º
Sucedido por
Princesa Alexandra de Hanôver