Chinatown (Manhattan)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Estados Unidos Chinatown 
  Bairro de Manhattan, Nova Iorque  
Mott Street, em Chinatown
Mott Street, em Chinatown
Localização
Coordenadas 40° 42' 54" N 73° 59' 49.2" O
País Estados Unidos
Estado Nova Iorque
Cidade Nova Iorque
Distrito Manhattan
Distrito comunitário Manhattan 3
Região Lower Manhattan
Fronteiras Lower East Side, Little Italy, Two Bridges, Civic Center, TriBeCa
Limites Delimitado pela Hester Street, Grant Street e Canal Street (ao norte) e Hogan Place e Henry Street (ao sul) entre a Broadway e Rutgers Street
Características geográficas
Área total 1,99 km²
População total (2020) [1] 12 057 hab.
Densidade 6 058,8 hab./km²
Fuso horário UTC−5
Horário de verão UTC−4
ZIP Codes 10002, 10013
Códigos da área 212, 332, 646 e 917
Chinatown and Little Italy Historic District
Registro Nacional de Lugares Históricos
Distrito Histórico dos EUA
Localização: Aproximadamente delimitado pela Baxter Street, Centre Street, Cleveland Place e Lafayette Street até West Jersey Street e East Houston
Adicionado ao NRHP: 12 de fevereiro de 2010 (12 anos)
Registro NRHP: 10000012

Chinatown é um bairro localizado em Manhattan, Nova York, que abriga um dos maiores enclaves de chineses no hemisfério ocidental.[2] É também um dos mais antigos enclaves étnicos chineses fora da Ásia. A partir de 2009, se tornou o bairro mais econômico de Manhattan graças a influência chinesa na economia mundial, mas só é superada economicamente pela Wall Street.

História[editar | editar código-fonte]

Embora alguns reivindicam ter chegado na área durante a década de 1840, a primeira pessoa chinesa creditada como sendo permanentemente um imigrante para Chinatown foi Ah Ken, um empresário do Cantão, o que acabou fundando uma bem-sucedida tabacaria em Park Row. Ele chegou por volta de 1858 em Nova York, onde ele era "provavelmente um daqueles chineses mencionados na fofoca da década de sessenta 1860 como futilidades 'horrível' charutos em três centavos cada de barraquinhas ao longo da cerca do parque da Cidade Salão - oferecendo um derramamento de papel e uma pequena lâmpada de óleo como um isqueiro ", segundo o autor Alvin Harlow no Old Days Bowery: As Crônicas de uma rua famosa (1931).

Demografia[editar | editar código-fonte]

Crescimento populacional
Censo Pop.
201013 216
202012 057−8,8%
Censo NYC[1]

Segundo o censo nacional de 2020,[1] a sua população é de 12 057 habitantes e houve um decréscimo populacional na última década de -8,8%.

Residentes abaixo de 18 anos de idade representam 11,7%. Foi apurado que 5,0% são hispânicos ou latinos (de qualquer raça), 15,8% são brancos não hispânicos, 2,1% são negros/afro-americanos não hispânicos, 74,4% são asiáticos não hispânicos, 0,4% são de alguma outra raça não hispânica e 2,3% são não hispânicos de duas ou mais raças.

Possui 5 967 residências, um aumento de 6,7% em relação ao censo anterior, onde deste total, 8,9% das unidades habitacionais estão desocupadas. A média de ocupação é de 2,2 pessoas por residência.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c «NYC Population FactFinder (Census)» (em inglês). Departamento de Planejamento Urbano de Nova Iorque. Consultado em 12 de março de 2022 
  2. «Chinatown New York City Fact Sheet» (PDF). www.explorechinatown.com. Consultado em 18 de dezembro de 2011 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Chinatown (Manhattan)