Chichorro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Roberto Carneiro de Alcáçovas de Sousa Chichorro (Malhangalene, Lourenço Marques, 19 de Setembro de 1941) é um artista plástico moçambicano.[1]

Chichorro passou a sua infância na Mafalala, bairro entre a cidade colonial dos brancos e a cidade de caniço dos negros, vivência que se encontra repercutida na sua obra plástica.[2]

Concluiu o curso industrial de Construção Civil. Entretanto, sua vocação para a arte o leva a trabalhar em desenhos de arquitetura ilustrações e pintura. [1]

Os seus trabalhos foram mostrados pela primeira vez na Exposição Colectiva dos Festejos da cidade de Lourenço Marques (hoje Maputo), em 1966, e a sua primeira exposição individual teve lugar em 1967, na mesma cidade, na Cooperativa da Casas de Lourenço Marques, onde trabalhava como desenhador de arquitectura [3].

Em 1982 recebeu uma bolsa do governo espanhol, que lhe permitiu trabalhar em Madrid, em cerâmica, no Taller Azul, e em zincogravura, com Óscar Manezzi. Em 1986 foi para Portugal com uma bolsa do Governo português.[1]

Exposições[editar | editar código-fonte]

Prémios[editar | editar código-fonte]

  • Prémio Aquisição, no Salão de Arte Moderna de Angola, em 1973
  • Menção honrosa no Salão de Outono do Casino Estoril, em 1987
  • Menção honrosa na Bienal de Óbidos, em 1991

Instituições onde está representado[editar | editar código-fonte]

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Moçambique, Comissário-Geral de Moçambique para a Exposição Universal de Sevilha. 9 artistas de Moçambique. Maputo, Museu Nacional de Arte de Moçambique, 1992.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]