Chinês tradicional

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Chinês tradicional
Tipo Logossilabário
Línguas faladas Língua chinesa
Período ~500 a.C. até o presente
Sistemas Escrita oráculo em ossos
 → Escrita de selo
  → Escrita clerical
   → Chinês tradicional
Sistemas filhos Chinês simplificado

Kanji
Hanja
Chữ nôm
Bopomofo
Escrita khitan

ISO 15924 Hant, 502
Hanzi.svg
À esquerda dois caracteres tradicionais e à direita e em vermelho a forma simplificada correspondente.Respectivamente: "hàn" referente à maior etnia da China Han e "Zi", que significa palavrar
Nota: esta página pode conter símbolos fonéticos IPA em Unicode.

O chinês tradicional é um dos dois padrões de escrita da língua chinesa, sendo o outro o chinês simplificado.

A forma moderna dos caracteres chineses tradicionais remontam à emergência da escrita clerical durante a época da Dinastia Han e tem permanecido de forma razoavelmente estável desde o século V. O termo "tradicional" é usada para distinguir os caracteres tradicionais do outro padrão de escrita do chinês — os caracteres chineses simplificados — criados pelo governo da República Popular da China a partir da década de 1950 para fomentar a alfabetização..

Actualmente, o chinês tradicional é usado em Hong Kong, Macau, Taiwan e também por chineses emigrados em todo o mundo, embora a forma simplificada tenha vindo a ganhar gradualmente mais popularidade; Esta é usada na China comunista (mas não em Taiwan), em Singapura e pela comunidade chinesa da Malásia.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]