Chico Rey & Paraná

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Chico Rey & Paraná
Informação geral
Origem Arapongas, Paraná
País Brasil
Gênero(s) sertanejo
Período em atividade 1981-2016
Gravadora(s) Chantecler/Continental (divisão da Warner Music Brasil)
Integrantes Chico Rey
Paraná
Página oficial chicoreyeparana.com.br
Chico Rey
Informação geral
Nome completo Francisco Aparecido de Jesus Gomes
Nascimento 9 de novembro de 1953
Local de nascimento Arapongas, Paraná,
brasileiro
Morte 26 de fevereiro de 2016 (62 anos)
Local de morte Maceió, Alagoas
Ocupação(ões) cantor
Instrumento(s) violão
Período em atividade 1981–2016
Paraná
Informação geral
Nome completo José Cláudio Gomes
Nascimento 28 de janeiro de 1956 (63 anos)
Local de nascimento Arapongas, Paraná
brasileiro
Ocupação(ões) cantor
Instrumento(s) violão
Período em atividade 1981-presente

Chico Rey & Paraná foi uma dupla sertaneja do Brasil, formada por Francisco Aparecido Gomes (Chico Rey - Arapongas, 9 de novembro de 1953 - Maceió, 26 de fevereiro de 2016) e José Cláudio Gomes (Paraná - Arapongas, 28 de janeiro de 1956).[1]

Irmãos, nascidos em Arapongas, no interior do estado do Paraná, eles tiveram uma carreira de grandes sucessos, iniciada em 1981, como "Tranque a Porta e me Beija", "Encanto e Magia", "Tá com Raiva de Mim", "Você Não Sabe Amar", "Um Degrau na Escada", "De lá pra cá", "Em Algum Lugar do Passado", "Operário, Vida, Viola", "Alma Transparente", "Canarinho Prisioneiro", "Leão Domado", "Amor Rebelde", além da música que deu início ao sucesso nacional da dupla, "Quem Será Seu Outro Amor", que lhes rendeu o primeiro disco de ouro em 1988 .[2] A dupla ao completar 30 anos de carreira ganhou uma biografia do jornalista Clayton Aguiar [3]. Chico Rey & Paraná fizeram uma regravação da música "Volta pra Mim", gravada originalmente pelo grupo Roupa Nova.

A dupla se desfez no dia 26 de fevereiro de 2016, em virtude da morte do cantor Chico Rey durante viagem de férias a Maceió. O cantor teve um sangramento na fístula pela qual realizava procedimentos de hemodiálise, que resultou em choque hipovolêmico e parada cardíaca assim que chegou ao hospital. Chico já sofria há sete anos de insuficiência renal crônica, chegando a realizar um transplante em 2010, mas houve rejeição 1 ano depois.[4]

Referências

  1. «Chico Rey e Paraná». Mairiporã Promoções Artísticas. 26 de fevereiro de 2016. Consultado em 26 de fevereiro de 2016. Arquivado do original em 25 de novembro de 2018 
  2. «Morre o cantor Chico Rey, da dupla Chico Rey & Paraná». UOL. 26 de fevereiro de 2016. Consultado em 26 de fevereiro de 2016 
  3. Cristiane Bomfim (15 de junho de 2011). «Chico Rey e Paraná completam 30 anos com biografia». JT. Consultado em 26 de fevereiro de 2016 
  4. «Chico Rey, da dupla com Paraná, morre em Maceió». Ego. 26 de fevereiro de 2016. Consultado em 26 de fevereiro de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.